• Out-patient drug treatment of pneumonia among children under two years of age in Fortaleza, Brazil Articles

    Misago, Chizuru; Marshall, Tom F.; Fonseca, Walter; Kirkwood, Betty R.

    Abstract in Portuguese:

    Estudou-se a aderência ao tratamento de pneumonia em crianças, em serviço ambulatorial de hospital pediátrico em Fortaleza, Brasil. Foram investigadas 171 crianças com diagnóstico de pneumonia. Através de questionário foram coletadas informações referentes à prescrição médica e estimada a aderência ao tratamento de 149 crianças. Os antimicrobianos mais comumente prescritos foram penicilina procaína (33%), penicilina benzatina (31%), ampicilina ou amoxacilina (12%) e cotrimoxazol (8%). Embora tenha sido freqüente a associação de antimicrobianos com outros medicamentos, tratamento exclusivo com penicilina procaina foi prescrito para 31 crianças. A aderência ao uso de antimicrobianos foi de 52%, tendo sido mais elevada para os pacientes tratados exclusivamente com medicação injetável. As prescrições médicas combinaram, muitas vezes, diferentes antimicrobianos durante o mesmo tratamento. A análise das diferentes associações antimicrobianas revelou que apenas 81 (54%) crianças receberam tratamento apropriado, por período de cinco ou mais dias. Conclui-se que a identificação de antimicrobianos que possam resultar na maior aderência ao tratamento permanece como um dos principais desafios no manejo ambulatorial das pneumonias nas crianças. Outros medicamentos incluíram os analgésicos e broncodilatadores.

    Abstract in English:

    Results are reported from a study on drug use in treatment of children with pneumonia in a pediatric hospital in the city of Fortaleza, Northeastern Brazil. There were 171 out-patients; prescription details were obtained for 149. The most commonly prescribed antimicrobial drug was procaine penicillin, accounting for 33% of antimicrobial prescriptions, followed by benzathine penicillin (31%), ampicillin or amoxicillin (12%), and cotrimoxazole (8%). Benzathine penicillin was frequently given with other drugs, but was the sole antimicrobial agent for 31 children. Compliance with antimicrobial treatment was 52% overall and was higher for the injectables. Prescription patterns varied from child to child, and children were often prescribed more than one antimicrobial in the same or repeat prescriptions; combining this information with compliance, 81 (54%) of the children were estimated to have received 5 or more days of appropriate antimicrobial treatment for pneumonia. This percentage is not high, and five days were often reached after using more than one antimicrobial and after repeat visits. The authors concluded that the need remains for simple antimicrobial regimes, attractive to comply with, that can be expected to be consistently used. Other drugs were chiefly analgesics and bronchodilators.
  • Scorpion poisoning in the Acosta and Caripe Counties of Monagas State, Venezuela. part 1: characterization of some epidemiological aspects Articles

    De Sousa, Leonardo; Parrilla, Pedro; Tillero, Luis; Valdiviezo, Ana; Ledezma, Eliades; Jorquera, Alicia; Quiroga, Mercedes

    Abstract in Portuguese:

    No presente trabalho os autores procuram mostrar o perfil epidemiológico do escorpionismo nos Municípios Acosta e Caripe, localizados na subregião geográfica do maciço montanhoso do Turimiquire do Estado de Monagas, Venezuela. Durante o período de 1987 a 1993, registrou-se um total de 298 acidentes causados por escorpiões, correspondendo 212 ao Município de Acosta e 86 ao de Caripe. Acosta apresentou um índice de incidência anual de 18,3 casos por 10.000 habitantes e 128% para o período meio de estudo; o índice de escorpionismo foi 4,18 vezes maior que o apresentado em Caripe. Os dados indicam que o Município de Acosta é hiperendêmico para este acidente, com um comportamento variável e uma tendência ao incremento ao longo dos anos. Os resultados obtidos evidenciam que estas regiões do Estado de Monagas são endêmicas para o acidente peçonhento causado por escorpiões que assumem importância como problema de saúde pública, mais ainda quando são áreas de dispersão do gênero Tityus.

    Abstract in English:

    Scorpion poisoning was surveyed in Acosta and Caripe counties, located in the Turimiquire subregion of Monagas State, Venezuela, aiming to expand information on stings by characterizing some epidemiological aspects. From 1987 to 1993, 298 cases of scorpion stings were recorded in Acosta and Caripe counties. Acosta had 212 cases, with an annual incidence rate of 18.3(cases per 10,000 inhabitants) and a period median incidence rate of 128. The scorpion poisoning index is 4.18 times greater in Acosta than in Caripe, confirming the former as a hyperendemic zone for this type of injury, with a phenomenon of cyclical temporal fluctuations and an upward trend. This area is infested with scorpions of the genus Tityus. Our results show that the region surveyed in Monagas State is endemic for scorpion stings, posing a major public health problem.
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br