• The epidemiologic transition in Brazil Pesquisa

    Prata, Pedro Reginaldo

    Abstract in Portuguese:

    Tendo como referência a teoria da transição epidemiológica, o autor descreve a evolução da mortalidade no Brasil, avaliando criticamente a modificação do perfil epidemiológico ocorrida no Brasil nos últimos 50 anos. O autor revê, situando no contexto brasileiro, a determinação da mortalidade, seja pelo desenvolvimento econômico ou pela introdução de medidas de saúde pública. Argumenta que as doenças cardiovasculares e as neoplasias estariam também relacionadas com fatores ambientais e sócio-culturais, não devendo ser consideradas doenças crónico-degenerativas, mas sim preveníveis. Estes grupos de causas de moibi-mortalidade também são considerados com prevalência desigual e maior entre as populações mais pobres. O autor faz referência a uma transição epidemiológica que não se completou graças à persistência das doenças infecciosas.

    Abstract in English:

    The author critically evaluates the evolution of the Brazilian mortality pattern during the last fifty years under the framework of the epidemiologic transition theory. The author also discusses mortality determination as a result of economic development and preventive measures. He considers that cardiovascular diseases, neoplasms and injuries are related with environmental and socio-cultural factors and therefore cannot be considered chronic degenerative diseases but preventable ones. These groups of disease are also considered to be unevenly distributed and more prevalent in deprived populations. The author also refers to the simultaneous prevalence of two distinct epidemiologic patterns described in the epidemiologic transition theory, due to the remaining infectious diseases prevalence or to the outbreak of previously eradicated infectious diseases in Brazil, leading to an incomplete epidemiologic transition.
  • Knowledges and attitudes related to AIDS in a slum population of Rio de Janeiro Pesquisa

    Fernandes, João Claudio L.; Coutinho, Evandro da S. F.; Matida, Alvaro

    Abstract in Portuguese:

    Com o objetivo de avaliar o grau de conhecimento e atitudes relativos à SIDA/AIDS, realizou-se um inquérito numa amostra de moradores da Favela da Rocinha, Rio de Janeiro, com idades entre 13 e 45 anos. Optou-se pela metodologia denominada Rapid Survey Methodology, sobretudo pelo seu baixo custo e por permitir um conhecimento quase que imediato das questões de maior interesse. Embora a maior parte dos indivíduos da amostra tenha demonstrado um grau elevado de conhecimento no que se refere às formas de transmissão sexual do VIH, mais da metade destes referiu a picada de mosquito, a doação de sangue e o beijo na boca como meio de adquirir a SIDA/AIDS. Com relação ao uso de preservativos, apenas 57,6% dos entrevistados acreditaram tratar-se de um método seguro de prevenção, e somente 21,9% referiram utilizá-lo, ainda que de modo irregular.

    Abstract in English:

    Aiming to evaluate the level of knowledge and attitudes related to AIDS, a survey was conducted in a sample of 13-45 year-old dwellers from Rocinha slum, Rio de Janeiro. The "Rapid Survey Methodology" was adopted mainly because of its low cost and the possibility to get fast answering to the most relevant questions. Although most of the sample showed a good knowledge about the sexual transmission of HIV, over 50% referred to mosquito bite, blood donation and mouth kissing as ways of getting AIDS. In terms of condom use, only 57,6% of the respondents believe that this is a safe method for prevention, and 21,9% referred the eventual use of preservatives.
  • Evaluation and costs of the Tuberculosis control program in the university school health center of Ribeirão Preto, 1988 Pesquisa

    Forster, Aldaísa C.; Halpern, Luciana; Netto, Antonio Ruffino; Tozze, Gabriela B.

    Abstract in Portuguese:

    É sabido o descompasso existente entre o largo conhecimento obtido dos estudos da tuberculose e a sua situação epidemiológica. No Brasil, a reorganização dos serviços públicos de saúde pode aumentar a eficiência das ações de saúde e o controle das doenças. Assim, pretende-se neste estudo: avaliar o desenvolvimento das atividades programáticas e conhecer os custos destas no controle da tuberculose na área do Centro de Saúde Escola, Ribeirão Preto, no período de 1988. Foram estudados casos notificados de tuberculose na área do Centro de Saúde Escola (população de 194.700 habitantes) e os custos médios de tratamento e de cura segundo os salários dos profissionais do programa, os preços dos medicamentos e dos exames laboratoriais preconizados. A avaliação evidenciou deficiente operacionalização do programa: baixa cobertura (61 casos/118 estimados); dentre os adultos, dos casos pulmonares sem confirmação baciloscópica, 48,3% não realizaram exames; em todas as formas, as proporções de cura e de óbitos foram, respectivamente, de 65,6% e 13,1%. Baixos custos observados dos exames diagnósticos e dos medicamentos (cerca de 50% dos custos, segundo as normas) e custos por cura iguais a US$ 276,25 (cerca de 60% maior do esperado) e por hora-médico iguais a US$ 35,74 (aproximadamente quatro vezes o esperado) mostraram a ineficiência na execução e nos resultados do programa.

    Abstract in English:

    There is a recognized gap between the extensive knowledge on tuberculosis and its epidemiological situation. The ongoing reorganization of Public Health Services in Brazil may increase its eficciency and help in the control of diseases. The present study aims at evaluating the development of the tuberculosis control program and its costs in the area of the University School Health Center, in the city of Ribeirão Preto, during 1988. Cases of tuberculosis reported in the area of the School Health Center (population around 194,700 inhabitants) were studied according to the costs of laboratory examinations, drugs and salaries. Deficiencies both in the program implementation and in its results were made evident by the following findings: low coverage (only 61 among the estimated 118 cases); lack of laboratory examinations in 48.3% of pulmonary cases in adults; recovery and death rates equal to 65.6% and 13.1% respectively in all forms of the disease; low cost of laboratory examinations and drugs (about half the expected); costs of US$ 276.25 per recovery (60% above the expected) and US$ 35.74 per hour of medical work (about 4 times the expected).
  • Birthweight, social class and infant mortality in Ribeirão Preto, São Paulo Pesquisa

    Almeida, Luis Eduardo A. de; Barbieri, Marco Antônio; Gomes, Uilho Antônio; Reis, Patrícia Maria dos; Chiaratti, Telma M.; Vasconcelos, Valéria; Bettiol, Heloisa

    Abstract in Portuguese:

    Foi realizado um estudo sobre mortalidade neonatal e pós-neonatal e mortalidade no lº ano de vida de uma coorte de crianças nascidas vivas, de partos hospitalares em Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil, cujas mães foram entrevistadas por ocasião do nascimento. Relacionou-se mortalidade com classe social e peso ao nascer. A distribuição desigual da mortalidade mostrou que as classes sociais se comportam como populações distintas, e o peso ao nascer não foi a causa isolada dessa desigualdade. Às classes sociais mais baixas corresponderam maiores taxas de baixo peso ao nascer e coeficientes de mortalidade mais elevados. O estudo da mortalidade infantil, sem levar em conta a classe social, pode mostrar coeficientes que subestimam a magnitude do problema nas camadas mais pobres da população.

    Abstract in English:

    A study of infant mortality and its components was carried out in a cohort of live born children from hospitals of Ribeirão Preto, city of São Paulo, Brazil, whose mothers were interviewed shortly after deliverance. Mortality was associated to social classes and birthweight. The uneven distribution of mortality showed that social classes acted as distinct populations and that birthweight was not the only cause of this unballance. Lower social classes were associated with higher low birthweight rates and mortality coefficients. The study of infant mortality without taking into account the social differences may show coefficients that underestimate the magnitude of the problem among the poorest population segments.
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br