Physis: Revista de Saúde Coletiva, Volume: 32, Issue: 3, Published: 2022
  • Mental health diagnosis: acceptance and contempt of plurality Temas Livres

    Giacomini, Eduardo; Rizzotto, Maria Lucia Frizon

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Neste ensaio, discutem-se constructos ligados às concepções de saúde e doença e, em particular, a aspectos que influenciaram e influenciam a noção de adoecimento mental. Partindo de uma revisão narrativa de literatura, visitam-se diferentes tempos e ideias que, em consonância, apontam que processos produtivos, época, território, conjunturas políticas e simbólicas, assim como modelos sanitários, sugestionam a forma de se diagnosticar e intervir sobre doenças. A atitude diagnóstica diante daquilo que se considera ou não patológico revela características fundadoras das sociedades e das forças que as operam e, ao alcançar o campo da subjetividade, potencializa-se como força capaz de elevar ou anular a pluralidade contida na existência humana.

    Abstract in English:

    Abstract This essay discusses constructs linked to the conceptions of health and illness and, in particular, ideas that influenced and still influence the notion of mental illness. Starting from a narrative literature review, different times and ideas are visited, which, in consonance, point out that productive processes, time, territory, political and symbolic situations, as well as health models, suggest the way to diagnose and intervene in diseases. The diagnostic attitude towards what is considered pathological or not reveals fundamental characteristics of societies and the forces that operate them and, by reaching the field of subjectivity, it is potentialized as a force capable of elevating or canceling the diversity contained in human existence.
  • From annulment in discourse to elimination in act: the subject's suffering and the suicidal act in autism Temas Livres

    Romano, Lucas; Paravidini, João

    Abstract in Portuguese:

    Resumo As altas taxas de ideações, tentativas e mortes por suicídio entre a comunidade de pessoas autistas é um tema que vem sendo investigado com frequência e profundidade. No interior de determinado segmento da ciência, que instrumentaliza a lógica neoliberal de gestão do sofrimento, se faz destacar o fenômeno do suicídio no âmbito do autismo, na mesma medida em que o lugar reservado ao sujeito autista se torna ausente de sua prática discursiva. Nesse contexto, este trabalho buscou produzir um levantamento bibliográfico sobre o tema em questão, com o objetivo de evidenciar as principais linhas de força atuantes nesta dimensão específica de sofrimento em pessoas autistas. Quando o enfoque da análise recaiu sobre as formas de expressão desses sujeitos em sofrimento, tornou-se incontornável assumir que o ato suicida faz ressaltar as marcas do ser, da falta-a-ser e da angústia frente ao real - atributos de uma experiência singular de sofrimento que o discurso da ciência tenta eliminar.

    Abstract in English:

    Abstract The high rates of ideations, attempts and deaths by suicide among the community of autistic people is a topic that has been investigated frequently and in depth. Within a certain segment of Science, which instrumentalizes the neoliberal logic of suffering management, the phenomenon of suicide in the scope of autism is highlighted, to the same extent that the place reserved for the autistic subject becomes absent from his discursive practice. In this context, this work sought to produce a bibliographic survey on the subject in question, with the objective of highlighting the main lines of force acting on this specific dimension of suffering in autistic people. When the focus of the analysis fell on the forms of expression of these suffering subjects, it became essential to assume that the suicidal act highlights the marks of being, of lack of being and of anguish in face of the real - attributes of an experience suffering that the discourse of science tries to eliminate.
  • “A hard pill to swallow?” Social representations of the male contraceptive pill on Facebook. Temas Livres

    Campos, Camila de Melo Lopes; Aléssio, Renata Lira dos Santos; Barros, Sibelle Maria Martins de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A pílula anticoncepcional feminina é um dos principais métodos contraceptivos utilizados na atualidade; já a pílula anticoncepcional masculina, apesar de ter sido pensada há mais de 50 anos, ainda não é comercializada. O objetivo do presente trabalho é compreender aspectos psicossociais da dinâmica da sociedade em relação a novas formas contraceptivas e examinar se novas formas contraceptivas direcionadas ao corpo do homem seriam acatadas. Em março de 2018, a revista Superinteressante postou em sua página do Facebook uma reportagem sobre uma pílula anticoncepcional masculina que foi bem-sucedida em sua primeira fase de teste. A postagem gerou grande comoção e surgiram muitos comentários expressando diferentes opiniões sobre o assunto. Foram submetidos à análise de conteúdo temático-categorial 294 comentários feitos nessa postagem. Os resultados revelam que esse método contraceptivo masculino aparece inscrito em um sistema representacional que salienta discussões sobre: efeitos colaterais da medicalização, a liberdade feminina, a ampliação da responsabilidade masculina na contracepção/cuidado com os filhos, a desconfiança em relação à postura feminina e outros aspectos que remetem a possíveis avanços científicos e sociais. Os dados analisados não podem ser generalizados, mas apontam para a aceitação de novas formas contraceptivas direcionadas ao corpo masculino.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The female contraceptive pill is one of the main contraceptive methods used today, while the male contraceptive pill, despite being thought of more than 50 years ago, is not yet commercialized. This work aims to understand psychosocial aspects of the dynamics of society in relation to new forms of contraception and to examine whether new forms of contraception directed to the male body would be accepted. In March 2018, the magazine Superinteressante posted on Facebook a report about a male contraceptive pill that was successful in its first test phase ; the post generated great commotion and many comments emerged expressing different opinions on the subject. 294 comments made on this post were submitted to thematic-categorical content analysis. The results indicate that this male contraceptive method appears inscribed in a representational system that highlights discussions about: side effects of medicalization, female freedom, the expansion of male responsibility in contraception/child care, distrust of the female posture and other aspects that refer to possible scientific and social advances. The analyzed data cannot be generalized, but point to the acceptance of new forms of contraception aimed at the male body.
  • Yoga: a key method for caring for oneself and the other Temas Livres

    Pantoja, Patricia Dias; Chiesa, Gustavo Ruiz

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O objetivo deste ensaio é apresentar reflexões acerca dos benefícios do Yoga aos cuidadores ou profissionais de saúde, considerando esta prática como uma estratégia eficaz para enfrentar situações estressantes que essas pessoas vivem regularmente, levando a um melhor cuidado de si e do outro. Para apresentar essa proposição, recorreremos inicialmente a alguns aspectos históricos do Yoga, no intuito de esclarecer o seu contexto de surgimento, bem como seu desenvolvimento no mundo e no Brasil. Em seguida, refletiremos a respeito da importância do cuidado de si para o melhor cuidado do outro e, por fim, sobre os benefícios do Yoga aos cuidadores, em diálogo com a literatura científica. Acreditamos que a prática de Yoga, que contribui para o desenvolvimento integral do ser humano, pode ser um método-chave para que os profissionais da saúde aprendam a se conhecer melhor e a lidar melhor com suas dificuldades, aprimorando, consequentemente, o cuidado que é oferecido ao outro. Sugerimos que os currículos dos cursos de graduação em saúde do Brasil considerem a inserção do Yoga, para que esses profissionais possam aprender a utilizar esta estratégia na sua formação inicial, o que ajudaria na melhora da sua qualidade de vida e na de seus pacientes.

    Abstract in English:

    Abstract This essay aims to present reflections on the benefits of Yoga to caregivers or health professionals, considering this practice as an effective strategy for coping with stressful situations that these people experience regularly, leading to better care of themselves and the others. To present this proposition, we will initially resort to some of the historical aspects of Yoga, to clarify its context of emergence, as well as its development in the world and in Brazil. Subsequently, we will reflect on the importance of taking care of oneself for the best care of the other and, finally, on the benefits of Yoga for caregivers, in dialogue with the scientific literature. We believe that the practice of Yoga, that contributes to the holistic development of the human being, can be a key method for health professionals to learn to know themselves better and to better deal with their difficulties, consequently improving the care that is offered to others. We suggest that the curricula of undergraduate healthcare courses in Brazil consider the inclusion of Yoga, so that these professionals can learn to use this strategy in their initial training, which would help in improving their quality of life and that of their patients.
  • Medicinal plants and public health policies: new perspectives on old practices Temas Livres

    Cherobin, Fabiane; Buffon, Marilene M.; Carvalho, Denise S. de; Rattmann, Yanna D.

    Abstract in Portuguese:

    Resumo As plantas medicinais são utilizadas nos cuidados a saúde desde a Antiguidade, mas apenas na década de 1970 a OMS se manifestou sobre sua importância para a saúde da população. Este artigo teve por objetivo identificar a sequência temporal e evolução dos marcos legais associados às políticas públicas de plantas medicinais, discutindo as implicações dessa evolução, bem como sua inserção no sistema de saúde, e apresentar essa evolução no Brasil. Foram identificados e analisados os conteúdos de Leis, Decretos, Resoluções, Políticas, Portarias e Instruções Normativas relacionadas ao tema. Apesar do longo histórico de uso da flora nacional, as primeiras legislações sobre seu emprego no campo da saúde são recentes. O Brasil, país com maior biodiversidade do planeta, aprovou, apenas em 2006, a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares e a Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos. Necessita-se, entretanto, ampliar o investimento em pesquisas científicas para que haja segurança, qualidade e eficácia no seu uso.

    Abstract in English:

    Abstract Medicinal plants have been used in health care since Antiquity, but it was only in the 1970s that the WHO expressed its importance for the health of the population. This article aimed to identify the temporal sequence and evolution of legal frameworks associated with public policies on medicinal plants, discussing the implications of this evolution, as well as its insertion in the health system, and to present this evolution in Brazil. The contents of Laws, Decrees, Resolutions, Policies, Ordinances and Normative Instructions related to the topic were identified and analyzed. Despite the long history of using the national flora, the first legislation on its use in the health field is recent. Only in 2006, Brazil, the country with the greatest biodiversity on the planet, approved the National Policy on Integrative and Complementary Practices and the National Policy on Medicinal Plants and Phytotherapeutics. It is necessary, however, to increase investment in scientific research so that there is safety, quality and effectiveness in its use.
  • Competencies of nutritionists in the Primary Health Care Temas Livres

    Alves, Cristina Garcia Lopes; Luz, Verônica Gronau; Tófoli, Luís Fernando

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A Educação Baseada em Competências propõe o uso de um currículo derivado da construção de um perfil de competências, o que se torna norteador para a formação acadêmica de uma determinada profissão. As Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) no Brasil têm apontado para a construção de currículos com foco em competências. Buscando contribuir com esse debate, o objetivo deste estudo foi construir um perfil de competências para os nutricionistas na Atenção Primária à Saúde (APS) a partir da revisão sobre as competências gerais dos profissionais de saúde nesse âmbito de atenção. Trata-se de estudo qualitativo e exploratório, com seleção de consensos e estudos sobre a formação profissional, incluindo diretrizes e resoluções; o material selecionado foi submetido à análise temática. As categorias de análise encontradas foram assim agrupadas: competências relativas ao sistema de saúde e ao modelo de atenção; competências relativas à atenção à saúde; competências humanísticas e culturais; competências sociais e de comunicação; e competências técnicas e metodológicas. Os resultados permitiram traçar um perfil de competências de acordo com os objetivos pretendidos, podendo colaborar com a definição de diretrizes para a formação dos nutricionistas, com foco na APS.

    Abstract in English:

    Abstract Competency-Based Education proposes the use of a curriculum derived from the construction of a profile of competencies, which becomes a guide for the academic formation of a particular profession. The National Curriculum Guidelines (DCN) in Brazil have pointed to the construction of curricula with a focus on competencies. Seeking to contribute to this debate, this study aimed to build a profile of competencies for nutritionists in Primary Health Care (PHC) based on a review of the general competencies of health professionals in this area of care. This is a qualitative and exploratory study, with selection of consensus and studies on professional training, including guidelines and resolutions; the selected material was submitted to thematic analysis. The analysis categories found were grouped as follows: competencies related to the health system and the care model; competencies related to health care; humanistic and cultural competencies; social and communication skills; and technical and methodological skills. The results made it possible to draw a profile of competencies according to the intended objectives, being able to collaborate with the definition of guidelines for the training of nutritionists, with a focus on PHC.
  • Rob Wallace acerca das raízes sociais da pandemia de Covid-19 Resenha

    Machado, Nuno Miguel Cardoso
  • Método e teoria: a pesquisa em Ciências Humanas e Sociais em Saúde Editorial

    Russo, Jane A.
  • The teaching-service-management-community integration in the perception of undergraduate students’ preceptors in Primary Health Care Temas Livres

    Pereira, Afonso Luís Puig; Zilbovicius, Celso; Carnut, Leonardo; de Souza Neto, Antonio Carlos

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Orientações, normativas e incentivos nacionais como as Diretrizes Curriculares Nacionais, o Pró-Saúde e o PET-Saúde, contribuíram para fomentar um importante arranjo formativo conhecido como "integração ensino-serviço-gestão-comunidade". Nesse contexto, a preceptoria na atenção primária à saúde (APS) se destaca. Assim, é relevante conhecer, sob a ótica de preceptores, qual é a participação de cada ator desta integração e quais são as barreiras antipedagógicas e de processo de trabalho que dificultam a preceptoria. Este estudo teve como objetivo compreender fatores facilitadores e dificultadores da integração na perspectiva de preceptores de graduandos no âmbito da APS no município de São Paulo-SP. Trata-se de um estudo qualitativo, do tipo descritivo-exploratório, que utilizou entrevistas semiestruturadas com 14 preceptores, interpretadas pela análise de conteúdo temática. Como barreiras principais foram identificadas: sobrecarga de trabalho, desvalorização da saúde pública, falta de apoio pedagógico e distanciamento da comunidade no processo formativo. Entre as contribuições, destacam-se o trabalho interprofissional e a aproximação entre as instituições de ensino e a gestão quando planejam o estágio. A integração tem importantes questões a serem aperfeiçoadas ao olhar dos preceptores, tendo em vista facilitar a articulação entre os atores e transpor as barreiras formativas.

    Abstract in English:

    Abstract National guidelines, regulations and incentives such as the National Curricular Guidelines, Pró-Saúde and PET-Saúde, contributed to fostering an important training arrangement known as "teaching-service-management-community integration". In this context, preceptorship in primary health care (PHC) stands out. Thus, it is relevant to know, from the perspective of preceptors, what is the participation of each actor in this integration and what are the anti-pedagogical and work process barriers that make preceptorship difficult. This study aimed to understand factors that facilitate and hinder integration from the perspective of preceptors of undergraduates within the scope of PHC in the city of São Paulo-SP, Brazil. This is a qualitative, descriptive-exploratory study, which used semi-structured interviews with 14 preceptors, interpreted by thematic content analysis. As main barriers were identified: work overload, devaluation of public health, lack of pedagogical support and distance from the community in the training process. Among the contributions, interprofessional work and the approximation between educational institutions and management when planning the internship stand out. Integration has important issues to be improved from the point of view of preceptors, with a view to facilitating articulation between actors and overcoming training barriers.
  • Community perception of its preventive actions against dengue, zika and chikungunya in five Brazilian regions Temas Livres

    Alves, João Armando; Andrade, Natália Fernandes de; Lorenzo, Cláudio Fortes Garcia; Mendonça, Ana Valéria M.; Sousa, Maria Fátima de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O controle ambiental do vetor no interior e ao redor dos domicílios, enquanto estratégia fundamental para a prevenção de arboviroses como dengue, zika e chikungunya, demanda um envolvimento ininterrupto da população. A pandemia de Covid-19 e, consequentemente, o isolamento social necessário ao seu controle, têm reduzido a vigilância profissional nos domicílios, tornando a atuação da população ainda mais necessária. Estudos que buscam compreender o envolvimento das comunidades na execução das ações preventivas têm sido quase exclusivamente locais. O artigo relata uma pesquisa-intervenção baseada em oficinas sobre práticas preventivas realizadas antes do isolamento social, em 16 municípios das 5 regiões brasileiras, as quais envolveram um total de 379 participantes. Os resultados apresentam as ações preventivas preconizadas por campanhas que são as mais comumente compreendidas e executadas pela população; as situações que dificultam a execução; as práticas preventivas de iniciativa própria dos cidadãos; e as práticas baseadas em saberes populares. Ficou evidente que as informações fornecidas às comunidades não podem estar restritas às campanhas de massa, e que se faz necessário investir em ações educativas mais efetivas e adequadas à variedade de contextos nacionais, com vistas a construções coletivas e intersetoriais de estratégias de enfrentamento às arboviroses.

    Abstract in English:

    Abstract The environmental control of the vector inside and around households, as a fundamental strategy for the prevention of arboviruses such as dengue, zika and chikungunya, demands an uninterrupted involvement of the population. The pandemic context of Covid-19, and consequently the social isolation has reduced professional surveillance in the households, making the performance of the population even more necessary. Studies that seek to understand the involvement of communities in the implementation of preventive actions have been almost exclusively local. This article reports an intervention research based on workshops on preventive practices carried out before social isolation, in 16 municipalities in the five Brazilian regions and involved 379 participants. Our results show the preventive actions recommended by campaigns that are the most commonly understood and performed by the population; situations that hinder execution; preventive practices of citizens' own initiative; and practices based on popular knowledge. It became evident that information to communities cannot be restricted to mass campaigns, and that it is necessary to invest in educational actions adequate to the variety of national contexts, seeking collective and intersectoral constructions of strategies to confront arboviruses.
  • The subject and his care: the issue of medication adherence Temas Livres

    Penaforte, Thais Rodrigues

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O mapeamento dos comportamentos frente ao uso de medicamentos informa as condições pelas quais um tratamento farmacológico é implementado. A localização da adesão à medicação como um problema clínico, evoca, no entanto, lugares bem demarcados quanto aos procedimentos para sua explicação e resolução. Nesse sentido, este trabalho busca problematizar os elementos fundantes do estudo da adesão à medicação, considerando que tal prática é hegemonicamente assimilada apenas por parâmetros científicos e biológicos, sem a inclusão de uma abordagem direcionada às especificidades históricas e culturais dos pacientes. Transferem-se, assim, a primazia da delimitação e a explicação da realidade ao próprio analista. Porém, o trabalho de campo demonstrou uma diversidade de posturas e agenciamentos quanto ao uso dos medicamentos, capaz de indicar que a geografia do cuidado não se orienta apenas a partir de um percurso linear, mas se apoia em espaços ambulantes e itinerantes, instalando-se em um campo paradoxal que mescla reprodução e criação.

    Abstract in English:

    Abstract The mapping of behaviors towards the use of medicines informs the conditions under which a pharmacological treatment is implemented. However, the location of medication adherence as a clinical problem evokes well-demarcated place as to the procedures for its explanation and resolution. In this sense, this work aims to problematize the founding elements of the study of medication adherence, considering that such practice is hegemonically assimilated only by scientific and biological parameters, without the inclusion of an approach directed to the patients' historical and cultural specificities. In this way, the primacy of delimitation and explanation of reality is transferred to the analyst. However, the field work showed a diversity of attitudes and management of medicines, capable of indicating that the geography of care is not oriented only from a linear path, but is supported by wandering and itinerant spaces, installing in a paradoxical field that mixes reproduction and creation.
  • Assessment of knowledge about Chagas disease in schoolchildren in rural and urban areas of endemic municipalities in Minas Gerais state, Brazil Temas Livres

    Vivas, Anita Luiza Prado; Ferreira, Raquel Aparecida; Oliveira, Eduardo Ribeiro de; Ianes, Iara Marques; Barbosa, Silvia Ermelinda

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar o conhecimento de escolares do ensino médio de três escolas localizadas em municípios mineiros endêmicos para a doença de Chagas e extrair informações relativas à sua percepção em relação aos aspectos gerais, biológicos, clínicos e epidemiológicos da doença, do vetor e controle entomológico da doença de Chagas, além de comparar o conhecimento dos participantes em função da localização das escolas (zona rural ou urbana). Para isso, aplicou-se um questionário semiestruturado a 68 alunos. Todos os participantes já ouviram falar a respeito da doença de Chagas, afirmando ter adquirido esse conhecimento, sobretudo, com familiares e escola. Além disso, muitos participantes demonstraram conhecer os hábitos dos vetores, tais como hematofagia e fontes alimentares. Não houve associação clara entre o perfil de urbanização e o conhecimento dos participantes. No entanto, alunos da zona urbana apresentaram menos conhecimento prático a respeito dos triatomíneos e aspectos relativos à transmissão da doença, em relação aos alunos da zona mais “ruralizada”. Sugere-se o aprofundamento do tema nos currículos escolares do ensino médio e a necessidade de elaboração de ações de educação em saúde voltadas à vigilância entomológica da doença de Chagas nesses municípios e, provavelmente, em outras regiões do Brasil.

    Abstract in English:

    Abstract This study aimed to evaluate the knowledge of high school students from three schools located in endemic municipalities of Minas Gerais to Chagas disease and to extract information related to their perception regarding the general, biological, clinical and epidemiological aspects of the disease, vector and entomological control of Chagas disease, in addition to comparing the knowledge of participants according to the location of schools (rural or urban area). For this, a semi-structured questionnaire was applied to 68 students. All participants have heard about Chagas disease, stating that they have acquired this knowledge, especially with family members and school. In addition, many participants demonstrated to know the habits of vectors, such as hematophagy and dietary sources. There was no clear association between the urbanization profile and the participants' knowledge. However, students from the urban area presented less practical knowledge about triatoins and aspects related to the transmission of the disease, in relation to students in the most "ruralized" area. It is suggested the deepening of the theme in high school curricula and the need to develop health education actions aimed at entomological surveillance of Chagas disease in these municipalities and, probably, in other Brazilian regions.
  • Analysis of the contribution of health promotion interventions: the case of the Academia da Cidade program Recife, Pernambuco, Brazil Temas Livres

    Cazarin, Gisele; Figueiró, Ana Cláudia; Dias, Sónia; Hartz, Zulmir

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Políticas de promoção da saúde em diversos países propõem a prática de atividade física em suas diretrizes. Avaliar os resultados dessas intervenções, ao mesmo tempo em que se constitui em importante apoio às decisões, pode ser desafiador. Para este estudo, utilizou-se uma avaliação baseada na teoria, a análise da contribuição. Foi explicitada a cadeia de resultados da intervenção e a teoria da mudança (TM), para analisar os elementos relacionados à sustentabilidade dos resultados do Programa Academia da Cidade (PAC) do município de Recife-PE, entre 2002 e 2016. Para validação da TM, procedeu-se a entrevistas com dez informantes-chave e realização de quatro grupos focais de junho a agosto de 2016. O teste da TM deu-se pela integração dos dados qualitativos produzidos, assim como a revisão de documentos provenientes da literatura e documentos oficiais e técnicos. Empregou-se a análise de conteúdo temática. Os resultados indicaram que a maior parte dos pressupostos foi confirmada na presença de outros fatores de influência (contextuais e explicações rivais). A testagem da TM revelou plausabilidade e validade da teoria do programa, permitindo concluir que a sustentabilidade de fatores estruturantes para o PAC contribuiu na manutenção dos resultados esperados, apesar da instabilidade ocorrida entre os anos de 2012 e 2016.

    Abstract in English:

    Abstract Health promotion policies in several countries propose the practice of physical activity in their guidelines. Assessing the results of these interventions, while providing important decision support, can be challenging. For this study, a theory-drive-evaluation was used, analysis of the contribution. The intervention results chain, the theory of change (ToC), was explained to analyze the elements related to the sustainability of the results of a program called Academia da Cidade (PAC), from 2002 to 2016. For ToC validation, interviews with ten key informants were carried out, and four focus groups were held from June to August 2016. The ToC test was carried out by integrating the qualitative data produced, as well as by performing a literature review and the review of official and technical documents. Thematic content analysis was used. The results indicated that most of the assumptions were confirmed in the presence of other influencing factors (contextual and rival explanations). ToC testing revealed the plausibility and validity of the program’s theory, allowing us to conclude that the sustainability of PAC structuring factors contributed to the maintenance of the expected outcomes, despite the instability that occurred from 2012 to 2016.
  • Multiprofessional Residency in Health: (trans) formation for SUS in quilombola communities Temas Livres

    Souza, Vanessa Alves de; Gurgel, Idê Gomes Dantas; Albuquerque, Paulette Cavancanti de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A inserção e atuação profissional, no Sistema Único de Saúde (SUS), suscita debates e reflexões a respeito da formação de profissionais. Dessa forma, uma das estratégias para a obtenção de formação para o SUS são as Residências Multiprofissionais em Saúde (RMS). Neste estudo, objetivamos analisar as transformações no cotidiano dos serviços de saúde com a inserção do programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família, com ênfase na saúde da população do campo (RMSFC). Trata-se de um estudo de caso, de natureza qualitativa, tendo como participantes os atores que compõem o quadrilátero da formação, através de entrevistas semiestruturadas. Utilizamos a análise Discurso do Sujeito Coletivo (DSC), com o intuito de fazer o tratamento dos dados. Consideramos que esta pesquisa nos permitiu, ainda, visualizar as práticas e as transformações ocorridas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) após a inserção da RMSFC. Assim, temos informações importantes para refletir acerca de estratégias de formação de profissionais para trabalhar no SUS, especificamente no contexto da Saúde da População do Campo, contemplando comunidades quilombolas.

    Abstract in English:

    Abstract The insertion and professional performance in the Unified Health System (SUS), raises debates and reflections regarding the training of healthcare professionals. Thus, one of the strategies for obtaining training for the SUS is the Multiprofessional Residencies in Health (RMS). In this study, we aim to analyze the changes in the daily lives of health services with the insertion of the Multiprofessional Residency Program in Family Health, with an emphasis on the health of the rural population (RMSFC). It is a case study, of a qualitative nature, having as participants the actors that compose the quadrilateral of the formation, through semi-structured interviews. We used the Collective Subject Discourse (CSD) analysis, in order to process the data. We believe that this research also allowed us to visualize the practices and changes that occurred in the Basic Health Units (UBS) after the insertion of the RMSFC. Thus, we have important information to reflect on strategies for training professionals to work in SUS, specifically in the context of the Health of the Population of the Countryside, contemplating quilombola communities.
  • Health communication and health promotion: contributions and challenges, from the perspective of Family Health Strategy professionals Temas Livres

    Pimentel, Viviane Rangel de Muros; Sousa, Maria Fátima de; Mendonça, Ana Valéria Machado

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Com o objetivo de identificar o papel da comunicação em saúde e da promoção da saúde na Estratégia Saúde da Família, desenvolveu-se este trabalho, ancorado na abordagem qualitativa, com desenho de múltiplos casos. Empregou-se a técnica do grupo focal, norteada por um roteiro semiestruturado, contendo três perguntas norteadoras. Para análise dos dados, utilizou-se a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Ao todo, foram realizados dez grupos focais, em cinco municípios brasileiros de grande porte. Participaram cinquenta e cinco profissionais da Estratégia de Saúde da Família, de 21 equipes de Saúde da Família, lotados em 15 Unidades Básicas de Saúde. Dentre as contribuições, os profissionais destacaram a promoção da saúde para garantia do bem-estar e a comunicação em saúde favorecendo o planejamento das ações e a troca de experiências, sendo por eles considerada como uma ferramenta para trabalhar práticas promotoras da saúde. Ressaltou-se ainda, que além de primordiais, esses campos se complementam e, juntos, contribuem para melhoria da qualidade de vida. Como principais desafios, relataram a necessidade de maior envolvimento dos profissionais para trabalhar a educação para a promoção, superar a visão saúde-doença ainda presente na comunidade e a escassez de tempo para trabalhar mais a comunicação em saúde.

    Abstract in English:

    Abstract Aiming to identify the role of communication in health and health promotion in the Family Health Strategy, this work was developed, anchored in a qualitative approach, with a design of multiple cases. The focus group technique was used, guided by a semi-structured script, containing three guiding questions. For data analysis, the Collective Subject Discourse technique was used. In all, ten focus groups were held in five large Brazilian municipalities. Fifty-five professionals from the Family Health Strategy participated, from 21 Family Health teams, located in 15 Basic Health Units. Among the contributions, the professionals highlighted health promotion to guarantee well-being and health communication favoring the planning of actions and the exchange of experiences, being considered by them as a tool to work with health-promoting practices. It was also highlighted that, in addition to being essential, these fields complement each other and, together, contribute to improving the quality of life. As main challenges, they reported the need for greater involvement of professionals to work on education for promotion, overcome the health-disease vision still present in the community and the lack of time to work more on health communication.
  • Formation of (new) arms for the struggle: experiences of academics in the psychosocial network Temas Livres

    Querino, Rosimár Alves; Limírio, Camila dos Reis Juvenil; Assunção, Luiza Maria de; Aragão, Ailton de Souza

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O objetivo deste estudo foi compreender o modo como tem ocorrido a inserção de acadêmicos na Rede de Atenção Psicossocial e as percepções sobre as contribuições para sua formação profissional. Trata-se de estudo transversal, descritivo e de natureza qualitativa, desenvolvido com questionário e técnica de grupo focal. Os participantes foram alunos de uma universidade federal, atuantes em instituições de saúde mental. Na análise temática foram delineadas três categorias: críticas aos currículos; relações entre universidade e rede; e aprendizados construídos. O estudo revelou amplitude das contribuições e afetações oriundas da inserção na rede. A inserção na rede permitiu aos graduandos o desenvolvimento de um compromisso ético-político com a defesa dos direitos humanos, com uma nova compreensão de sujeito e do cuidado psicossocial, bases da Reforma Psiquiátrica. Este estudo mostra a necessidade de expandir o diálogo entre instituições de ensino e instituições de saúde, de modo a fortalecer novas formas de cuidar e proporcionar alterações nos processos formativos, indispensáveis para a ampliação das experiências na saúde mental.

    Abstract in English:

    Abstract This study aimed to understand the way in which the insertion of academics in the Psychosocial Care Network has occurred and the perceptions about the contributions to their professional training. This is a cross-sectional, descriptive and qualitative study, developed with a questionnaire and focus group technique. The participants were students from a federal university, working in mental health institutions. In the thematic analysis, three categories were outlined: criticism of the curricula; relations between university and network; and learning. The study revealed the breadth of contributions and effects arising from insertion in the network. The insertion in the network allowed the undergraduates to develop an ethical-political commitment to the defense of human rights, with a new understanding of the subject and psychosocial care, bases of the Psychiatric Reform. This study shows the need to expand the dialogue between educational institutions and health institutions, to strengthen new forms of care and provide changes in training processes, essential for expanding experiences in mental health.
  • The conducting groups in the governance and implementation of the Care Network for People with Disabilities in the SUS Temas Livres

    Ribeiro, Katia Suely Queiroz Silva; Freitas, Grace Kelly Filgueiras; Coutinho, Gilma Correa; Batiston, Adriane Pires; Tavares, Larissa Riani Costa; Almeida, Milena Maria Cordeiro de; Silveira, Neidimila Aparecida; Zanella, Angela Kemel

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência estabeleceu a criação de Grupos Condutores Estaduais visando implementar Diretrizes Clínicas e Protocolos e acompanhar as ações desta Rede. O objetivo deste trabalho foi investigar o papel dos grupos condutores na governança e implementação da referida Rede, analisando sua constituição e ações realizadas. Realizou-se pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa, multicêntrica, avaliando a fase de implementação da política, realizada nas cinco regiões do país; analisaram-se documentos publicados entre abril/2012 a dezembro/2018, relacionados aos grupos condutores em oito estados. Emergiram duas categorias como resultado da análise de conteúdo: instituição e composição dos grupos condutores e ações realizadas pelos grupos. Identificou-se a instituição de grupo condutor específico para a Rede em seis estados, e em dois estados a condução realiza-se pelos Grupos Estaduais das Redes de Atenção à Saúde. Observou-se heterogeneidade na composição dos grupos e na realização das atribuições previstas, refletindo indefinições da portaria e desafios de cada estado para a regionalização, participação social, planejamento, acompanhamento e monitoramento da rede. Entretanto, destacou-se o protagonismo destes Grupos enquanto espaço de governança gerencial. Salienta-se a necessidade da continuidade de investimentos financeiros, políticos e de gestão para garantir resolutividade, governança e gestão democrática da Rede.

    Abstract in English:

    Abstract The Care Network for People with Disabilities established the creation of State Conducting Groups to implement Clinical Guidelines and Protocols and monitor the actions of this Network. This work aimed to investigate the role of conducting groups in the governance and implementation of the referred Network, analyzing its constitution and actions taken. Descriptive research was carried out, with a qualitative, multicentric approach, evaluating the implementation phase of the policy, carried out in the five regions of the country; documents published between April/2012 and December/2018 were analyzed, related to conducting groups in eight states. Two categories emerged as a result of the content analysis: institution and composition of the driving groups and actions carried out by the groups. The institution of a specific conduction group for the Network was identified in six states, and in two states the conduction is carried out by the State Groups of the Health Care Networks. Heterogeneity was observed in the composition of the groups and in the accomplishment of the foreseen attributions, reflecting the lack of definitions of the ordinance and challenges of each state for regionalization, social participation, planning, follow-up and monitoring of the network. However, the protagonism of these Groups was highlighted as a space for managerial governance. The need for continuity of financial, political and management investments is highlighted to guarantee resolution, governance and democratic management of the Network.
  • Health managers and professionals’ perception on the care of child and adolescent obesity in Brazil’s Unified Health System Temas Livres

    Silva, Natanael de Jesus; Fagundes, Andhressa Araújo; Silva, Danielle Góes da; Lima, Verônica da Silva

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O estudo teve como objetivo analisar a percepção de gestores e profissionais de saúde sobre o cuidado disponível para crianças e adolescentes com sobrepeso e obesidade no Sistema Único de Saúde em Sergipe, Brasil. Trata-se de estudo qualitativo e exploratório, com amostra composta por 46 atores e coleta de dados por meio de entrevistas semiestruturadas. O cuidado existente foi percebido como falho e fragmentado, independentemente do nível de atenção à saúde. As principais dificuldades abrangeram o processo de trabalho, a gestão e organização do cuidado, a adesão familiar e a insuficiência de recursos. Potencialidades relacionadas à gestão, equipes e profissionais, que poderiam contribuir para a implantação de uma linha de cuidado integral, foram também identificadas. Contudo, a organização do cuidado à obesidade infantil ainda requer uma conectividade dos papéis e tarefas dos diversos atores, por meio da pactuação e corresponsabilização entre os serviços, profissionais e a família.

    Abstract in English:

    Abstract The study aimed to analyze the perception of health managers and professionals on the care of children and adolescents with overweight and obesity in the Unified Health System of Sergipe, Brazil. This is a qualitative and exploratory study with sample composed of 46 actors and semi-structured interviews as data collection method. The existing care was perceived as poor and fragmented, regardless of the health care level. The main difficulties were the professionals’ work process, care management and organization, family support and insufficient resources. Potentialities related to management, teams and professionals, which could contribute to the implementation of a comprehensive care line, were also identified. However, the organization of care for child obesity still requires the connectivity of different actors’ roles and tasks, with the agreement and co-responsibility between services, professionals and family.
  • Medication groups and illness experience: sharing narratives in the context of psychosocial care Temas Livres

    Maciel, Carla Pinheiro; Leal, Erotildes Maria

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A experiência do adoecimento é entendida enquanto dimensão subjetiva, estruturada socialmente, sobre a doença e suas repercussões pessoais, referidas ao campo das práticas, crenças e valores compartilhados. O grupo de medicação discutido neste estudo estimulou a produção de narrativas sobre a experiência do adoecimento para abordar o empoderamento do usuário, a partir do diálogo sobre uso e manejo de psicotrópicos. Trata-se de um estudo qualitativo, descritivo-exploratório. A questão de pesquisa foi: Como a experiência do adoecimento é apresentada nas narrativas dos participantes dos grupos de medicação? Vinte e dois usuários de serviços comunitários de saúde mental e cinco familiares destes participaram de duas reuniões do grupo de medicação e três grupos focais. A análise dos resultados materializou-se na perspectiva da antropologia médica e da psicopatologia fenomenológica. As categorias de análise deste artigo são: experiência de participação em grupos de medicação, experiência de uso e manejo da medicação, experiência com o adoecimento e diagnóstico. As narrativas produzidas indicaram que os diálogos em grupo sobre medicamentos subsidiam a formulação e o compartilhamento de significados atribuídos à experiência do adoecimento mental e de seu tratamento medicamentoso. Deste modo, os grupos de medicação reforçaram a atuação conjunta de profissionais, familiares e usuários, ampliando as possibilidades de cuidado sensível à experiência vivida.

    Abstract in English:

    Abstract The illness experience is understood as the subjective dimension, socially structured, about the disease and its personal repercussions, referred to the field of shared practices, beliefs and values. The medication group discussed in this study stimulated the illness experience narratives production, to address the user's empowerment, starting from the dialogue about the psychotropics use and self-management. This is a qualitative, descriptive-exploratory study. The research question was: How is the illness experience presented in the narratives of medication groups participants? Twenty-two community mental health service users and five family members participated in two medication group meetings and three focus groups. The results analysis materialized from the perspective of medical anthropology and phenomenological psychopathology. The analysis categories in this article are: experience of participation in medication groups, use and medication self-management and experience of illness and diagnosis. The narratives produced indicated that group dialogues about medicines supports meaning formulate and sharing assigned to the mental illness experience and drug treatment. Therefore, these medication groups reinforced the joint performance of professionals, family members and users, expanding proposals of sensitive care to lived experience.
  • The problematizing education approach in a technical course for community health workers: An experience of meaning production in health work Temas Livres

    Silva, Helena Pereira Rodrigues da; Toassi, Ramona Fernanda Ceriotti

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este estudo de caso de abordagem qualitativa analisou o significado da experiência de formação do agente comunitário de saúde (ACS) em município do Sul do Brasil, a partir do referencial teórico da educação problematizadora de curso técnico dos Ministérios da Educação e Saúde. Foram realizadas entrevistas com ACS que finalizaram o curso e gestores da saúde e educação envolvidos com o desenvolvimento e acompanhamento pedagógico do curso (n=17), análise dos portfólios dos educandos e Projeto Pedagógico de curso. Material textual foi interpretado pela análise de conteúdo apoiada pelo software Visual Qualitative Data Analysis (ATLAS.ti). As aprendizagens no curso agregaram conhecimentos que facilitaram a abordagem/orientação do ACS às famílias, melhoraram sua habilidade de comunicação e interpessoais, ampliaram o entendimento de saúde incluindo determinantes sociais do processo saúde-doença, preparando-os para lidar com problemas complexos, o que trouxe segurança, confiança e tranquilidade ao processo de trabalho. Educação problematizadora, valorizando metodologias ativas de ensino-aprendizagem-avaliação, produziu aprendizados conectados com as vivências desses profissionais. O curso também qualificou o pertencimento do ACS à equipe. Desafios foram observados em relação ao entendimento/execução dessas metodologias ativas. Pesquisas sobre o tema da formação e avaliação do trabalho do ACS que envolvam a percepção da equipe e usuários são recomendadas.

    Abstract in English:

    Abstract This qualitative case study analyzed the meaning of the experience of training the community health worker (CHW) in a city in the south of Brazil, based on the problematizing education approach proposed by the Ministries of Education and Health for a technical course. Interviews were conducted with CHWs who completed the course and health and education managers involved in the development and pedagogical supervision of the course (n=17). The students' portfolios and the course’s Pedagogical Project were analyzed. The textual material was interpreted by content analysis supported by the ATLAS.ti software. The course enhanced the CHWs’ knowledge on how to approach and guide families, improved their communication and interpersonal skills, and broadened their understanding of health by including social determinants of the health-disease process, preparing them to deal with complex problems. This brought security, confidence and tranquility to the work process. The problematizing education approach, which greatly values active teaching-learning-assessment methodologies, promoted learning connected with the experiences of the CHWs. The course also fostered the CHWs’ feeling of belonging to a team. Challenges were observed regarding the understanding/execution of the active methodologies. Research on the training of CHWs and on the assessment of their work, involving the perception of teams and users, is recommended.
  • At the intersection of two pandemics: the experience of social support networks for youth and adults living with HIV/AIDS during the Covid-19 pandemic Comentário

    Cunha, Claudia Carneiro da; Stochero, Luciane; Almeida, Leonardo Aprígio de; da Silva Junior, Aureliano Lopes; Junger, Washington Leite
PHYSIS - Revista de Saúde Coletiva Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: publicacoes@ims.uerj.br