Cadernos de Saúde Pública, Volume: 26, Issue: 4, Published: 2010
  • Evaluation of data on mortality and live births in Pernambuco State, Brazil Artigo

    Frias, Paulo Germano de; Pereira, Pricila Melissa Honorato; Andrade, Carla Lourenço Tavares de; Lira, Pedro Israel Cabral de; Szwarcwald, Célia Landmann

    Abstract in Portuguese:

    O Ministério da Saúde tem realizado importante investimento na melhoria da qualidade dos sistemas de informação sobre mortalidade e nascidos vivos. Entretanto, na maioria dos estados brasileiros a mortalidade infantil ainda é calculada por métodos indiretos, sem levar em consideração os avanços ocorridos nessa área. O objetivo deste artigo é avaliar a adequação das informações de óbitos e nascimentos nos municípios de Pernambuco, Brasil, utilizando indicadores de cobertura e regularidade dos sistemas. Os resultados evidenciaram as inconsistências na série temporal das estimativas por métodos indiretos da cobertura de óbitos infantis no estado. Os indicadores de adequação apontaram uma importante melhora da cobertura e regularidade das informações vitais. A proporção de óbitos por causas mal definidas, indicador da qualidade dos dados, mostrou também melhoras, embora em grau menor. A evolução observada em Pernambuco aponta para a importância de uma reflexão acerca da utilização de métodos diretos para o cálculo da mortalidade infantil, pelo menos nos municípios com informações adequadas.

    Abstract in English:

    The Brazilian Ministry of Health has made important investments to improve the quality of information systems on mortality and live births. However, in most Brazilian States the infant mortality rate is still estimated by indirect methods, thus overlooking the progress in this area. The current article aimed to evaluate the adequacy of mortality and live birth data using indicators of coverage and regularity for both systems. Analysis of temporal trends in infant mortality coverage estimated by indirect methods revealed major inconsistencies in the temporal series. The adequacy indicators showed an important improvement in the coverage and regularity of vital information systems. The proportion of deaths from ill-defined causes also decreased, although at a slower rate. The improvement in recording of live births and deaths in the State of Pernambuco highlights the importance of reflecting on the use of direct methods to calculate infant mortality, at least in municipalities with adequate vital statistics.
  • Integration of health surveillance and women's health care: a study on comprehensiveness in the Unified National Health System Artigo

    Maia, Christiane; Guilhem, Dirce; Lucchese, Geraldo

    Abstract in Portuguese:

    A integralidade é um princípio do SUS, com várias perspectivas, entre as quais a da articulação de seus serviços. O debate sobre esse princípio está presente na assistência à saúde, com destaque para a área de Saúde da Mulher, e nas diretrizes da Vigilância Sanitária. Como as duas áreas buscam a qualidade dos serviços de saúde, o objetivo é analisar a integração entre Vigilância Sanitária e assistência à saúde da mulher. Trata-se de estudo de caso, qualitativo, com entrevistas de profissionais de Vigilância Sanitária de serviços de saúde e coordenadores de Saúde da Mulher (CSM). Os achados apontam para isolamento da Vigilância Sanitária nas secretarias de saúde. A importância da integração é citada por CSM, porém não é fácil de ser aplicada. As relações, se ocorrem, são por situações emergenciais. Os trabalhadores de Vigilância Sanitária acham que não há articulação por não haver problemas na Saúde da Mulher que demandem sua participação e que, com inspeções e palestras, estão colaborando com a área. Mostram-se dificuldades à concretização da integralidade, com o desafio de articular ações em saúde, sobretudo para a Vigilância Sanitária.

    Abstract in English:

    Comprehensiveness is a key principle in Brazil's Unified National Health System (SUS), approached from various perspectives, including linkage between services. The debate on this principle appears in health care, especially in the area of Women's Health, and in Health Surveillance guidelines. Since both areas target quality of health services, the aim of this study is to analyze the integration between Health Surveillance and Women's Health Care. This is a qualitative case study that interviewed Health Surveillance staff in health services and coordinators of Women's Health services. The findings point to the isolation of Health Surveillance within the health secretariats. The importance of integrating the two areas is cited by Women's Health administrators, but it is difficult to implement. Collaborative relations only occur in emergency situations. The Health Surveillance professionals believe that this lack of integration is due to the fact that women's health issues do not require their participation, and that at any rate they collaborate with the area through health inspections and talks. The study detected difficulties in achieving integration between the two areas, with the persistent challenge of linking health actions, especially with Health Surveillance.
  • Primary health care policy in Brazil: notes on Federal regulation and funding Artigo

    Castro, Ana Luisa Barros de; Machado, Cristiani Vieira

    Abstract in Portuguese:

    O artigo analisa a condução federal da política de atenção primária à saúde no Brasil de 2003 a 2008, considerando as funções de Estado na saúde de planejamento, regulação, financiamento e execução direta de serviços. A pesquisa compreendeu revisão bibliográfica, realização de entrevistas semi-estruturadas com atores-chave da política, análise documental, orçamentária e de bases de dados secundários. Observou-se redução na execução federal direta das ações e fragilidades no que diz respeito ao planejamento. A atuação federal se caracterizou principalmente pela regulação, baseada na emissão de portarias atreladas a mecanismos financeiros. No que concerne ao financiamento, houve discreto aumento da participação da atenção básica no orçamento federal, reajustes e criação de novos incentivos, alguns visando à eqüidade. Embora tenham ocorrido avanços no período, permanece o desafio de reconuração do modelo regulatório federal e a garantia de um aporte maior de recursos para este nível de atenção, a fim de que ocorra o efetivo fortalecimento da atenção primária no país.

    Abstract in English:

    This article analyzes the Federal implementation of primary health care policy in Brazil from 2003 to 2008, considering the government functions of health planning, regulation, financing, and health services delivery. The methodology included literature and document review, interviews with key policy actors, budget analysis, and health database analysis. The analysis showed a reduction in direct Federal health services delivery and weaknesses in Federal planning. Federal performance mainly involved regulation, based on norms linked to financial mechanisms. As for funding, the results showed a slight increase in the share for primary care in the Federal budget, adjustments, and creation of new incentives, some aimed at equity. Although some progress occurred, a remaining challenge is to reconure the Federal regulatory model and ensure a greater supply of resources for primary health care in Brazil.
  • Alcohol consumption by public school students in Greater Metropolitan Recife, Pernambuco State, Brazil Artigo

    Gomes, Betânia da Mata Ribeiro; Alves, João Guilherme Bezerra; Nascimento, Lucila Castanheira

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo objetivou identificar o consumo de álcool e comportamentos de risco à saúde em adolescentes, por meio de estudo epidemiológico transversal de base populacional, realizado de abril a setembro de 2006, empregando amostragem estratificada segundo porte da escola e turnos. Utilizando o questionário Global School-Based Student Health Survey, 1.878 estudantes de 29 escolas públicas da Região Metropolitana do Recife, Pernambuco, Brasil, foram investigados quanto à idade, ao sexo, ao consumo de bebidas alcoólicas, à embriaguez na vida e a consequências negativas. O consumo de álcool, nos últimos 30 dias, foi de 29,8%. Os adolescentes reportaram que adquiriram facilmente bebidas alcoólicas em estabelecimentos comerciais e também em contextos sociais. A ocorrência de embriaguez na vida e a ocorrência de consequências negativas foram relatadas por, respectivamente, 30,5% e 14,5% dos estudantes pesquisados. Concluiu-se que o conhecimento dos comportamentos de risco em virtude do consumo de álcool por adolescentes poderá subsidiar políticas públicas de educação para a saúde.

    Abstract in English:

    This study analyzes alcohol consumption and health risk behaviors in adolescents, using a cross-sectional, population-based, epidemiological design from April to September 2006, within a sample stratified according to school size and shift. Using the Portuguese version of the Global School-Based Student Health Survey questionnaire, 1,878 students from 29 public schools in Greater Metropolitan Recife, Pernambuco State, Brazil, were analyzed by age, gender, alcohol consumption, lifetime history of intoxication, and negative consequences. Alcohol consumption in the previous 30 days was 29.8%. Adolescents reported easy acquisition of alcoholic beverages from commercial establishments and in social settings. Lifetime history of intoxication was reported by 30.5% of the students. Negative consequences were reported by 14.5%. Knowledge of risk behaviors for alcohol consumption by adolescents can provide backing for appropriate public polices in health education.
  • Early Trauma Inventory (ETI): cross-cultural adaptation and internal consistency Artigo

    Mello, Marcelo Feijó de; Schoedl, Aline Ferri; Pupo, Mariana Cadrobbi; Souza, Altay Alves Lino de; Andreoli, Sergio B.; Bressan, Rodrigo A.; Mari, Jair J.

    Abstract in Portuguese:

    As experiências traumáticas precoces são um fator de risco preditivo de problemas psicopatológicos futuros. O Early Trauma Inventory (ETI) é um instrumento que avalia em indivíduos adultos experiências traumáticas ocorridas antes dos 18 anos de idade. Tal instrumento foi traduzido, transculturalmente adaptado e sua consistência interna foi avaliada. Vítimas de violência que preencheram os critérios de inclusão e exclusão foram submetidas a uma entrevista diagnóstica (SCID-I) e ao ETI. Foram incluídos 91 pacientes com o transtorno do estresse pós-traumático (TEPT). O alfa de Cronbach nos diferentes domínios variou de 0,595-0,793, e o escore total foi de 0,878. A maior parte dos itens nos vários domínios, com exceção do abuso emocional, apresentou índices de correlação interitem entre 0,51-0,99. A versão adaptada foi útil tanto na clínica quanto na pesquisa. Apresentou boa consistência interna e na correlação interitem. O ETI é um instrumento válido, com boa consistência para se avaliar a presença de história de traumas precoces em indivíduos adultos.

    Abstract in English:

    Early life stress is a strong predictor of future psychopathology during adulthood. The Early Trauma Inventory (ETI) was developed to detect the presence and impact of traumatic experiences that occurred up to 18 years of age. The ETI was translated and cross-culturally adapted and had its consistency evaluated. Victims of violence that met the inclusion and exclusion criteria were submitted to SCID-I and ETI. Ninety-one patients with post-traumatic stress disorder (PTSD) were included. Cronbach's alpha in the different domains varied from 0.595 to 0.793, and the total score was 0.878. Except for emotional abuse, most of the various domains displayed inter-item correlation rates of 0.51 to 0.99. The adapted version was useful for clinical and research purposes and showed good internal consistency and inter-item correlation. The ETI is a valid instrument with good consistency for evaluating history of childhood and adolescent trauma in adults.
  • Health services accessibility in a city of Northeast Brazil Artigo

    Cunha, Alcione Brasileiro Oliveira; Vieira-da-Silva, Ligia Maria

    Abstract in Portuguese:

    Com o objetivo de analisar a implantação de ações voltadas para a acessibilidade à atenção básica em um município da Bahia, Brasil, foi realizado estudo de caso único a partir de dois níveis de análise: organização do sistema e dos serviços. Os dados foram obtidos por intermédio de entrevistas semi-estruturadas, da observação das rotinas de atendimento e da análise documental. Das quatro unidades analisadas, três apresentaram nível intermediário de implantação de ações voltadas para a acessibilidade. As unidades de saúde da família tiveram melhor desempenho devido à presença de ações voltadas para o acolhimento e a referência a serviços especializados, porém apresentaram problemas para a marcação de consultas. Apesar do estabelecimento da atenção básica como porta de entrada ao sistema e da implantação da central de marcação de consultas especializadas, persistem barreiras organizacionais no município estudado. Recomenda-se a formulação de política específica para melhoria da acessibilidade voltada para a organização da oferta na perspectiva de mudança do modelo assistencial.

    Abstract in English:

    In order to analyze the implementation of measures targeting accessibility to primary health care in a municipality (county) in the State of Bahia, Brazil, a single case study was performed with two levels of analysis: system and services organization. The data were obtained from semi-structured interviews, observation of routine care, and document analysis. Of the four health units analyzed, three showed intermediate-level implementation of measures targeting accessibility. The Family Health Units showed better performance, due to measures for patient reception and referral to specialized services, but they revealed problems with scheduling of appointments. Despite having defined primary care as the portal of entry into the system and the implementation of a help desk for setting appointments with specialists, there are persistent organizational barriers in the municipality. A specific policy is recommended to improve accessibility, aimed at organization of the services supply in order to change the health care model.
  • The relationship between postpartum depression and maternal emotional availability Artigo

    Fonseca, Vera Regina J. R. M.; Silva, Gabriela Andrade da; Otta, Emma

    Abstract in Portuguese:

    A depressão pós-parto é um transtorno de alta prevalência que pode comprometer a qualidade da relação mãe-criança. Este estudo pretende determinar a prevalência do referido transtorno, comparar a interação mãe-bebê nos grupos com e sem depressão e verificar a relação entre depressão, apoio social e estilos de relacionamento e disponibilidade emocional maternos. As participantes eram gestantes que pretendiam dar à luz no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo entre dezembro de 2006 e dezembro de 2008. A prevalência de depressão pós-parto em nossa amostra foi 28%. Não houve diferença significativa na relação mãe-criança no grupo com e sem depressão. Encontrou-se correlação positiva entre sensibilidade materna e escolaridade e entre sensibilidade e certas dimensões de apoio social e estilo de relacionamento. Conclui-se que a prevalência de depressão pós-parto em nossa amostra é mais alta que a média mundial, mas a sintomatologia depressiva não interfere significativamente na qualidade da interação mãe-bebê. A sensibilidade materna é influenciada por fatores sócio-cognitivos e afetivos.

    Abstract in English:

    Postpartum depression is a highly prevalent disorder that can interfere in the mother-infant relationship. This study aims to evaluate the prevalence of postpartum depression in our sample to compare mother-infant interaction in depressed and non-depressed mothers and to assess the relationship between maternal depression, social support, attachment style, and emotional availability. Participants were pregnant women who planned to deliver at the University of São Paulo Hospital between December 2006 and December 2008. Postpartum depression prevalence in our sample was 28%. No difference was found in emotional availability between depressed and non-depressed mothers. There was a positive correlation between maternal sensitivity and education, and between sensitivity and some dimensions of social support and attachment styles. We conclude that postpartum depression prevalence in our sample was higher than the average international rates, but that depressive symptoms do not impair mother-infant interaction. Maternal sensitivity is affected by socio-cognitive and emotional factors.
  • How does social position influence self-reported health status? A comparative analysis between 1998 and 2003 Artigo

    Rodrigues, Cristina Guimarães; Maia, Alexandre Gori

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho é analisar de que forma a posição social das famílias está associada ao estado de saúde individual auto-avaliado. As informações foram extraídas dos suplementos de saúde da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD/IBGE) de 1998 e 2003. A análise baseou-se em estatísticas descritivas e regressão logística para captar a relação condicional entre estado de saúde, posição social e demais variáveis de controle, como idade, sexo, raça/cor, renda, escolaridade e região de residência. Os resultados mostram que a hierarquia de classes ocupacionais reproduz-se na auto-avaliação do estado de saúde. Há um aumento das desigualdades entre 1998 e 2003, com redução na prevalência de saudáveis nos grupos de base e aumento no topo da pirâmide social. Embora a prevalência de saudáveis seja maior nas classes não agrícolas, a probabilidade de declarar-se saudável é maior para os agrícolas, depois de adicionadas as demais variáveis de controle. Os resultados reforçam a necessidade de se analisar as desigualdades em saúde sob a perspectiva da estratificação social.

    Abstract in English:

    The aim of this paper is to analyze how the social position of families affects self-reported health status, based on data from the 1998 and 2003 National Sample Household Survey of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (PNAD-IBGE). The method was based on descriptive statistics and logistic regression to capture the conditional relationship between health status, social position, and other control variables, such as age, sex, race/color, income, education, and place of residence. The results show that the same hierarchy of the occupational classes is reproduced in self-reported health status. There was an increase in inequalities in the period, with a reduction in the prevalence of healthy workers in the lower social strata and an increase in the upper strata. Although there were more healthy individuals in non-agricultural classes, the probability of good self-reported health was higher among agricultural workers, after the other control variables were added to the regression models. The results emphasize the need to analyze health inequalities from the perspective of social stratification.
  • Geographic disparities in organ transplantation in Brazil Artigo

    Marinho, Alexandre; Cardoso, Simone de Souza; Almeida, Vivian Vicente de

    Abstract in Portuguese:

    Avaliamos alguns aspectos dos transplantes de órgãos nas Unidades da Federação brasileira, nos anos de 2004, 2005 e 2006. Estimamos, com base em um modelo de teoria das filas, os tempos de espera para transplantes de coração, córnea, fígado, pulmão, rim, pâncreas, e transplante simultâneo de rim e pâncreas. Os resultados indicam redução na espera por alguns órgãos (córnea, e pâncreas); elevação em outros (fígado, coração, rim/pâncreas); e ligeiras flutuações, sem tendência muito definida, nos transplantes de rim e nos transplantes de pulmão ao longo do período estudado. Os estados das regiões Sul e Sudeste (com a exceção do Rio de Janeiro) e Centro-oeste têm os menores tempos de espera e as maiores taxas de atendimento do país.

    Abstract in English:

    This study focuses on organ transplantation in Brazilian States in the years 2004, 2005, and 2006. Average waiting times were estimated by queueing theory models. We found that average waiting time for transplantation decreased for cornea and pancreas, increased for liver, heart, and kidney/pancreas, and varied erratically for kidney and lung. We also detected broad disparities in waiting times between States. Mean waiting time was shortest in the States of South, Southeast, and Midwest Brazil. These same States also showed the highest transplantation rates in the country.
  • Experience with treatment of high blood pressure in low-income families Artigo

    Trad, Leny Alves Bonfim; Tavares, Jeane Saskya Campos; Soares, Carla Silva; Ripardo, Rachel Coelho

    Abstract in Portuguese:

    Na compreensão sobre a hipertensão arterial sistêmica (HAS) é importante considerar a influência dos conhecimentos e crenças associados à doença, bem como, os recursos disponíveis para o seu tratamento. Este trabalho analisa itinerários terapêuticos de três famílias de classe popular do tipo extensa que possuíam portadores de HAS. Investigou-se as alternativas adotadas, os determinantes das escolhas, a avaliação sobre os serviços utilizados e os reflexos da interação com os serviços no cuidado doméstico. Foi realizado um estudo etnográfico em um bairro popular de Salvador por meio de observação e entrevistas semi-estruturadas com informantes em espaços domiciliares e institucionais. Constatou-se que os itinerários das famílias participantes não seguiam um padrão rígido, sendo influenciados pelas experiências prévias com a hipertensão e outras doenças, pelo suporte social disponível e pelas condições do atendimento do sistema formal no bairro. Observou-se, também, a apropriação e adaptação do conhecimento técnico de saúde pelos grupos familiares.

    Abstract in English:

    In order to properly understand high blood pressure (HBP), or arterial hypertension, it is important to examine the influence of knowledge and beliefs associated with the condition, as well as the resources available for its treatment. This study analyzes the treatment experiences of three low-income extended families that include members with HBP. The study investigated the various alternatives that were adopted, determinants of choices, evaluation of the services used, and the impact of interaction with health services on care in the home. An ethnographic study was performed in a low-income neighborhood in Salvador, Bahia State, using direct observation and semi-structured interviews with key informants in home and institutional settings. The study found that the treatment experiences of the participating families did not follow a rigid pattern, but were influenced by prior experiences with hypertension and other diseases, available social support, and conditions in the formal health care system available in the neighborhood. The study also detected a grasp and adaptation of technical health knowledge by families.
  • The effectiveness of psychosocial care centers for the mentally ill in a medium-sized city in southern Brazil: a stratified analysis Artigo

    Tomasi, Elaine; Facchini, Luiz Augusto; Piccini, Roberto Xavier; Thumé, Elaine; Silva, Ricardo Azevedo da; Gonçalves, Helen; Silva, Suele Manjourany

    Abstract in Portuguese:

    Objetivo foi analisar a efetividade dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) no cuidado de portadores sofrimento psíquico em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Coorte prospectiva, com usuários de todos os CAPS do município em duas visitas domiciliares. Três variáveis de exposição terapêutica e duas da situação de saúde foram comparadas e estratificadas pela modalidade de atendimento e pelo tempo de freqüência ao serviço. Foram entrevistados 1.013 usuários na visita 1 e 875 na visita 2. Os transtornos mais freqüentes foram os de humor (39%), esquizofrenia (24%) e neuroses (13%). Mais de 50% recebiam atendimento intensivo ou semi-intensivo e quase 60% freqüentavam o serviço há três anos ou mais. Houve uma redução significativa na ocorrência de crises (p = 0,000), e o número de internações psiquiátricas foi menor entre aqueles em atendimento intensivo (p = 0,002) e com maior tempo de CAPS (p = 0,003). Entre os não-intensivos, diminuiu o uso de medicamentos (p = 0,032) e aumentou a participação em grupos (p = 0,000). Os CAPS podem ser considerados efetivos na assistência aos portadores de sofrimento psíquico.

    Abstract in English:

    The objective was to analyze the effectiveness of Psychosocial Care Centers (PCCs) for persons with mental disorders in Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil. This was a prospective cohort study with users of the centers, based on two home visits. Three treatment exposure variables and two health status variables were compared and stratified according to treatment modality and time attending the health service. We interviewed 1,013 patients on the first visit and 875 on the second. The most frequent diagnoses were mood disorder (39%), schizophrenia (24%), and neuroses (13%). More than 50% were receiving intensive or semi-intensive care, and nearly 60% had attended the center for at least three years. There was a significant reduction in crisis reports (p = 0.000) and fewer hospitalizations among those in intensive treatment (p = 0.002) and with longer time attending the center (p = 0.003). Among non-intensive patients, there was a decrease in the use of medication (p = 0.032) and increased participation in groups (p = 0.000). The Psychosocial Care Centers can be considered effective for persons with mental disorders.
  • Contraceptive practices among university students: the use of emergency contraception Artigo

    Borges, Ana Luiza Vilela; Fujimori, Elizabeth; Hoga, Luiza Akiko Komura; Contin, Marcelo Vieira

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo investigou as práticas contraceptivas de 487 jovens estudantes de uma universidade pública paulista, tendo como enfoque o uso da anticoncepção de emergência. Um questionário estruturado foi enviado por endereço eletrônico em dezembro de 2007. Os jovens referiram altas proporções de uso de métodos, principalmente o preservativo masculino e a pílula. A anticoncepção de emergência já havia sido utilizada por metade dos estudantes, muitas vezes concomitantemente a métodos de alta eficácia. Entre as mulheres, análise de regressão logística múltipla mostrou associação do uso da anticoncepção de emergência com a idade, idade de início da vida sexual, ter deixado de usar preservativo masculino em alguma relação sexual, ter vivenciado ruptura acidental do preservativo masculino e conhecer alguém que já a tenha utilizado. A opção pela anticoncepção de emergência mostrou-se mais relacionada a inconsistências no uso de métodos regulares do que ao não uso propriamente dito, podendo ser considerada um marcador de descontinuidades nas práticas contraceptivas.

    Abstract in English:

    This study investigated contraceptive practices and especially the use of emergency contraception by 487 young students at a public university in São Paulo State. A structured questionnaire was sent by e-mail and completed online in December 2007. Contraceptive methods and use of emergency contraception were investigated. Female and male students reported a high proportion of contraceptive use, mainly condoms and the pill. Half of the students had already used emergency contraception, often when already using some other highly effective method. Among female students, multiple regression analysis showed that current age, age at sexual initiation, not having used condoms in sexual relations, condom failure, and knowing someone that has used emergency contraception were associated with use of the latter. The option for emergency contraception proved to be more closely related to inconsistencies in the use of regular methods than to lack of their use, and can thus be considered a marker for discontinuity in regular contraception.
  • Adherence to essential medicines in cities from three Brazilian states Artigo

    Dal Pizzol, Tatiane da Silva; Trevisol, Daisson José; Heineck, Isabela; Flores, Liziane Maahs; Camargo, Aline Lins; Köenig, Álvaro; Torres, Iraci Lucena da Silva; Kadri, Mônica Cristina Toffoli; Monreal, Maria Tereza Ferreira Duenhas; Melo, Adriana Mary Mestriner Felipe de; Ferreira, Maria Beatriz Cardoso

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo comparou as Relações Municipais de Medicamentos Essenciais (REMUME), analisou a adesão dos prescritores e a disponibilidade de medicamentos essenciais em unidades de saúde vinculadas ao Sistema Único de Saúde (SUS). Foram coletados dados sobre as REMUME e os medicamentos prescritos a 2.411 pacientes arrolados consecutivamente em oito serviços de atenção primária ou secundária de municípios da região centro-sul do país. A disponibilidade dos medicamentos foi verificada por meio da existência de estoque na farmácia. De um total de 5.222 medicamentos prescritos, 76,4% constavam nas REMUME, 76,8% na Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME) e 63% na lista da Organização Mundial da Saúde (OMS). Entre os medicamentos mais prescritos, um ou mais não pertenciam às respectivas REMUME. Do total de medicamentos prescritos, 76,1% estavam disponíveis nos locais pesquisados; entre os medicamentos essenciais, a disponibilidade aumentou para 88,1%. A prescrição em desacordo com as REMUME pode ser resultado da indisponibilidade dos medicamentos nos locais investigados ou da inadequação das listas frente ao nível de complexidade da atenção.

    Abstract in English:

    This study compared the Municipal Essential Medicines Lists (REMUME) and examined adherence by prescribers and availability of essential medicines in the health units affiliated with the Unified National Health System (SUS). Data were collected on lists and medicines prescribed to 2,411 patients enrolled consecutively in primary or secondary care services in Brazilian municipalities. Of 5,222 prescribed medicines, 76.4% were present on the REMUME, 76.8% on the National List of Essential Medicines (RENAME), and 63% on the World Health Organization (WHO) list. Among the most frequently prescribed medications, one or more did not belong to the respective REMUME. Of all medicines prescribed, 76.1% were available in the inspected facilities; for essential medicines, the availability increased to 88.1%. Prescription in disagreement with the REMUME may result from the unavailability of medicines in the inspected facilities or the lists' inadequacy for the level of care.
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br