• Domestic water use in a rural village in Minas Gerais, Brazil, with an emphasis on spatial patterns, sharing of water, and factors in water use Articles

    Gazzinelli, Andréa; Souza, Márcia Christina C.; Nascimento, Iara; Sá, Ilcéia Ribeiro; Cadete, Matilde Meire Miranda; Kloos, Helmut

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho teve como objetivo estudar a relação da utilização doméstica de água com fatores sócio-econômicos, ambientais e espaciais em comunidade rural do nordeste de Minas Gerais. Utilizamos observação direta, entrevistas, questionário, análise de regressão e mapas estatísticos. Os resultados mostraram que a utilização da água é caracterizada por 1) valores geralmente baixos mas altamente flutuantes por pessoa/dia; 2) uso comum das fontes de água entre famílias; 3) uso de várias fontes de água; 4) não utilização de locais altamente contaminados dos córregos e 5) predominância de fatores sócio-econômicos. Os domicílios que possuem fonte própria de água utilizaram, em média, 25,3 litros por pessoa/dia e aqueles sem fonte própria, 9,0 l, com o último grupo utilizando mais as águas dos córregos. O uso de água apresentou, ainda, variação espacial. Os fatores sócio-econômicos, condições de moradia, presença de fossa, tipo de água e índice de bens de consumo foram relacionados significativamente ao uso de água. Os dados sugerem uma relação entre fonte de água, condições sanitárias e a ocorrência de doenças transmitidas pela água. Este estudo confirma a adequação dos métodos microgeográficos, de observação direta e de entrevista para os estudos quantitativos sobre utilização de água.

    Abstract in English:

    This paper examines the relationship between domestic water use and socioeconomic, environmental, and spatial parameters at the household level in a small rural village in northern Minas Gerais State. Five methods are used direct observation, household interviews, self-reporting by households, regression analysis, and statistical mapping. Results show that water use is characterized by 1) generally low but widely fluctuating values per person per day, 2) sharing of water sources between households, 3) the use of multiple sources by individual households, 4) avoidance of heavily contaminated stream sites, and 5) predominance of socioeconomic factors in water use. Households owning their own water supply used, on average, 25.3 liters per person/day and those without a supply 9.0 l, with higher use of the local streams among the latter. Water use varied spatially. The socioeconomic factors house quality, latrine ownership, type of water source, and a utility index were significantly correlated with water use. Implications of these simple household water sources and the more deficient sanitary facilities for potential water-borne disease transmission are briefly discussed and suggestions made for further improvements. This study confirms the appropriateness of the application of direct observation, interview, and microgeographical methods for quantitative water use studies.
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br