Cadernos de Saúde Pública, Volume: 22, Issue: 7, Published: 2006
  • School trajectory and teenage pregnancy in three Brazilian state capitals Articles

    Almeida, Maria da Conceição C.; Aquino, Estela M. L.; Barros, Antoniel Pinheiro de

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo descreve a relação entre características da trajetória escolar de jovens mulheres e homens, e a ocorrência da gravidez na adolescência. Trata-se de um inquérito domiciliar de corte transversal, que entrevistou 4.634 jovens com idade entre 18 e 24 anos, escolhidos por meio de uma amostra estratificada em três estágios. Para este estudo foram selecionados aqueles com idade de 20 a 24 anos (65,6%), sendo a proporção de gravidez na adolescência equivalente a 29,5% para as mulheres e 21,4% para os homens (quanto às suas parceiras). A iniciação sexual foi referida por 87% das moças e 95,3% dos rapazes. A maioria dos jovens apresentou trajetória escolar irregular, sendo que 39% permaneciam estudando na época. Quase metade das jovens que interrompeu os estudos pelo menos uma vez, relatou uma gravidez na adolescência. O motivo principal para interrupção dos estudos foi a gravidez e filhos para as mulheres e o trabalho para os homens. O abandono escolar na ocasião da gravidez na adolescência foi referido por 40,1% das moças cuja gravidez terminou em filho. Contudo, 20,5% já tinham evadido antes de engravidar.

    Abstract in English:

    This paper describes the relationship between school trajectory and incidence of teenage pregnancy. A cross-sectional residence-based questionnaire was applied, interviewing 4,634 youth ages 18 to 24 years, selected through a stratified three-stage sample. For the present study, young people ages 20 to 24 years (65.6%) were chosen, with teenage pregnancy rates of 29.5% for females and 21.4% for males (in relation to their partners). Sexual debut was reported by 87% of women and 95.3% of men. The majority of young people reported irregular school trajectory, with 39% enrolled in school at the time of the study. Nearly half of those who had interrupted their studies at least once reported a teenage pregnancy. The main reasons for interrupting their studies were pregnancy and children for women and work for men. School dropout due to teenage pregnancy was mentioned by 40.1% of women for whom the outcome of pregnancy was a child. However, 20.5% had already dropped out of school before becoming pregnant.
  • Induced abortion during youth: social inequalities in the outcome of the first pregnancy Articles

    Menezes, Greice M. S.; Aquino, Estela M. L.; Silva, Diorlene Oliveira da

    Abstract in Portuguese:

    Esta pesquisa objetivou identificar os fatores associados ao aborto provocado na primeira gravidez das mulheres e na primeira vez que os homens engravidaram uma parceira. Trata-se de inquérito domiciliar por meio de entrevista face a face de uma amostra probabilística, em três estágios, de 4.634 jovens, entre 18 e 24 anos, residentes em Salvador, Rio de Janeiro e Porto Alegre, Brasil. Utilizou-se análise de regressão logística, com estratégia hierarquizada para entrada das variáveis no modelo. O aborto foi o desfecho da primeira gravidez referido por 16,7% das mulheres e 45,9% dos homens, relativamente a suas parceiras. Entre os fatores associados ao aborto, destacam-se a escolaridade mais elevada dos jovens e a natureza eventual da relação com o/a parceiro/a dessa gravidez. A inclusão dos homens na pesquisa traz novos elementos para compreensão do fenômeno do aborto, inserindo as questões de gênero na discussão do tema. Recomenda-se um maior investimento público de modo a garantir aos jovens acesso a informações e recursos para realizarem seus projetos reprodutivos de forma segura e saudável, respeitando seus direitos sexuais e reprodutivos.

    Abstract in English:

    This study aimed to identify the factors associated with induced abortion in the first pregnancy in young women and in the first time young men got their partners pregnant. The methodology was a household survey with face-to-face interviews in a probabilistic sample in three stages with 4,634 subjects, aged 18 to 24 years of age residing in the cities of Salvador, Rio de Janeiro, and Porto Alegre, Brazil. Logistic regression analysis was used with a hierarchical strategy for entering variables into the model. Abortion was the reported outcome of the first pregnancy for 16.7% of the women and 45.9% of the men (in relation to their partners). Key factors associated with abortion included higher schooling and the occasional nature of the relationship with the male or female partner in the respective pregnancy. Inclusion of males in the study provided new elements for understanding the abortion phenomenon, including in the gender issues in discussion of the theme. The authors recommend greater public investment to warrant access to information and means for young people to achieve their reproductive plans in a security and healthy way, respecting their sexual and reproductive rights.
  • Sexual practices in youth: analysis of lifetime sexual trajectory and last sexual intercourse Articles

    Heilborn, Maria Luiza; Cabral, Cristiane S.

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo examina as práticas sexuais de jovens brasileiros com base em dados da Pesquisa GRAVAD inquérito domiciliar realizado com jovens de ambos os sexos, com idade entre 18 e 24 anos (n = 4.634) e residentes em três capitais brasileiras, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Salvador. O conjunto de práticas experimentadas no curso da vida sexual é caracterizado segundo marcas de pertencimento social, elementos de trajetória biográfica e regras de conduta prescritas para homens e mulheres. Procede-se a uma comparação entre o elenco de práticas na trajetória e as declarações acerca do que foi feito na última relação sexual, com o intuito de discutir o grau de disseminação e de incorporação das práticas relativamente à trajetória dos jovens. Os dados apontam a hegemonia do sexo vaginal, seja no repertório das práticas sexuais, seja no último encontro sexual, modalidade que é por excelência definidora da heterossexualidade.

    Abstract in English:

    This article examines the sexual practices of young Brazilians based on data from the GRAVAD Research Project, a household survey targeting males and females from 18 to 24 years of age (n = 4,634) in three Brazilian State capitals: Porto Alegre, Rio de Janeiro, and Salvador. The set of practices experienced over the course of their sexual careers is characterized by traits of social belonging, elements from individual life histories, and prescribed rules of conduct for men and women. The authors compared the young people's range of lifetime practices and those from last sexual relations in order to discuss the spread and incorporation of practices into life histories. The data point to the hegemony of vaginal sex in both the lifetime repertoire of sexual practices and the last sexual encounters, such that vaginal sex provides the prime definition of heterosexuality.
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br