• Deinstitutionalization of long stay patients in a psychiatric hospital in Rio de Janeiro Temas Livres

    Silva, Paulo Roberto Fagundes da; Carvalho, Maria Cecília de Araújo; Cavalcanti, Maria Tavares; Echebarrena, Rodrigo Cunha; Mello, Adriana Santos de; Dahl, Catarina Magalhães; Lima, Débora Bastos de; Souza, Flávia Mitkiewicz de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A Critical Time Intervention (CTI) é uma intervenção de saúde mental limitada no tempo a períodos considerados críticos, geralmente ofertada a pessoas com transtornos mentais em situação de transição. O presente estudo avalia o impacto da utilização da Intervenção para Períodos de Transição (CTI-BR) sobre o desempenho social e a qualidade de vida em uma população de pessoas em processo de desinstitucionalização, que deixaram um hospital psiquiátrico após longa internação. A população estudada foi dividida em dois grupos e um deles recebeu o programa CTI como intervenção adicional. Os resultados apontaram que nas áreas avaliadas a presença da intervenção CTI não apresentou evidência de vantagens em relação ao programa habitual da instituição realizado isoladamente. Quando o grupo de pacientes é analisado em seu conjunto é evidenciada uma evolução positiva em relação ao comportamento social e melhora da sua percepção sobre a própria saúde mental. Os resultados obtidos indicam a possibilidade de pessoas idosas oriundas de longa internação em hospital psiquiátrico viverem em dispositivos residenciais comunitários supervisionados por equipes de acompanhamento clínico.

    Abstract in English:

    Abstract Critical Time Intervention (CTI) is a time-limited mental health intervention offered to people with mental disorders during critical/transition periods. This study assesses the impact of CTI-BR on social performance and quality of life within a population in the process of deinstitutionalization, after long-term hospitalization in a psychiatric institution. The study population was split into two groups, one of which received CTI plus the regular care. Results showed no advantage of the intervention compared to the regular programs provided by the institution. When study participants are analyzed as a group, we found positive improvement regarding their social functioning and self-perception of their mental-health. Results show that it is possible for elderly patients discharged from long-term psychiatric care to live in residential facilities in the community, supervised by clinical teams.
  • Food risk regulation: the tensions of the Brazilian Health Surveillance System Temas Livres

    Figueiredo, Ana Virgínia Almeida; Recine, Elisabetta; Monteiro, Renata

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo aborda a dinâmica das práticas da vigilância sanitária de alimentos no Brasil, destacando as suas particularidades quanto aos riscos e modalidades de intervenção, assim como ressaltando os recentes instrumentos adotados para o controle dos riscos relativos à composição nutricional dos alimentos e suas repercussões no âmbito institucional. Instituída no Brasil desde a Primeira República, essa prática vem se remodelando ao longo dos anos, tanto pela complexidade crescente dos riscos, quanto pela introdução de novos instrumentos institucionais. Nos últimos anos, evidencia-se um esvaziamento da competência regulatória quando da adoção dos instrumentos, acordos e termos de compromisso, firmados entre o governo e as indústrias para lidar com os riscos de ordem nutricional dos produtos alimentícios. Instrumentos construídos sem a participação dos consumidores, com elasticidade de prazos para cumprimento pelas indústrias e ineptos para a fiscalização, denotando retrocessos na construção democrática e na prática da regulação sanitária de alimentos no Brasil.

    Abstract in English:

    Abstract This article addresses the dynamics of Brazilian food control practices, highlighting their special risk-related features and the types of intervention, as well as the recently adopted instruments to control risks related to the nutritional composition of food and their institutional repercussions. Food regulation in Brazil dates back to the First Republic. The practice has been remodeled over the years, due to both the increasing complexity of the risks and the introduction of new institutional operational mechanisms. In recent years, with the adoption of instruments such as agreements and terms of commitments established between government and industry and designed to control risks, it has become possible to identify widening gaps in regulatory competence. The adoption of mechanisms without the participation of consumers, with elastic deadlines for compliance by industries and insusceptible to inspection, represents a setback in the democratic process and the practice of health regulation of food currently under way in Brazil.
  • Different patterns of social support perceived and their association with physical (hypertension, diabetes) or mental diseases in the context of primary health care Temas Livres

    Aragão, Ellen Ingrid Souza; Portugal, Flávia Batista; Campos, Mônica Rodrigues; Lopes, Claudia de Souza; Fortes, Sandra Lúcia Correia Lima

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este trabalho discute a relação entre hipertensão, diabetes, ansiedade, depressão e apoio social no contexto da atenção primária. O objetivo desta pesquisa foi detectar, na amostra pesquisada, a associação entre: adoecimento físico, adoecimento psíquico, rede de apoio e apoio social percebido. Este estudo é um corte transversal inserido numa pesquisa maior financiada pela Organização Panamericana da Saúde e realizada no município de Petrópolis (RJ) em 2002. A amostra foi constituída de 714 pacientes com idade entre 18 e 65 anos. Os resultados demonstraram associação entre variáveis da rede de apoio tanto com a presença de hipertensão ou diabetes, como de transtornos mentais comuns, porém com padrões distintos. Enquanto nos pacientes portadores de hipertensão e diabetes, as associações com o apoio percebido foram positivas, naqueles portadores de Transtorno Mental Comum elas foram negativas, associadas de forma invertida ao grau de adoecimento psíquico.

    Abstract in English:

    Abstract This work discusses the relationship between hypertension, diabetes, anxiety, depression, and social support in primary health care. This research aimed to identify the association between physical disease, mental disease, support network and perceived social support in the research sample. This is a cross-sectional study inserted in a larger research project funded by the Pan American Health Organization and carried out in 2002 in Petrópolis, RJ. The sample consisted of 714 patients with ages ranging from 18 to 65 years old. Results showed association between variables from support network either with evidence of hypertension or diabetes, or with the existence of common mental disorders, but with different patterns. Associations with the perceived support were positive in patients with hypertension and diabetes; Common Mental Disorder patients showed negative associations, inversely associated to the level of mental disease.
  • Profile of mortality from external causes among Seventh-day Adventists and the general populations Temas Livres

    Velten, Ana Paula Costa; Cade, Nágela Valadão; Silva, Gulnar Azevedo e; Oliveira, Elizabete Regina Araújo de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este estudo teve por objetivo comparar o perfil de mortalidade por causas externas entre Adventistas do Sétimo Dia e população geral do Espírito Santo no período de 2003 a 2009. Realizou-se busca dos Adventistas no banco nominal do Sistema de Informação sobre Mortalidade de posse das informações dos Adventistas fornecidas pelas sedes administrativas da instituição. Os óbitos por causas externas ocorridos no período estudado foram então separados em dois grupos: Adventistas e população geral. Os Adventistas apresentaram menor mortalidade proporcional por causas externas (10%) que a população geral (19%), sendo o sexo masculino o principal responsável por essa diferença. Em ambos os grupos os óbitos predominaram na faixa de 20 a 29 anos. As mortes por causas acidentais foram mais expressivas entre os Adventistas (68,08%) enquanto as mortes por causas intencionais relacionadas às agressões e lesões autoprovocadas foram mais significativas na população geral (53,67% de todas as mortes). A razão de mortalidade padronizada para as causas externas foi 41,3, sendo assim ser Adventista reduziu a mortalidade em 58,7%. Acredita-se que o benefício dos Adventistas verificado em relação à mortalidade por causas externas possa estar relacionado à recomendação de abstinência do consumo de álcool por esse grupo.

    Abstract in English:

    Abstract This paper aimed to compare the profile of mortality from external causes among Seventh-day Adventists and the general population of Espírito Santo from 2003 to 2009. A search of Adventists was performed in the nominal database of the Mortality Information System containing data on Adventists provided by the administrative offices of the institution. Deaths from external causes occurred during the study period were then divided into two groups: Adventists and the general population. Adventists had lower proportional mortality from external causes (10%) than the general population (19%), and males were the main reason for this difference. In both groups, deaths prevailed in the 20-29 years age group. Deaths from accidental causes were most significant among Adventists (68.08%), while deaths from intentional causes related to assault and self-inflicted injuries were more significant in the general population (53.67% of all deaths). The standardized mortality ratio for external causes was 41.3, thus, being Adventist reduced mortality by 58.7%. It is believed that the benefit of Adventists observed for mortality from external causes is related to this group’s abstinence from alcohol consumption.
  • The home care teaching and learning process in undergraduate health care degree courses Temas Livres

    Hermann, Ana Paula; Lacerda, Maria Ribeiro; Maftum, Mariluci Alves; Bernardino, Elizabeth; Mello, Ana Lúcia Schaefer Ferreira de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O cuidado domiciliar (CD) está inserido no sistema de saúde e necessita de profissionais capazes de compreender suas especificidades. Objetivou-se construir uma teoria substantiva que explicitasse a vivência em ensinar e aprender o CD nos cursos de graduação em enfermagem, farmácia, medicina, nutrição, odontologia e terapia ocupacional. Pesquisa qualitativa que utilizou a Grounded Theory como método. Foram realizadas 63 entrevistas semiestruturadas com discentes do último ano dos seis cursos; docentes que ministram conteúdos relacionados ao CD e egressos desses seis cursos que atuam no CD. A análise dos dados ocorreu por meio da codificação aberta, axial e seletiva. Foi possível interpretar o fenômeno A vivência em ensinar e aprender o cuidado domiciliar nos cursos de graduação em saúde. Suas causas foram explicitadas na categoria Articulando conhecimentos sobre o CD; as estratégias, na categoria Vivenciando a singularidade do CD; as condições intervenientes, na categoria Compreendendo as características multidimensionais do CD; as consequências, na categoria Transformando o pensamento sobre a formação profissional em CD e o contexto na categoria Compreendendo o CD no sistema de saúde. O CD contribui para a descentralização dos cuidados hospitalares.

    Abstract in English:

    Abstract Home care, one of the services provided by the health system, requires health practitioners who are capable of understanding its specificities. This study aimed to build a substantive theory that describes experiences of home care teaching and learning during undergraduate degree courses in nursing, pharmacy, medicine, nutrition, dentistry and occupational therapy. A qualitative analysis was performed using the grounded theory approach based on the results of 63 semistructured interviews conducted with final year students, professors who taught subjects related to home care, and recent graduates working with home care, all participants in the above courses. The data was analyzed in three stages - open coding, axial coding and selective coding – resulting in the phenomenon Experiences of home care teaching and learning during the undergraduate health care degree courses. Its causes were described in the category Articulating knowledge of home care, strategies in the category Experiencing the unique nature of home care, intervening conditions in the category Understanding the multidimensional characteristics of home care, consequences in the category Changing thinking about home care training, and context in the category Understanding home care in the health system. Home care contributes towards the decentralization of hospital care.
ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revscol@fiocruz.br