• Mathematical modeling of the syncytium-inducing phenotype evolution in HIV-1/AIDS Pathogenesis Artigos Originais

    Joly, Marcel; Pinto, José Maurício

    Abstract in Portuguese:

    É proposta e discutida neste trabalho a modelagem matemática do processo de geração de variantes do vírus da imunodeficiência humana do tipo 1 que apresentam o fenótipo indutor de sincício durante as fases assintomática e AIDS clínica. Tais variantes podem fazer uso de CXCR4 exclusivamente (variantes X4) ou não (variantes R5X4 ou dual-trópicas). A base experimental de Shankarappa et al. (J Virol 1999; 73(2): 10489-502) é empregada como referência para derivação e calibração paramétrica de modelos fenomenológicos. Neste artigo, diferentes modelos matemáticos de evolução fenotípica do HIV-1, em termos da habilidade retroviral de induzir a formação de sincício, são propostos, testados e discutidos. Melhor aderência a resultados experimentais é verificada quando é considerada a reversibilidade entre fenótipos SI e NSI. Em adição, maior alinhamento à dinâmica in-vivo é observada se funções dependentes do tempo são admitidas para modelar a taxa de mutação entre variantes R5, R5X4 e X4 do HIV-1.

    Abstract in English:

    The mathematical modeling of the process of generation of HIV-1 strains that present the syncytium-inducing phenotype during the asymptomatic and clinical AIDS phases is proposed and discussed in this paper. These strains may utilize exclusively CXCR4 (X4 strains) or not (R5X4 strains or dual-tropic). The experimental basis of Shankarappa et al. (J Virol 1999; 73(2): 10489-502,) is used as a reference for the generation and parameter estimation of the phenomenological models. In this study, different mathematical models for the phenotypical evolution of HIV-1 in terms of the retroviral ability to induce syncytium formation are proposed, tested and discussed. Better adherence to experimental results is verified when reversibility between the SI and NSI phenotypes is considered. Moreover, better alignment to in-vivo dynamics is observed if time-dependent functions are assumed to model the mutation rate among the R5, R5X4 and X4 strains of HIV-1.
  • Test-Retest Reliability of the Swedish Demand-Control-Support Questionnaire among Industrial Restaurant Workers in the State of Rio de Janeiro Artigos Originais

    Aguiar, Odaleia Barbosa de; Fonseca, Maria de Jesus Mendes da; Valente, Joaquim Gonçalves

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Este estudo tem o objetivo de verificar a confiabilidade teste-reteste da versão em Português da escala sueca "Demand-Control-Support Questionnaire (DCSQ)" em uma população de trabalhadores com baixa escolaridade. MÉTODO: O questionário foi aplicado em dois momentos para 52 trabalhadores de três restaurantes industriais de uma empresa concessionária do Rio de Janeiro, com intervalos de 7 a 15 dias. Como indicadores de estabilidade foram utilizados o Coeficiente de Correlação Intraclasse (CCIC), a estatística Kappa Ponderado e o gráfico de Bland & Altman. Para avaliação da consistência interna utilizou-se o Coeficiente Alpha de Cronbach. RESULTADOS: O CCIC para as dimensões: demanda psicológica, controle do trabalho e apoio social no trabalho foi de 0,70, 0,68 e 0,80, respectivamente. O Alpha de Cronbach apresentou, no reteste, os seguintes resultados: 0,75, 0,50 e 0,82, para as dimensões anteriormente citadas, na mesma sequência. CONCLUSÕES: Ainda que o resultado da escala controle do trabalho tenha sido considerado baixo para o Alpha de Cronbach, os outros indicadores de confiabilidade apontam para uma boa estabilidade do instrumento, possibilitando sua utilização em estudos de associação entre estresse no trabalho e desfechos relacionados à saúde.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: This study aims to verify the test-retest reliability of the Portuguese version of the Swedish "Demand-Control-Support Questionnaire (DCSQ)" scale in a population of workers with low education. METHOD: The questionnaire was administered to 52 employees of three restaurants in industrial companies in Rio de Janeiro twice, with intervals from 7 to 15 days. As indicators of stability, the Intraclass Correlation Coefficient (ICC), weighted Kappa statistics and Bland and Altman's plot were used; for internal consistency evaluation, Cronbach's alpha coefficient was used. RESULTS: The ICCs for the "psychological demand", "decision latitude" and "social support in the workplace" dimensions were 0.70, 0.68 and 0.80, respectively. Cronbach's alpha showed the following results in the retest for the previously mentioned dimensions: 0.75, 0.50 and 0.82, respectively. CONCLUSIONS: Although the outcome of the Demand-Control scale has been considered low for Cronbach's alpha, other reliability indicators point to good stability of the instrument, allowing its use in studies on the association between job stress and health-related outcomes.
  • Between-group differences in dental caries in Xavante Indians from Central Brazil Artigos Originais

    Arantes, Rui; Santos, Ricardo Ventura; Frazão, Paulo

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo do estudo foi avaliar níveis de experiência de cárie entre subgrupos Xavante que vivem em diferentes Terras Indígenas (T.I.) no Estado de Mato Grosso, Brasil, a fim de investigar a presença de desigualdades no interior de uma mesma etnia indígena. Os dados foram coletados através de um censo de saúde bucal realizados em 2004. Das sete T.I. Xavante existentes, foram investigadas quatro (Pimentel Barbosa, Sangradouro, Areões e Marechal Rondon), nas quais foram selecionadas a maior aldeia de cada. Foram adotados os critérios preconizados pela Organização Mundial da Saúde, e utilizado o índice CPOS. Para mensurar as diferenças entre as T.I. foi estimada a razão de prevalência (RP) por meio de análise de regressão de Poisson, efetuada na faixa etária entre 6 e 34 anos para cada sexo, incluindo a idade como covariável. Nesta faixa etária, as perdas variaram entre 26 a 30%. Pimentel Barbosa foi considerada como referência para comparações por apresentar menor prevalência de cárie em todas as faixas etárias analisadas. A maior disparidade foi notada entre as T.I. Pimentel Barbosa e Sangradouro, tanto em homens (RP 2,68- IC95% 2,41 a 2,97) como em mulheres (RP 2,03- IC95% 1,85 a 2,23). A RP do componente obturado em Areões e Marechal Rondon (diferença relativa a Pimentel Barbosa) é muito pequena em relação à carga de doença total nestas T.I., indicando menor presença de serviço odontológico restaurador. Conclui-se que a transição em saúde bucal não é homogênea entre os Xavante e que as diferenças podem estar associadas a particularidades do processo histórico de interação com a sociedade não-indígena. Determinantes locais e regionais, incluindo fatores demográficos, características econômicas e sócio-culturais específicas, acesso e utilização de serviços de saúde, podem ter determinado as desigualdades de ataque de cárie observadas entre os Xavante.

    Abstract in English:

    The aim of the study was to investigate caries experience levels in the Xavante Indians, in the state of Mato Grosso, Brazil, with a focus on between-group differences. Oral health data were collected in 2004, following WHO guidelines in four of the seven Xavante reserves (Pimentel Barbosa, Sangradouro, Areões and Marechal Rondon). Data were collected in the largest village in each of the reserves, using the DMFS index. Statistical analyses included sex-specific Poisson regressions to compare DMFS values among Xavante reserves. Prevalence ratios (PR) were used to measure the differences in caries experiences in the 6-to-34-year age group, whose losses varied between 26% and 30%. Xavante from the Pimentel Barbosa community were selected as reference group as they showed a lower prevalence of caries in all age groups. The major difference in DMFS was observed between Pimentel Barbosa and Sangradouro, both in males (PR 2.68, 95%CI 2.41-2.97) and in females (PR 2.03, 95%CI 1.85-2.23). The PRs of the filled component in Areões and Marechal Rondon (relative difference to Pimentel Barbosa) were lower, when compared to the total burden of disease observed in those reserves, indicating very low presence of restorative services. It was concluded that the oral health transition among Xavante has not been homogeneous and the differences found in caries experiences can be associated with the particularities of the interaction process between Indians and non-Indians. Local and regional determinants, including factors related to demography, specific economic and socio-cultural characteristics, health care access and type of oral health services received might have influenced the between-group differences in dental caries observed in the Xavante Indians.
  • Violence against women by intimate partners: use of health services Artigos Originais

    Schraiber, Lilia Blima; Barros, Cláudia Renata dos Santos; Castilho, Euclides Ayres de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Estimar a associação entre violência por parceiro íntimo (VPI) e uso de serviços de atenção primária à saúde em São Paulo. MÉTODOS: Estudo transversal com seleção dos serviços por amostragem de conveniência e de mulheres usuárias desses serviços por amostragem do tipo consecutivo. As unidades amostrais finais de 2.674 mulheres de 15 a 49 anos de idade foram categorizadas, segundo a ocorrência e repetição de episódios de qualquer tipo de VPI na vida, como "não", "sim com alguma repetição" e "sim com muita repetição". Por meio de regressão logística polinomial, testou-se a associação entre VPI, uso de serviços de saúde e diagnósticos ou queixas das mulheres usuárias (tipo e frequência de registro), ajustadas pelas variáveis sociodemográficas e de saúde sexual e reprodutiva. RESULTADOS: Foi observada uma prevalência de 59% de VPI independente de sua repetição. O maior número de consultas mostrou-se associado com VPI repetitiva, após o ajuste dos efeitos de possíveis variáveis de confundimento. Os diagnósticos e/ou queixas de agravos psicoemocionais registrados, mais de uma vez, no último ano, mostraram-se associados com VPI, aumentando sua magnitude com a maior repetição da violência. CONCLUSÕES: É crucial um maior diagnóstico dos casos de VPI entre mulheres usuárias dos serviços de saúde, bem como a implementação de ações que previnam a violência e de cuidado relativamente às necessidades particulares de saúde dessas mulheres. Tais medidas, se adotadas, produzirão impactos também no padrão de uso dos serviços.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To estimate the association between intimate partner violence (IPV) and use of primary healthcare services in São Paulo. METHODS: This is a cross-sectional study based on a convenience sample of healthcare services, and on a consecutive type sample of women users of those healthcare facilities. The final sample of 2,674 women 15 to 49 years was classified according to occurrence and repetition of episodes of any type of lifetime IPV as: "no", "yes with some repetition" and "yes with a lot of repetition". Association between IPV, use of health healthcare facilities and diagnoses or health care demands (types and frequency of registration) of women users was tested by polynomial logistic regression analysis, and adjusted for sociodemographic and sexual and reproductive health variables. RESULTS: An IPV prevalence of 59% regardless of its repetition was observed. The highest number of visits was associated with repetitive IPV, after adjusting for the effects of potential confounders. Even after adjusting for the effects of possible confounders, the diagnostic and / or psycho-emotional complaints of injuries reported more than once in the past year were associated with IPV, increasing its magnitude with the highest repetition of violence. CONCLUSIONS: Better diagnosis of cases of IPV among women users of healthcare services is crucial as is the implementation of actions to prevent violence and to provide health care for the special needs of these women. The adoption of these measures will impact the pattern of use of healthcare services.
  • Birth weight and obesity in children and adolescents: a systematic review Artigos Originais

    Rossi, Camila Elizandra; Vasconcelos, Francisco de Assis Guedes de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Verificar o nível de evidência científica e epidemiológica da hipótese de associação entre peso ao nascer e sobrepeso/obesidade na infância e na adolescência, a partir de revisão sistemática da literatura. MÉTODO: Foi realizada revisão sistemática nas bases MedLine/Pubmed, Scielo-Brasil e Lilacs. Adaptou-se a escala de Downs & Black para avaliar a qualidade metodológica dos catorze artigos selecionados. Os artigos foram classificados em duas categorias de análise, de acordo com o índice de desenvolvimento humano do país onde o estudo foi realizado: a) peso ao nascer e sobrepeso/obesidade em países com desenvolvimento humano elevado; e b) peso ao nascer e sobrepeso/obesidade em países com desenvolvimento humano elevado, mas ainda ascendente, e com desenvolvimento humano médio. RESULTADOS: Em ambas as categorias predominou a associação entre elevado peso ao nascer e sobrepeso/obesidade. Além disso, na primeira categoria, um dos sete artigos mostrou que o baixo peso ao nascer foi preditor de maior percentual de gordura corporal e abdominal. Na segunda categoria, três artigos mostraram associação do catch-up growth com sobrepeso/obesidade, e um mostrou o baixo peso ao nascer como fator protetor do sobrepeso (incluindo obesidade). Foram capturados quatro artigos brasileiros, dentre os quais dois não identificaram associação estatisticamente significativa entre peso ao nascer e sobrepeso/obesidade. CONSIDERAÇÕES FINAIS: O elevado peso ao nascer apareceu associado ao sobrepeso/obesidade na maioria dos artigos. Há necessidade de se continuar investigando sobre a associação entre o baixo peso ao nascer e sobrepeso/obesidade.

    Abstract in English:

    AIM: To verify scientific and epidemiologic evidences of the hypothesis of association between birth weight and overweight/obesity in childhood and adolescence based on a systematic review of the literature. METHOD: A systematic review was performed in the MedLine/Pubmed, Scielo-Brasil and Lilacs electronic bases. Articles were classified into two categories of analysis based on the Human Development Index of the country where the study was performed: a) birth weight and overweight/obesity in countries with a high Human Development Index; b) birth weight and overweight/obesity in countries with a high, but still ascending Human Development Index, and medium Human Development Index. Downs & Black checklist was adapted and used to evaluate the methodological quality of the fourteen articles chosen. RESULTS: In both categories the association between high birth weight and overweight/obesity was predominant. Additionally, one of the seven articles in the first category found low birth weight as a predictor of body and abdominal fat. In the second category, three articles identified the association between catch-up growth and overweight/obesity and another found low birth weight as a protector for overweight (including obesity). Among the four Brazilian studies found, the association between birth weight and overweight or obesity was not statistically significant in two articles. CONCLUSIONS: High birth weight was associated with overweight/obesity in the majority of articles. The association between low birth weight and overweight/obesity needs ongoing investigation.
  • Breast feeding orientation: the benefits of the Family Health Program in municipalities with more than 100,000 inhabitants in Rio Grande do Sul, Brazil Artigos Originais

    Cruz, Suélen Henriques da; Germano, Juliana de Araújo; Tomasi, Elaine; Facchini, Luiz Augusto; Piccini, Roberto Xavier; Thumé, Elaine

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: Descrever as orientações sobre amamentação fornecidas às gestantes e comparar sua freqüência durante o pré-natal de acordo com o modelo de atenção: Programa de Saúde da Família (PSF) ou Tradicional. MÉTODOS: Integrando a pesquisa de avaliação do PROESF/UFPEL (2005), estudou-se mulheres que tiveram filhos nos dois anos anteriores à entrevista, residentes na área de abrangência de 93 Unidades Básicas de Saúde (UBS) em 17 municípios gaúchos com mais de 100.000 habitantes. Entre março e maio de 2005, 15 entrevistadores selecionados e capacitados coletaram informações em entrevistas domiciliares de 568 mulheres que fizeram o pré-natal na UBS de sua área de abrangência, através de questionários padronizados e pré-codificados. Na análise dos dados, utilizou-se o teste t para a comparação entre as médias e o teste do qui-quadrado para associação entre as proporções, considerando-se significativas as diferenças com valor p inferior a 0,05. Também foram calculadas as razões de prevalência (RP), com intervalos de confiança de 95%. RESULTADOS: Todas as proporções de orientações sobre amamentação foram significativamente mais referidas por moradoras de áreas com PSF do que em moradoras de áreas de UBS tradicionais. Quando as orientações foram analisadas em um escore quantitativo, verificou-se que 18% das mães não receberam nenhuma orientação, 39% receberam pelo menos uma e 43% receberam todas as orientações investigadas e estas proporções foram significativamente diferentes de acordo com o tipo de UBS, em favor do PSF. CONCLUSÕES: Os serviços de atenção primária do PSF mostraram-se mais efetivos no fornecimento de informações sobre amamentação, o que constitui uma vantagem que deve ser incentivada, tanto com a expansão da estratégia, ampliando sua cobertura populacional, quanto recomendando que profissionais vinculados à atenção tradicional possam ser motivados a incluir em seus atendimentos de pré-natal o reforço às orientações preconizadas em aleitamento materno.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: to describe the breastfeeding orientation provided to pregnant women, and to compare its frequency during prenatal care in the PSF (Family Health Program) with the traditional health care model. METHODS: As part of the PROESF/UFPEL (2005) evaluation survey, this study investigated women who had delivered two years before the interview, living in the catchment area of 93 primary healthcare units (UBS) in 17 cities with more than 100,000 inhabitants, in Rio Grande do Sul, Brazil. Interviews were carried out with 568 women who received prenatal care in their UBS, between March and May 2005, by qualified interviewers, through standardized questionnaires. Analysis was performed using t-test for comparison of means, and the Chi-square test for proportions, considering a 5% significance level. Prevalence ratios were calculated, with 95% confidence intervals. RESULTS: Breastfeeding orientations were more frequent in areas with PSF model. About 18% of the mothers have not received any guidance, 39% received it at least once, and 43% received all the investigated orientations, and proportions were significantly different according to the type of UBS, with higher rates in the PSF. CONCLUSIONS: the PSF model was more effective in providing breastfeeding orientation. This advantage should be promoted, either as an expansion of the strategy, increasing coverage, or encouraging traditional UBS workers to provide breastfeeding orientation in prenatal care.
  • Causes of hospitalization in the National Healthcare System of children aged zero to four in Brazil Artigos Originais

    Oliveira, Beatriz Rosana Gonçalves de; Viera, Cláudia Silveira; Collet, Neusa; Lima, Regina Aparecida Garcia de

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Estudar as causas de hospitalização de crianças auxilia na compreensão do perfil de adoecimento e na elaboração de planos de atenção à saúde para prevenir o agravamento das doenças e evitar as internações hospitalares. OBJETIVO: Identificar nos dados oficiais causas de hospitalização em crianças de zero a quatro anos, para compreender quais doenças as têm levado à hospitalização no Brasil. MÉTODO: Pesquisa de abordagem quantitativa, descritiva, exploratória e inferencial, cujos dados foram colhidos do site do DATASUS, no período compreendido entre os anos de 1998 a 2007. Os dados foram transcritos em tabelas, organizados de forma quantitativa, analisados em estatística descritiva e inferencial. RESULTADOS: Indicam uma distribuição heterogênea da morbidade entre as regiões do país, prevalecendo como primeira causa de internação hospitalar em crianças de zero a quatro anos as doenças do aparelho respiratório, seguidas das doenças infecciosas e parasitárias. CONCLUSÃO: Esses dados permitem refletir sobre a maneira em que os serviços de saúde podem se organizar para implementar a integralidade na atenção à saúde para esse grupo etário, com foco na atenção primária, com prioridade na prevenção dos agravos respiratórios e das doenças infecciosas e parasitárias, pois esses dois agrupamentos são considerados parte das doenças cujo acometimento se dá por causas sensíveis à atenção ambulatorial e podem ser evitados e/ou minimizados pelas ações de atenção básica.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Examining the causes of hospitalization of children improves the understanding of disease profiles and the preparation of health care planning requirements to prevent the worsening of diseases and to avoid hospitalizations. OBJECTIVE: Identify in official databases the true causes of hospitalizations among children aged zero to four in order to better understand which illnesses have been responsible for their hospitalizations in Brazil. METHOD: Quantitative, descriptive, exploratory and inferring approach study, whose databases were collected from the National Health System Database (DATASUS), in the period between the years of 1998 to 2007. Databases were put into tables, quantitatively organized, and analyzed in descriptive and inferring statistics. Results indicated a heterogeneous morbidity distribution within the regions of the country, in which respiratory tract conditions prevail as the number one cause of hospitalizations of children aged from zero to four, followed by human parasitic infectious diseases. CONCLUSION: The databases studied allow a reflection on how healthcare facilities can organize themselves in order to fully implement health care for the outlined age group of zero-to-four-children, focusing on primary care, with the priority for prevention of respiratory conditions and human parasite infectious diseases, given these two groups are considered part of the conditions that occur due to outpatient care-sensitive causes and that may be avoided and/or minimized by actions in primary care.
  • Participation in national polio immunization days: results of a vaccine coverage survey among children in 27 Brazilian cities Artigos Originais

    Mello, Maria Lúcia Rocha; Moraes, José Cássio; Barbosa, Helena Aparecida; Flannery, Brendan

    Abstract in Portuguese:

    No Brasil, os Dias Nacionais de Vacinação (DNV) são realizados duas vezes ao ano para manter a eliminação da poliomielite e prover a vacinação de rotina para crianças menores de cinco anos. Poucos estudos examinam fatores associados à participação das crianças brasileiras nos Dias Nacionais de Vacinação ou a contribuição desses dias de vacinação para a cobertura com as vacinas recomendadas. MÉTODOS: Inquérito domiciliar com amostragem por conglomerados realizado nas 26 capitais e no Distrito Federal. Foram estudadas as datas de aplicação das vacinas, verificando-se a participação das crianças entre 19 e 35 meses de idade no DNV mais recente, ou o motivo alegado para não fazê-lo. Os dados obtidos foram cotejados com dados administrativos. RESULTADOS: Das 17.749 crianças incluídas no inquérito, 16.213 (91%) participaram no último DNV. Crianças que receberam vacinas no setor privado tiveram menor participação (84%) no DNV. Em 13 capitais, as estimativas de cobertura baseadas no número de doses aplicadas foram superiores às do inquérito. Entre as crianças que não participaram no último DNV, os principais motivos de não participação foram decisão dos pais, orientação médica, a criança estar doente e fatores associados com a organização do DNV. No total, 15% das crianças incluídas receberam pelo menos uma dose de vacina além da vacina oral contra poliomielite no último DNV, incluindo vacinas contra febre amarela, hepatite B, tríplice viral (sarampo-rubéola-caxumba) e difteria-tétano-pertussis-Haemophilus influenzae tipo b. CONCLUSÕES: Nas capitais brasileiras, os dias nacionais de vacinação continuam tendo altos níveis de participação da população e oferecem oportunidades para recuperação da cobertura vacinal. Os motivos para não comparecer aos DNV evidenciam a necessidade de se estudar estratégias diferenciadas de comunicação para incorporação destas crianças.

    Abstract in English:

    In Brazil, National Immunization Days (NIDs) are held twice a year to maintain the elimination of poliomyelitis and to provide routine immunization for children younger than five years of age. Few studies have examined factors associated with participation in National Immunization Days among Brazilian children, or the contribution of immunization days to the coverage of recommended vaccines. METHODS: We conducted a household cluster survey in 26 state capitals and the Federal District among children aged 19 to 35 months. Vaccination histories, including dates of vaccination, participation in the most recent NID or reasons for non-participation were obtained. Survey estimates were compared with official estimates based on doses administered. RESULTS: Among the 17,749 children surveyed, 16,213 (91%) participated in the most recent NID. Children who received vaccination in the private sector had the lowest participation (84%) in NIDs. In 13 capitals, official coverage estimates were higher than those from the survey. The main reasons given for non-participation the most recent NID included parent's decision not to participate, doctor's advice, child's illness, and factors associated with the organization of the NID. Overall, 15% of the children surveyed had received at least one immunization in addition to oral polio vaccine in the most recent NID, including yellow fever, hepatitis B, measles-mumps-rubella (MMR) and combined diphtheria-tetanus-pertussis-Haemophilus influenzae type b vaccines. CONCLUSIONS: In Brazilian capitals, National Immunization Days continue to enjoy high levels of acceptance by the population and offer opportunities to complete recommended immunization schedules. Reasons for non-participation suggest the need for different communication strategies to reach parents who do not bring their children for vaccination on NIDs.
  • Profile of the elderly admitted into general intensive care units in Rio Grande, Southern Brazil: results of a cross-sectional survey Artigos Originais

    Schein, Luiz Eduardo C.; Cesar, Juraci A.

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo teve por objetivo conhecer o perfil do paciente com 60 anos ou mais de idade internado nas duas unidades de terapia intensiva (UTI) do município de Rio Grande, RS. Utilizando-se de delineamento transversal, entre abril/2007 e março/2008, entrevistadores previamente treinados aplicaram questionário padrão investigando sobre suas características demográficas, socioeconômicas e ambientais, utilização prévia de serviços de saúde e condições clínicas, que em 90% dos casos foram respondidos por familiares. Os 213 idosos hospitalizados neste período provinham, em sua maioria, do próprio município, eram casados, tinham mais de 70 anos, cinco anos de escolaridade, dois ou mais salários mínimos de renda familiar mensal, viviam em casa própria com outras duas pessoas e não possuíam plano de saúde; 88% foram à consulta médica nos últimos seis meses e 56% foram hospitalizados nos últimos 12 meses; metade deles chegaram à UTI inconscientes, por problemas clínicos oriundos da enfermaria do próprio hospital, onde 147 foram submetidos a ventilação mecânica, e 45% do grupo total evoluiu para óbito, em média, no oitavo dia. Estes dados mostram que é possível identificar idosos com maior potencial de internação em UTI também a partir de suas condições socioeconômicas e ambientais.

    Abstract in English:

    This study aimed at assessing the profile of patients aged > 60 years admitted into intensive care units (ICU) in the city of Rio Grande, Southern Brazil. A cross-sectional survey was carried out between April/2007 and March/2008 in two hospitals. Family members answered a standardized questionnaire that collected data on demographic and socioeconomic characteristics, household conditions, use of healthcare services and current clinical conditions. Among the 213 elderly people included in the study, about 90% came from Rio Grande, were married, aged 70 years or more, had at least five years of schooling, earned two or more minimum wages, owned their house, and did not have health insurance; 88% had had a medical appointment in the previous six months and 56% a hospital admission in the previous 12 months; half of them were unconscious when they were admitted into the ICU; most of them came from the same hospital and were put on mechanical ventilation; for 45%, the mean duration of ICU stay was 8 days before death. This study shows that it is possible to identify elderly individuals with the highest potential to be admitted in intensive care units based on their socioeconomic and environmental conditions.
  • Frequent consumption of alcohol by school age adolescents: study of associated factors Artigos Originais

    Matos, Analy Marquardt de; Carvalho, Rosely Cabral de; Costa, Maria Conceição Oliveira; Gomes, Karina Emanuella Peixoto de Souza; Santos, Luciana Maia

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Analisar fatores associados ao consumo frequente de bebidas alcoólicas por adolescentes escolares em Feira de Santana, BA. MÉTODO: Estudo transversal, com amostra aleatória, estratificada por conglomerado, totalizando 10 escolas de portes diferenciados e 776 estudantes de ambos os sexos que relataram consumo de bebidas alcoólicas, na faixa etária de 14 a 19 anos, assegurando representatividade das escolas e alunos. O instrumento auto-aplicável foi elaborado segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) e questionários validados em outros estudos. A coleta garantiu procedimentos para anonimato e sigilo. Foram considerados expostos adolescentes que referiram consumo frequente (em pelo menos todo final de semana). RESULTADOS: O consumo frequente/pesado mostrou associações significantes com sexo masculino, consumo precoce, parceiro sexual pouco conhecido, problemas com substâncias psicoativas (SPAs) na família, coabitação com companheiro, renda própria, tráfico de drogas, consumo com amigos, atividades na escola, motivações (ansiedade, animação/prazer); e consequências (outras SPAs, brigas, inadimplência ao trabalho\escola). CONCLUSÕES: O conhecimento dos fatores pessoais, interpessoais, familiares e ambientais associados ao consumo de bebidas alcoólicas por adolescentes devem ser considerados na implementação de programas escolares e políticas públicas de prevenção, visando comportamentos que minimizem a exposição ao risco associado.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: To analyze factors associated with the frequent consumption of alcohol by school age adolescents in Feira de Santana, Bahia. METHOD: Cross sectional study with random sampling, stratified by clusters, totaling 10 schools of different sizes. Although 1,409 students were included in the sample, only 776 of both genders, aged 14 to 19 years who reported alcohol drinking were included in the analysis, providing representativeness of schools and students. Data collection tools were a self-administered questionnaire designed in compliance with WHO recommendations and other valid questionnaires from similar studies. Anonymous confidential data collecting was assured. Adolescents who reported frequent alcohol drinking (at least every weekend) were considered exposed. RESULTS: Frequent alcohol drinking was associated with the male gender; early consumption; little-known sexual partner; problems with other drugs in the family; living with a partner; own income; drug trafficking; consumption with friends, activities at school, motivations (anxiety, excitement/pleasure), and consequences (other drugs, fights, debts in work/school) CONCLUSIONS: Knowledge of personal, interpersonal, family and environmental factors associated with alcohol use in adolescents should be considered in the implementation of school programs and public policies for alcohol use prevention focusing on behaviors that could minimize exposure to risk.
  • Alcohol abuse and dependence in adults in the State of São Paulo, Brazil Artigos Originais

    Guimarães, Vanessa Valente; Florindo, Alex Antônio; Stopa, Sheila Rizzato; César, Chester Luiz Galvão; Barros, Marilisa Berti de Azevedo; Carandina, Luana; Goldbaum, Moisés

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Descrever as prevalências de consumo abusivo e dependência de álcool em população adulta de 20 a 59 anos no Estado de São Paulo, e suas associações com variáveis demográficas e socioeconômicas. MÉTODOS: Inquérito domiciliar do tipo transversal (ISA-SP), em quatro áreas do Estado de São Paulo: a) Região Sudoeste da Grande São Paulo, constituída pelos Municípios de Taboão da Serra, Itapecerica da Serra e Embu; b) Distrito do Butantã, no Município de São Paulo; c) Município de Campinas e; d) Município de Botucatu. Foi considerado consumo abusivo de álcool a ingestão em dia típico de 30 gramas ou mais de etanol para os homens, e 24 gramas ou mais para as mulheres. A dependência de álcool foi caracterizada pelo questionário CAGE. Análises bivariadas e multivariadas dos dados foram realizadas a partir de Modelos de Regressão de Poisson. Todas as análises foram estratificadas por sexo. RESULTADOS: Em 1.646 adultos entrevistados, a prevalência de consumo abusivo de álcool foi de 52,9% no sexo masculino e 26,8% no sexo feminino. Quanto à dependência de álcool, foram observadas duas ou mais respostas positivas no teste CAGE em 14,8% dos homens e em 5,4% das mulheres que relataram consumir álcool. Isto corresponde a uma prevalência populacional de dependência de 10,4% nos homens e 2,6% nas mulheres. O consumo abusivo de álcool no sexo masculino apresentou associação inversa à faixa etária e associação direta à escolaridade e ao tabagismo. No sexo feminino, observou-se associação direta do consumo abusivo de álcool com a escolaridade e o tabagismo, e com as situações conjugais sem companheiro. A dependência de álcool no sexo masculino associou-se a não exercer atividade de trabalho e à baixa escolaridade. No sexo feminino não houve associação do CAGE com nenhuma das variáveis estudadas. CONCLUSÕES: Pela alta prevalência de consumidores e dependentes, é essencial a identificação dos segmentos sociodemográficos mais vulneráveis ao consumo abusivo e dependência de álcool. As associações entre a dependência/abuso e não estar exercendo atividade de trabalho, no sexo masculino, e a maior prevalência em mulheres de escolaridade universitária, sugerem componentes para programas de intervenção e controle.

    Abstract in English:

    OBJETIVE: To investigate alcohol abuse and dependence in adults aged 20-59 years, in the State of São Paulo, Brazil, according to demographic and socio-economic characteristics. METHODS: Cross-sectional household survey carried out in four areas of the State of São Paulo, Brazil. The CAGE questionnaire was used to investigate alcohol dependence. Alcohol abuse was defined as daily consumption of at least 30 grams of alcohol for men and 24 grams for women. Bivariate and multivariate Poisson regression analyses were performed to detect associations and high-risk groups. All analyses were stratified by gender. RESULTS: 1,646 adults were interviewed. The prevalence of alcohol abuse was 52.9% among men and 26.8% in women. With a CAGE cutoff point > 2, alcohol dependence was found in 14.8% of male drinkers and 5.4% of female drinkers. These proportions correspond to a population prevalence of alcohol addiction of 10.4% in men and 2.6% in women. With regard to alcohol abuse, in men, it was negatively associated with age and directly associated with schooling and smoking. In women, alcohol abuse was also associated with schooling and smoking, and with living without a partner. In men, a significant association was found between alcohol dependence and lower schooling levels. Unemployment was also significantly associated with alcohol dependence in men. No overall association was found in alcohol dependence in women. CONCLUSIONS: Our data revealed high prevalences of alcohol abuse and dependence. The association of alcohol abuse with higher schooling and the finding of alcohol dependence among unemployed men suggest elements for intervention and control policies.
  • Anemia in recyclable waste pickers using human driven pushcarts in the city of Santos, southeastern Brazil Artigos Originais

    Rozman, Mauro Abrahão; Azevedo, Cezar Henrique de; Jesus, Rafaella Rodrigues Carvalho de; Moldero Filho, Rubens; Perez Junior, Valmir

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Estimar a prevalência de anemia e analisar os fatores de risco a ela associados nos catadores de material reciclável que utilizam carrinho de propulsão humana do município de Santos - São Paulo. MÉTODO: Estudo transversal com 253 catadores foi realizado em julho de 2005. A coleta de informações foi feita por meio de questionário com informações sobre características individuais, ocupacionais e dietéticas. Foi realizada avaliação antropométrica e coletado sangue venoso para hemograma completo e sorologias de HIV, HCV, HBV e sífilis. A análise estatística foi feita por análise uni e multivariada (regressão logística), relacionando a anemia aos fatores de risco. RESULTADOS: A prevalência de anemia foi de 38,3%. As variáveis que mostraram associação independente com anemia no modelo multivariado foram: sexo (OR 4,11; IC95%: 1,56-10,87), infecção pelo HIV (OR 9,23; IC95%: 2,93-29,1), IMC (OR 0,21; IC95%: 0,07-0,64), anos de trabalho como catador (OR 4,54; IC95%: 1,29-16,0), consumo de leite (OR 0,36; IC95%: 0,16-0,81) e de proteína animal (OR 0,39; IC95%: 0,15-0,97). CONCLUSÃO: A prevalência de anemia entre catadores de material reciclável é elevada mesmo após a obrigatoriedade de adição de ferro nas farinhas de trigo e milho. Os catadores são excluídos das ações de proteção à saúde do trabalhador, previstas na legislação. Ações de saúde dirigidas a essa categoria profissional devem ser implementadas, garantindo a acessibilidade aos serviços de saúde.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To assess the prevalence of anemia and describe associated risk factors in recyclable waste pickers using human-driven pushcarts in the city of Santos. METHODS: A cross-sectional study including 253 recyclable waste pickers was conducted in the city of Santos, southeastern Brazil, in July 2005. A questionnaire was used to collect information about individual, occupational, and dietary factors. All subjects underwent an anthropometric evaluation and venous blood was drawn for complete blood count and serological testing for HIV, HCV, HBV, and syphilis. Statistical analysis included univariate and multivariate (logistic regression) analyses testing for the association between anemia and risk factors. RESULTS: The prevalence of anemia was 38.3%. Variables independently associated with anemia in the multivariate model were: gender (OR 2.8; 95% CI: 1.25-6.5), HIV infection (OR 6.45; 95% CI: 2.11-21.06), BMI (χ2 for trend, p < 0.01), length of time working as a picker (χ2 for trend, p < 0.01), and consumption of milk (χ2 for trend, p < 0.01) and animal protein (OR 0.30; 95% CI: 0.13-0.68). CONCLUSIONS: The prevalence of anemia among recyclable waste pickers is high even after the compulsory addition of iron to wheat and corn flours. Waste pickers have not benefited from the actions for workers' health protection established by law. Health actions targeting this occupational category should be implemented to ensure their access to health services.
  • Particulate matter (PM2.5) of biomass burning emissions and respiratory diseases in the south of the Brazilian Amazon Artigos Originais

    Silva, Ageo Mário Cândido da; Mattos, Inês E.; Freitas, Saulo R.; Longo, Karla M.; Hacon, Sandra S.

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: Analisar espacialmente o efeito da exposição ao material particulado (PM2.5) na ocorrência de doenças do aparelho respiratório de crianças de um a quatro anos e de idosos com sessenta e cinco anos ou mais nos municípios do Estado de Mato Grosso em 2004. MÉTODOS: Trata-se de um estudo ecológico em duas etapas. A primeira foi uma investigação da autocorrelação espacial global da prevalência de internações por doenças respiratórias e do percentual de horas críticas de concentração do material particulado nos municípios do estado de Mato Grosso, empregando-se o método bayesiano empírico para minimização das flutuações aleatórias dos indicadores e a estatística Moran "global". A segunda, uma regressão múltipla espacial, teve como variáveis resposta a prevalência de internações por doenças respiratórias, e como variável de exposição o percentual de horas críticas anuais. Para ajuste, foram utilizadas variáveis proxies de poluição do ar, variáveis de atenção à saúde e de condições de vida da população. RESULTADOS: Não foram observados padrões espaciais globais de prevalência de doenças respiratórias em grupos sensíveis nos municípios, mas evidenciou-se elevada dependência espacial do percentual de horas críticas anuais de concentração do material particulado. Na regressão múltipla, foram observadas associações estatisticamente significativas entre a prevalência de internações por doenças respiratórias e o percentual de horas críticas anuais de material particulado. CONCLUSÕES: As emissões de material particulado originadas de queimadas na Amazônia Legal estão relacionadas à prevalência de internações por doenças respiratórias em grupos populacionais sensíveis nos municípios do Estado de Mato Grosso.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: To analyze the morbidity of patients with respiratory diseases and the effect of exposure to particulate matter (PM2.5) on the occurrence of these diseases in children from one to four years of age and adults aged to 65 years and older in municipalities of the state of Mato Grosso, Brazil, in 2004. METHODS: Ecological study in two stages: The first was an investigation of the global space autocorrelation of the prevalence of hospital admissions due to respiratory diseases and percentage of critical hours of concentration of particulate matter in the municipalities of the state of Mato Grosso, using the Empirical Bayes Smoothing function to minimize random fluctuations of indicators and Global Moran's I. The second, a Multiple Spatial Regression Analysis, had the prevalence of hospital admissions due to respiratory diseases as the outcome variable and the annual percentage of critical hours as independent variable. In order to fit the model, proxy variables of air pollution, population healthcare and living conditions variables were used. RESULTS: No global spatial patterns were observed for hospital admissions due to respiratory diseases in the municipalities; however, a high spatial dependence of the annual percentage of critical hours was detected. In the Multiple Spatial Regression, the models presented significant associations between the annual percentage of critical hours and numbers of hospital admissions due to respiratory diseases. CONCLUSION: We noted that intense production of particulate matter resulting from burning in the 'Legal Amazon' can increase the occurrence of respiratory diseases in vulnerable groups in the municipalities of the state of Mato Grosso, which belongs to the Brazilian Amazon.
  • Factors associated to the adequate consumption of fruits and vegetables in adults from Florianópolis, Southern Brazil Artigos Originais

    Campos, Vanessa Caroline; Bastos, João Luiz; Gauche, Heide; Boing, Antonio Fernando; Assis, Maria Alice Altenburg de

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: O consumo adequado de frutas, legumes e verduras é considerado um importante fator na redução da incidência de doenças cardiovasculares e determinados tipos de câncer. OBJETIVO: Estimar a prevalência do consumo adequado de frutas, legumes e verduras e fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal com amostra probabilística de adultos (N = 1.890), residentes em domicílios com linhas telefônicas fixas em Florianópolis, 2005. O desfecho foi o consumo adequado de frutas, legumes e verduras, definido pela frequência diária de cinco ou mais vezes de consumo destes alimentos. Os resultados das análises multivariáveis para associação entre consumo adequado e variáveis independentes foram expressos como razão de prevalência. RESULTADOS: A prevalência do consumo adequado de frutas, legumes e verduras foi de 21,9% (25,0% mulheres e 18,7% homens). Entre as mulheres, maiores prevalências de consumo adequado foram associadas ao aumento da faixa etária, ao fato de não trabalhar (RP = 1,5; IC 95%: 1,1; 2,0), ter estado de saúde bom ou excelente (RP = 1,4; IC 95%: 1,0; 1,8) e ao não tabagismo (RP = 1,3; IC 95%: 1,0; 1,9). Entre os homens, maior prevalência de consumo adequado foi observada para os que relataram ser casados (RP = 1,9; IC 95%: 1,2; 3,0) e não ter excesso de peso (RP = 1,9; IC 95%: 1,3; 2,7). Em ambos os sexos o consumo adequado apresentou associação com atividade física no lazer (mulheres RP = 1,5; IC 95%: 1,2; 1,9; homens RP = 1,8; IC 95%: 1,1; 2,8). CONCLUSÕES: Intervenções visando aumentar este consumo devem levar em consideração as diferenças observadas entre os sexos.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The adequate consumption of fruits and vegetables is regarded as an important factor for the reduction in the incidence of cardiovascular diseases and specific types of cancer. Objective: To estimate the prevalence of adequate consumption of fruits and vegetables and associated factors. METHODS: A cross-sectional study with a random sample of adults (N = 1,890) from Florianopolis (Southern Brazil), living in households with a fixed telephone line in 2005. The study outcome was the adequate consumption of fruits and vegetables defined as the frequency of consumption of five or more times/day. Multivariate analysis of the association between adequate consumption and independent variables was expressed as prevalence ratios. RESULTS: The prevalence of adequate consumption of fruits and vegetables was 21.9% (25.0% among women and 18.7% among men). Among women, higher frequencies of adequate consumption was associated with age, not currently working (PR = 1.5; 95%CI: 1.1, 2.0), health status perceived as good or excellent (PR = 1.4; 95%CI: 1.0, 1.8), and never having smoked (PR = 1.3; IC 95%: 1.0, 1.9). Men who were married (PR = 1.9; 95%CI: 1.2, 3.0) and who showed no overweight (PR = 1.9; 95%CI: 1.3, 2.7) were more likely to report adequate consumption. For both sexes the adequate consumption was associated with leisure time physical activity (women PR = 1.5; 95%CI 1.2, 1.9; men PR = 1.8; 95%CI 1.1; 2.8). CONCLUSIONS: Health interventions aimed at increasing the consumption of fruits and vegetables should take into account the above mentioned sex differences.
Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revbrepi@usp.br