• Cultural factors associated with the seclusion disease in Alto Xingu (Central Brazil) Pesquisa

    Verani, Cibele; Morgado, Anastácio

    Abstract in Portuguese:

    Sob uma abordagem antropológica da dimensão simbólica da doença, o artigo enfoca as representações sobre a síndrome característica do ritual da reclusão pubertária entre indígenas da região do Alto Xingu (Brasil Central), em uma perspectiva comparativa com a abordagem clínico-epidemiológica clássica. A categoria tradicional da medicina indígena é considerada como ponto de partida para o contraste com a categoria da medicina ocidental, identificada em alguns casos da síndrome como uma neuropatia periférica de origem possivelmente tóxica. O tratamento epidemiológico dos dados sobre a categoria tradicional evidencia relações com acontecimentos de ordem cultural, afetos à conjuntura sócio-política e das relações de contato. Essa "síndrome cultural" representa um desafio aos métodos utilizados pela medicina ocidental moderna, em particular para a abordagem clínica e epidemiológica. Finalmente, os autores apresentam consideração de ordem metodológica, explicitando aspectos de dimensão cultural específicos da sociedade moderna, contidos nos procedimentos das disciplinas científicas envolvidas.

    Abstract in English:

    This article presents an anthropological approach to the symbolic aspects of the disease, considering traditional representations about the puberty seclusion syndrome which affects adolescent indians from the Upper Xingu region (Central Brazil), in a comparative perspective with the clinical-epidemiological approach. The traditional nosological category and its etiological implications in indigenous medicine and culture are contrasted with the western medical category - a peripheral neuropathy, possibly of toxic origin - identified in some cases of the syndrome. An epidemiological analysis of the data collected from the traditional point of view shows relations with events of cultural origin, associated with social and political contexts and with the nature of cross-cultural relations. Moreover, this culture-bound syndrome presents some methological issues for western medicine, particularly for biomedical and social-epidemiological approaches. Finally, the authors make explicit some cultural assumptions characteristic of modern western society, underlying the procedures used by the scientific disciplines involved.
  • An assessment of the nutritional status in a context of socioeconomic change: the Suruí indians from the state of Rondônia, Brazil Pesquisa

    Coimbra Jr., Carlos E.A.; Santos, Ricardo V.

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho discute os resultados de uma avaliação nutricional, realizada com 147 crianças de 0-8,9 anos da comunidade indígena Suruí, Parque Indígena Aripuanã, Rondônia. Os dados incluem antropometria, dosagem de níveis de hemoglobina e exame coproparasitológico. A reserva Suruí localiza-se em uma região de intensa colonização e fluxo migratório. O grupo foi contactado pela Funai em 1969 e, nos últimos anos, envolveu-se ativamente no mercado regional, o que resultou em parcial abandono das atividades de subsistência tradicionais. Comparados com a população-referência do NCHS, os resultados indicam elevadas prevalências de baixa altura para idade (46,3%), peso para idade (31,9%) e peso para altura (6,6%). São também altas as prevalências de anemia (71,2%) e parasitismo intestinal (>75%). Os autores argumentam que a precariedade do estado nutricional das crianças Suruí reflete carências alimentares, devido à redução da capacidade de produção de alimentos e inadequadas condições sanitárias presentes nas diversas aldeias.

    Abstract in English:

    This paper details the results of a nutritional assessment conducted with 147 Suruí Amerindian children 0-8.9 years of age from the Aripuanã Indian Park, Rondônia, Brazil. The data include anthropometry, hemoglobin concentration levels, and stool examinations. The Suruí reservation is located in an area which experienced intensive government-oriented colonization and immigration over the past three decades. The group was contacted by the Brazilian Indian Foundation (FUNAI) in 1969 and, recently, became more involved in the regional market economy, which led to partial abandonment of traditional subsistence strategies. Compared to international reference curves (NCHS), the results indicate high levels of low height for age (46.3%), weight for age (31.9%) and weight for height (6.6%). Anemia (71.2%) and intestinal parasitism (over 75%) are also common. The authors argue that the precarious nutritional status of the Suruí children reflects nutritional problems due to a reduction in the Suruí food production system as well as inadequate sanitary conditions of the various villages.
  • The health status of Yanomámi Indians: diagnosis from the Casa do Índio, Boa Vista, Roraima, 1987 1989 Pesquisa

    Pithan, Oneron A.; Confalonieri, Ulisses E. C.; Morgado, Anastácio F.

    Abstract in Portuguese:

    Relata-se a evolução dos perfis de morbidade de índios da etnia Yanomámi atendidos na Casa do Índio na cidade de Boa Vista, Roraima, no período de janeiro de 1987 a agosto de 1989. Dentre 495 internações, constatou-se que os principais agravos observados foram, em ordem descrescente, a malária, as infecções respiratórias agudas, a tuberculose, a desnutrição grave e as doenças sexualmente transmissíveis. Dentre os 114 óbitos, a malária foi a causa principal nos três anos estudados. Foi observado um aumento importante na freqüência das internações de pacientes provenientes das áreas com maior concentração de garimpos de ouro. Discute-se o impacto global da invasão garimpeira na qualidade de vida e nos níveis de saúde da população Yanomámi.

    Abstract in English:

    The change in the morbidity profile of the Yanomámi Indians admitted to the Casa do Índio, at Boa Vista, Roraima, from January 1987 to August 1989, is reported. The most frequent diseases observed in 495 patients were malaria, acute respiratory infections, tuberculosis, severe under nutrition, and sexually transmitted diseases. Malaria was the main cause of death of 114 Indians throughout the period. A striking increase in hospital admissions was noted in the population from the villages which were in closer contact with gold miners. The global impact of the invasion of the Yanomámi territory by miners on the quality of life and health levels of the Yanomámi is discussed.
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br