Ciência & Saúde Coletiva, Volume: 25, Issue: 8, Published: 2020
  • Serious games for children’s oral hygiene education: an integrative review and application search Revisão

    Morais, Emanuel Rodrigues; Vergara, Clarice Maria Araújo Chagas; Brito, Filipe Oliveira de; Sampaio, Helena Alves de Carvalho

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O objetivo deste artigo é realizar uma revisão integrativa sobre as publicações que abordam o uso de serious games voltados para educação em higiene bucal infantil e uma busca dos aplicativos disponíveis com esse mesmo fim. Foi conduzida uma revisão integrativa pareada nas bases de dados IBECS, LILACS, SCIENCE DIRECT, SciELO, PUBMED, SCOPUS, MEDLINE e Google Acadêmico, de janeiro a novembro de 2017 e em paralelo uma busca de aplicativos disponíveis na plataforma Android® e em sítios eletrônicos das Ciências da Computação, como o IEEE Xplore. Na revisão integrativa, foram selecionados 12 artigos que atenderam aos critérios de inclusão. Nas buscas em sítios eletrônicos, 11 jogos foram classificados como serious games voltados para higiene bucal. Foram identificados 284 aplicativos na Play Store®, com predomínio para atividades intervencionistas em consultório, sendo dor, cárie dental e trauma os enredos principais. Poucos aplicativos voltados para educação em higiene bucal estão disponíveis. Quanto ao público-alvo, há predomínio do público infantil. Apesar da escassez de publicações sobre o assunto, explorar recursos tecnológicos como meios de educação em higiene bucal infantil sinaliza uma área do conhecimento com potencial acadêmico e com possíveis aplicações para a saúde pública.

    Abstract in English:

    Abstract This article aims to perform an integrative review on publications that discuss the use of serious games focused on education of children’s oral hygiene and a search for available apps with this same purpose. An integrative peer review was conducted in the databases IBECS, LILACS, SCIENCE DIRECT, SciELO, PUBMED, SCOPUS, MEDLINE and Scholar Google, from January to November of 2017 and in parallel a search of available applications on the Android® platform, and websites of computer science, such as the IEEE Xplore. In the integrative review, 12 articles were selected that fulfilled the inclusion criteria. In searches on websites, 11 games were classified as serious games aimed for oral hygiene. A total of 284 apps were identified at Play Store®, with predominance for interventionist activity in dental offices, with pain, dental cavity and trauma being the main plots. Few applications focused on oral hygiene education are available. As for intended audience, there is the prevalence of children’s public. Despite the scarcity of publications on the subject, exploring technological resources as educational options for children’s oral hygiene indicate an area of knowledge with academic potential and possible applications for public health.
  • Carcinogenicity and mutagenicity of malathion and its two analogues: a systematic review Revisão

    Bastos, Priscilla Luna; Bastos, Alyne Fernanda Tôrres de Lima; Gurgel, Aline do Monte; Gurgel, Idê Gomes Dantas

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O agrotóxico malathion vem sendo amplamente utilizado no mundo em programas de controle de arboviroses e em 2015 foi classificado pela Agência Internacional para Pesquisas em Câncer (IARC) como provável agente carcinogênico para seres humanos. Este trabalho objetivou a sistematização das evidências dos efeitos carcinogênicos e mutagênicos associados à exposição do malathion e seus análogos, malaoxon e isomalathion. A busca foi realizada nas bases de dados TOXLINE, PUBMED e SCOPUS por artigos originais publicados de 1983 a 2015. Do total de 273 artigos elegíveis, foram selecionados 73. Os resultados dos estudos in vitro e in vivo evidenciaram danos genéticos e cromossômicos provocados pelo malathion; os estudos epidemiológicos evidenciaram associações significativamente positivas para cânceres de tireóide, de mama, e ovariano em mulheres na menopausa. Estas evidências do efeito carcinogênico do malathion devem ser considerados diante de sua utilização em programas de controle de arboviroses.

    Abstract in English:

    Abstract Malathion has been widely used worldwide in arbovirus control programs. In 2015, it was classified by the International Agency for Research on Cancer (IARC) as a probable carcinogen to humans. This work aimed to systematize the evidence of the carcinogenic and mutagenic effects associated with the exposure of malathion and its analogs, malaoxon and isomalathion. The search was carried out in Toxline, PubMed and Scopus databases for original papers published from 1983 to 2015. In all, 73 papers were selected from a total of 273 eligible papers. The results of in vitro and in vivo studies showed mainly genetic and chromosomal damages caused by malathion. The epidemiological studies evidenced significant positive associations for thyroid, breast, and ovarian cancers in menopausal women. This evidence of the carcinogenic effect of malathion should be considered before its use in arbovirus control programs.
  • Ideal time for home visits to newborns: an integrative review Revisão

    Soares, Anniely Rodrigues; Guedes, Anna Tereza Alves; Cruz, Tarciane Marinho Albuquerque de Vasconcelos; Dias, Tayanne Kiev Carvalho; Collet, Neusa; Reichert, Altamira Pereira da Silva

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O objetivo foi analisar a produção científica em periódicos online sobre o tempo ideal para a realização da visita domiciliar ao recém-nascido, na primeira semana de vida, e as dificuldades para a efetivação desta, devido à ausência de um consenso acerca do tema. Trata-se de uma revisão integrativa que teve como fonte de dados publicações disponíveis nas bases MEDLINE, BVS, Web of Science e PubMed. Foram identificados 8 estudos publicados no período entre 2010 e 2015. A partir da análise temática evidenciaram-se duas áreas temáticas: Tempo ideal para a primeira visita domiciliar ao recém-nascido e Dificuldades para a efetivação da visita domiciliar ao recém-nascido na primeira semana de vida. Os resultados sugerem que as primeiras visitas devam ocorrer na primeira semana de vida, em especial, até o segundo dia após o nascimento. Porém, há barreiras para a concretização da visita domiciliar, como: barreira geográfica, baixa qualidade dos cuidados fornecidos pelos profissionais, escassa notificação da alta hospitalar do binômio mãe-bebê e desconhecimento das mães sobre a importância dos cuidados pós-natais. Tudo isso pode comprometer a atuação dos profissionais de saúde, fazendo-se necessário investir em capacitação destes e infraestrutura do serviço.

    Abstract in English:

    Abstract This study aimed to analyze in the scientific production in online journals regarding the ideal time to conduct home visits (HVs) to newborns (NBs) in their first week of life, and the difficulties in doing so due to the lack of a consensus around the subject. This is an integrative review based on data available on the MEDLINE, BVS, Web of Science and PubMed databases. Eight studies published between 2010 and 2015 were identified. The thematic analysis evidenced two topics, namely, the ideal time for the first home visit to the newborn, and difficulties in implementing the home visit to the newborn in the first week of life. The results suggest that the first visits should take place in the first week of life, especially within the second day after birth. However, some impediments to the realization of the home visit are found, such as geographical barrier, poor quality of care delivered by professionals, low number of notifications of mother-baby binomial hospital discharge, and mothers’ lack of knowledge about the relevance of postnatal care. All this can impair the performance of health professionals, and requires investing in their professional qualification and service infrastructure.
ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revscol@fiocruz.br