Cadernos de Saúde Pública, Volume: 8, Issue: 4, Published: 1992
  • The initial success of the Chagas' Disease Control Program: factors contributing to Triatomine infestation Review

    Fleming-Moran, Millicent

    Abstract in Portuguese:

    Embora tenha sido controlado o principal vetor da doença de Chagas - o Triatoma infestans - em muitas áreas endêmicas do Brasil, os dados do início do programa de controle referentes ao Triângulo Mineiro (1976-79) sugerem a ocorrência de reinfestação por triatomíneos sob determinadas condições favoráveis. A autora compara as taxas de infestação domiciliar em 500 comunidades da região do Triângulo Mineiro para os anos de 1976 e 1979, utilizando modelos de regressão linear. Controlando para os três principais vetores triatomíneos, são variáveis independentes da infestação domiciliar nessas comunidades o amontoamento intra-domiciliar, a demolição e construção de habitações e as construções anexas infestadas. Embora vários fatores domiciliares tenham sido sugeridos como correlatos da infestação, o programa de controle se concentra nos índices comunitários de infestação, enquanto as comparações intra-comunitárias e regionais, até agora, têm-se mostrado inviáveis. Os dados computadorizados estão-se tornando disponíveis na identificação de comunidades sob alto risco de infestação, assim como, na definição de estratégias e atividades para os programas.

    Abstract in English:

    While the control of the major Chagas' disease vector Triatoma infestans has been achieved in many endemic areas of Brazil, data from the inception of the control program in the Triângulo Mineiro (1976-79) suggest that re-infestation by triatomines occurs under certain favorable conditions. The percentage of houses infested in 500 communities of the Triângulo Mineiro region is compared for two years: 1976 and 1979, using linear regression models. Controlling for three major triatomine vectors, household crowding, house demolition and construction, and infested out-buildings are all independent covariates of house infestation in these communities. While several household factors have been suggested as correlates of infestation, the control program focuses on community-level reductions in infestation, but intra-community or regional comparisons have heretofore been unfeasible. Computerized data are becoming available to identify communities at high risk for re-infestation, and for targeting control-program activities.
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br