• The political and administrative context of the implementation of Health Districts in the State of Bahia, Brazil Notas

    Teixeira, Carmen F.; Paim, Jairnilson S.; Araújo, Eliane C.; Formigli, Vera L. A.; Costa, Heloniza G.

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho foi realizado com o objetivo de caracterizar o contexto político-administrativo da implantação dos Distritos Sanitários na Bahia. Procedeu-se a uma revisão documental abrangendo acordos, convênios e leis, nos âmbitos estadual e federal, no período compreendido entre 1987 e 1989, correspondente à primeira fase da gestão estadual após as eleições de 1986. As informações foram completadas através de entrevistas com informantes-chave e ex-dirigentes do nível central da Secretaria Estadual de Saúde. Descreve-se o processo de formulação da política de regionalização territorial e populacional e faz-se uma revisão do processo de planificação, a níveis nacional e estadual, com a identificação dos eventos que conduziram à decisão de se criar os Distritos Sanitários. São listados os instrumentos de política que materializaram esta decisão e analisada a posição dos distintos atores do sistema de saúde em relação a esta opção estratégica de reorientação da organização dos serviços. Conclui-se com breves comentários sobre as dificuldades que esta proposta encontra para institucionalizar-se no período em estudo.

    Abstract in English:

    This investigation was conducted in order to determine the political and administrative context prevailing during the implementation of health districts in the state of Bahia, Brazil. The documentary review includes laws, agreements, and contracts at the State and Federal levels from 1987 to 1989. This period corresponded to the first phase of the State government after the 1986 elections. Information was also obtained from key informants and former directors of the State Secretariat of Health at the central level. We describe how the policy for regionalization by territory and population was formulated, and we review both State and national planning procedures, identifying the events leading to the decision to create health districts. We list the political instruments related to this decision and analyze the positions of the various actors in the Brazilian Health System in relation to this strategic choice. Brief comments are given about the difficulties faced by this proposal during the period studied.
  • An alternative model for schistosomiasis control: the present status of the project in the State of Espírito Santo, Brazil Notas

    Barbosa, Frederico S.; Cruz, Oswaldo J. da; Hollanda, Eliane; Siqueira, Sandra A. V.; Carvalho, Maria Alice P. de; Gomes, Mauro L.; Almeida, Andrea S. de

    Abstract in Portuguese:

    O trabalho que vem sendo desenvolvido em uma área rural do município de Afonso Cláudio (Espírito Santo) representa uma proposta alternativa aos atuais programas de controle. Este é um trabalho de pesquisa controlado, em integração interdisciplinar e multi-institucional, envolvendo várias entidades de pesquisa e de serviços. O modelo alternativo de controle da endemia conta com amplo envolvimento comunitário e com a organização dos serviços locais de saúde a nível primário (SUS). A pesquisa participante tem sido o ponto de partida metodológico que baliza os procedimentos de coleta e análise de dados e os de intervenção na realidade local. Os métodos de controle estão limitados ao tratamento médico individualizado e à melhoria das condições de saneamento. Estes métodos estão, evidentemente, integrados às ações sociais acima descritas. O projeto está dividido em três fases: pré-controle, controle (intervenção) e avaliação final. No momento, o mesmo entra em sua fase de intervenção, com duração prevista de três anos.

    Abstract in English:

    An intervention study for schistosomiasis control is being carried out in the county of Afonso Cláudio, state of Espírito Santo, Brazil, having begun in February 1992. This study is an alternative response to classical control methods. The project is being developed using an interdisciplinary approach and involves both research and service institutions. The organization of health services at the primary care level is part of the project. Participant observation is seen as the methodological point of departure for guiding data collection and analysis and the intervention process in local reality. Control methods are restricted to the medical treatment given to all infected individuals and to improvements in the sanitation facilities available in the area. These methods are obviously integrated with the above-mentioned social actions. Consisting of three phases - pre-control, control (intervention), and final evaluation - the project is now in its intervention phase, lasting approximately three years.
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br