Revista Brasileira de Epidemiologia, Volume: 14, Issue: 3, Published: 2011
  • Evaluation of the Brazilian surveillance system for adverse events following vaccination Artigos Originais

    Monteiro, Sandra Aparecida Moreira Gomes; Takano, Olga Akiko; Waldman, Eliseu Alves

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: Descrever e avaliar o Sistema brasileiro de vigilância passiva de eventos adversos pós-vacinação (SPVEAPV). MÉTODOS: A descrição e avaliação do SPVEAPV fundamentaram-se nas notificações de eventos adversos pós-vacina Tetravalente ou DTwP/Hib - vacina adsorvida difteria, tétano, pertussis e Haemophilus influenzae b (conjugada) - (EAPV-T), durante o período de 2002 a 2005. Empregou-se a metodologia proposta pelo Centers for Disease Control and Prevention. RESULTADOS: O SPVEAPV apresenta abrangência nacional, tem por objetivos identificar e padronizar condutas frente a casos de eventos adversos pós-vacinação (EAPV) e identificar lotes reatogênicos. A vigilância é útil, simples e flexível, sua sensibilidade é baixa, superestima os eventos mais graves, mas descreve de forma consistente os EAPV-T, identificando a convulsão, a febre e o episódio hipotônico-hiporresponsivo como os mais frequentes, apontando a maior proporção de EAPV na primeira dose (49,7%) e nas primeiras seis horas após a vacinação (72,8%); é útil ao subsidiar decisões e investigações complementares; 46,1% das notificações são feitas até 10 dias após a vacinação; sua completude varia de 70% a 90%, conforme o item. CONCLUSÕES: O SPVEAPV mostra-se útil no monitoramento da segurança da vacina DTwP/Hib, sendo, porém, recomendável a incorporação de novas metodologias como a de municípios e/ou hospitais sentinelas e a de sistemas informatizados de registros de imunização com a finalidade de elevar sua sensibilidade.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: To describe and evaluate the Brazilian system of passive surveillance of adverse events following immunization (PSAEFI). METHODS: The description and evaluation of PSAEFI were undertaken using the reported cases of adverse events following immunization with DTwP-Hib vaccine (AEFI-T), during the period from 2002 to 2005, using the Centers for Disease Control methodology. RESULTS: The PSAEFI system, which provides national coverage, is designed to standardize practices in cases of adverse events following immunization (AEFI) and to identify highly reactogenic lots of vaccine. The PSAEFI system proved its usefulness, simplicity and flexibility; despite low sensitivity, overestimate the proportion of sever events, but it consistently described AEFI-T, identifying fever, convulsions and hypotonic-hyporesponsive episodes as the most common events. It showed that 49.7% of AEFI-T occur after the first dose, and that 72.8% occur within the first six hours after vaccination. It facilitates public health decisions and epidemiological investigations. It is timely, 46.1% of all AEFI-T being reported within 10 days after vaccination and its completeness ranges from 70 to 90%, depending on the item evaluated. CONCLUSIONS: The PSAEFI system proved useful for monitoring DTwP-Hib vaccine safety. We recommended the incorporation of new methodologies, such the use of sentinel cities/hospitals and computerized immunization registries in order to increase its sensitivity.
  • A socio-economic profile of exposed populations to petroleum exploration residues Artigos Originais

    Corrêa, Gyselle Guimarães; Malhão, Thainá Alves; Asmus, Carmen Ildes Rodrigues Fróes; Coeli, Cláudia Medina

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: A Macrorregião Ambiental Cinco (MRA-5) está situada no Rio de Janeiro. Seus municípios vêm sofrendo as consequências da acelerada urbanização, especialmente após a descoberta de grandes reservas de petróleo e gás natural (PGN) na Bacia de Campos. OBJETIVO: Descrever o perfil socioeconômico dessa região e comparar os seus indicadores no espaço e no tempo. MÉTODOS: Trata-se de um estudo ecológico, onde se realizaram comparações entre os 11 municípios da MRA-5, baseadas no comportamento dos indicadores antes e após o incremento dos royalties e participações especiais (RPE); e na divisão das zonas de produção de PGN (zona de produção principal - ZPP - e zona limítrofe à ZPP - ZLZPP). O período de análise dos indicadores variou de 1991 a 2005. RESULTADOS: Valores mais elevados do Produto Interno Bruto per capita foram encontrados nos municípios da ZPP, especialmente Macaé. O mesmo ocorreu nos RPE per capita, destacando-se Rio das Ostras (maior valor) e Nova Friburgo (menor valor). Em 2004, mais de 50% das receitas totais dos municípios eram dependentes dos recursos provenientes dos royalties. Em 2000, Nova Friburgo apresentou o melhor Índice de Desenvolvimento Humano. Quanto ao Índice de Qualidade dos Municípios Potencial para o Desenvolvimento, o maior valor foi encontrado em Macaé. Os maiores Índices de Exclusão Social foram encontrados em Macaé, Nova Friburgo e Rio das Ostras. CONCLUSÃO: Verificou-se, nos municípios da ZPP, um crescimento econômico excludente com grande dependência dos royalties. Deve-se investir em atividades econômicas alternativas para que não haja prejuízos à população com o término desses recursos.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Environmental Macro-Area Five (EMA-5) is located in Rio de Janeiro. Their municipalities are suffering the consequences of rapid urbanization, especially after the discovery of large reserves of petroleum and natural gas (PNG) in the Campos Basin. OBJECTIVE: To describe the socio-economic profile of the region and compare their indicators in space and time. METHODS: This is an ecological study, which made comparisons between the 11 municipalities of EMA-5. It is based on the behavior of the indicators before and after the increase in royalties and special participatioms (RPE) and the division of the production areas of PNG (main production area - MPA - and the border zone of MPA, BZMPA). The period of analysis of the indicators ranged from 1991 to 2005. RESULTS: Higher values of gross domestic product per capita were found in the municipalities of MPA, especially Macaé. The same occurred in the RPE per capita, especially Rio das Ostras (higher value) and Nova Friburgo (lower value). In 2004, more than 50% of total revenues of municipalities were dependent on the funds derived from royalties. In 2000, Nova Friburgo had the best Human Development Index. The highest value of the Quality Index of Municipalities Potential for Development was found in Macaé. The major indexes of Social Exclusion was found in Macaé, Nova Friburgo and Rio das Ostras. CONCLUSION: It was found, in the municipalities of MPA, economic growth with great exclusive reliance on royalties. It should invest in alternative economic activities for which there is no damage to the population with the completion of these resources.
  • Migration and Hansen's disease in Mato Grosso Artigos Originais

    Magalhães, Maria da Conceição Cavalcanti; Santos, Emerson Soares dos; Queiroz, Maria de Lourdes de; Lima, Messias Lucas de; Borges, Rita Christina Martins; Souza, Maria Silva; Ramos, Alberto Novaes

    Abstract in Portuguese:

    Trabalhos de geografia médica sobre hanseníase discutem o papel da ocupação dos territórios como fundamento da permanência de focos leprógenos. No Brasil, os Estados que apresentam as mais altas taxas de detecção, historicamente, se localizam na região amazônica, o que evidencia uma desigual evolução regional da doença. Este trabalho analisa a evolução da hanseníase contextualizando os processos migratórios que ocorreram no Estado de Mato Grosso a partir da segunda metade do século XX. O crescimento econômico ocorrido no Estado nas décadas de 1970, 1980 e 1990 provocou taxas de crescimento populacional maiores que a média nacional. Os dados analisados permitem uma associação entre o crescimento e dispersão dos coeficientes de detecção da hanseníase com o processo de ocupação do território mato-grossense. Entretanto, a permanência da hanseníase em municípios da Baixada Cuiabana, assim como em outros municípios que sofreram perda de população, parece apontar a existência de contextos geográficos de diferentes vulnerabilidades à produção social da doença. A migração explicaria a instalação e evolução da hanseníase, entretanto consideramos que a manutenção da endemia pode estar associada a fatores contextuais relacionados com o ambiente.

    Abstract in English:

    Studies on medical geography about leprosy discuss the role of the detailed report of the occupation of the territories as a basis of the permanence of leprosy focus. In Brazil, the states that present the highest rates of detection historically are in the Amazon region, which shows an uneven regional evolution of the disease. This paper analyzes the evolution of leprosy contextualizing the migratory processes that occurred in the State of Mato Grosso since the second half of the 20th century. The economic dynamism that occurred in the State in the 1970s, 1980s and 1990s caused population growth rates higher than the national average. The data analyzed permitted an association between the evolution of leprosy and the process of occupation of the mato-grossense territory. However, the permanence of leprosy in the municipalities of the Baixada Cuiabana, as well as in other municipalities that lost population, seem to point to the existence of geographic contexts of different vulnerability to the social production of the disease in the tate. The migration would explain the appearance and evolution of leprosy. However, we consider that the maintenance of the endemic can be associated to contextual factors related to environment.
  • Household appliances and food insecurity: gender, referred skin color and socioeconomic differences Artigos Originais

    Marin-Leon, Leticia; Francisco, Priscila Maria Stolses Bergamo; Segall-Corrêa, Ana Maria; Panigassi, Giseli

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD, 2004), foram comparadas as diferenças na prevalência de insegurança moderada/grave em relação à segurança alimentar, e insegurança leve quanto à posse de bens de consumo e outras condições socioeconômicas e demográficas. MÉTODOS: Foram estudados os domicílios particulares permanentes, com rendimento domiciliar per capita de até um salário mínimo, utilizando-se a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar respondida por morador do domicílio (n=51.357). A associação entre as variáveis e a variável dependente (segurança alimentar) foi verificada pelo teste do Χ2 com nível de significância de 5%. Foram calculadas razões de prevalência brutas e intervalos de confiança de 95% e a análise ajustada foi conduzida por meio de regressão múltipla de Poisson, utilizando Stata 8.0, que incorpora as ponderações do desenho amostral com delineamento complexo. RESULTADOS: A renda domiciliar mensal per capita foi a variável com maior força de associação com a segurança alimentar. Tanto em áreas urbanas quanto rurais, foram encontradas elevadas razões de prevalência para insegurança alimentar moderada ou grave nos domicílios chefiados por mulheres, de cor negra, presença no domicílio de seis ou mais moradores, localização metropolitana e com ausência de alguns bens específicos (fogão, filtro, geladeira, freezer, máquina de lavar roupa e telefone celular). Em modelo que incluiu, entre os bens, apenas a posse de geladeira, a maior razão de prevalência ocorreu na renda de até ¼ de salário mínimo, seguindo-se a ausência de posse de geladeira, tanto nos domicílios chefiados por homens brancos, como por negros e mulheres brancas ou negras. Embora os domicílios chefiados por mulheres e por negros apresentem maior insegurança alimentar, as diferenças intragrupais foram maiores em domicílios chefiados por homens brancos e menores nos de mulheres negras. CONCLUSÃO: Em nível nacional e em domicílios com renda de até um salário mínimo, condições socioeconômicas mais precárias estão associadas à insegurança alimentar, sendo a situação agravada naqueles chefiados por mulheres e onde residem pessoas de cor autorreferida como negra. A ausência de bens identifica, entre os pobres, a população mais vulnerável à insegurança alimentar e pode se constituir em indicador complementar, sobretudo em estudos locais, onde há escassez de recursos técnicos para coleta de dados e análises mais sofisticadas.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Data from the National Household Survey 2004 was analyzed to compare differences in prevalence among moderate or severe food insecurity. Also, it was compared food security or mild food insecurity households in relation to the assets and other socioeconomic and demographic conditions of the household. METHOD: Private permanent households, with per capita monthly income of up to one minimum wage and with the Brazilian Food Insecurity Scale answered by a household resident were studied (n=51,357). Association of variables with the dependent variable (food security) was verified using Χ2 test, with 5% significance level. Crude prevalence ratio, respective 95% confidence interval and adjusted analyses were carried out using Poisson multiple regression Stata 8.0. It considers the weights of the complex sampling design of the survey. RESULTS: The per capita monthly household income was the variable with strongest association to food security. Both in urban and rural areas, there were higher risk of moderate or severe food insecurity prevalence ratio when the head of the household was a female, black color, presence of six or more members in the household, metropolitan area and with absence of some specific assets (stove, water filter, refrigerator, freezer, washing machine and cellular phone). In a model that, among assets, included just the refrigerator, it was observed the highest prevalence ratio for household income of up to ¼ of a minimum wage and after this, the absence of refrigerator among households headed by white and black males and white or black female. Although female and black headed households have greater food restriction, internal differences among these groups were higher for households headed by white males and lower for those headed by black females. CONCLUSION: At national level and households with monthly income of up to one minimum age, poor socioeconomic conditions are associated to household food insecurity. This situation is worse among those headed by women and black people. Among poor people, the absence of assets identifies the most vulnerable population to food insecurity and may be used as complementary indicator, mainly in local studies with poor technical resources for data collection and more sophisticated analyzes.
  • Hospital admissions in the hospital health care system, SUS and non-SUS: Brazil, 2006 Artigos Originais

    Moreira, Marizélia Leão; DutilhNovaes, Hillegonda Maria

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo foi descrever as admissões, SUS e não SUS, no Sistema de Serviços Hospitalares no Brasil no ano de 2006, adotando o indivíduo internado como unidade de análise. As fontes dos dados foram o Sistema de Informação Hospitalar (SIH/SUS) e de Comunicação de Internação Hospitalar (CIH) referentes a 2006 e 2007. A identificação do indivíduo foi feita pelo método probabilístico de associações de registros (linkage) e para a composição dos dados da internação aplicaram-se algoritmos de composição nos registros de cobranças e de comunicações das internações. Foram analisadas 12.391.990 internações com ao menos um dia de duração no ano de 2006. A natureza do método probabilístico que encerra certo grau de imprecisão, a adoção de parâmetros conservadores a fim de evitar a inclusão de falsos positivos, tanto quanto a subnotificação da CIH representam as possíveis limitações do estudo. O Sistema de Serviços Hospitalares no Brasil apresentou taxa de hospitalização de 5,6%, sendo 5,0% SUS e 1,6% não SUS, diferenciando-se segundo Unidade da Federação de ocorrência. Os dados das internações não financiadas pelo SUS coletados pela CIH agregam informações importantes para a análise da assistência hospitalar no país. Os dados administrativos do SUS são válidos para análises de internações e os algoritmos de composição dos dados de internação, a partir da cobrança, aprimoram a análise do Sistema de Serviços Hospitalares no Brasil.

    Abstract in English:

    The objective of this study was to analyze admissions in the hospital health care system in Brazil in the year of 2006, starting from the admitted subjects. The initial data were the admissions SUS (SIH), non-SUS (CIH) in 2006 and 2007. The identification of the individual was by probabilistic method of associations of registrations (linkage) and, for the composition of the admission data, specific algorithms were applied to the data. A total of 12,391,990 admissions with at least one day in hospital in the year of 2006 were analyzed. The imprecise nature of the probabilistic method at a certain degree, the adoption of conservative parameters in order to avoid the inclusion of false positive, and the subnotification of CIH represent possible limitations of this study. The Hospital Services System in Brazil presented admission rate of 5.6% in total, 5.0% SUS and 1.6% non-SUS, with differences according to age and region. The non-SUS admissions data collected by CIH give important additional information to the analysis of the hospital utilization in the country. The SUS administrative data are valid for analyses of admissions and the algorithms for admission data composition enhance the analysis of the Hospital Services System in Brazil.
  • Internet behavior survey about the unprotected anal sex with men who have sex with men Artigos Originais

    Brignol, Sandra; Dourado, Inês

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: O sexo anal sem o uso do preservativo masculino é um importante fator de risco para a infecção por HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis. OBJETIVO: Investigar fatores individuais e sociais que se relacionam ao sexo anal desprotegido entre homens que se autodeclararam HIV negativos e que fizeram sexo anal com parceiros HIV positivos ou de sorologia desconhecida. METODOLOGIA: Este estudo é parte de um inquérito sociocomportamental entre homens que fazem sexo com homens (HSH), a coleta de dados foi on-line no site do projeto Convida. A amostra deste estudo foi de 487 HSH. A análise descritiva precedeu a análise bivariada com o uso do teste Χ2. Para a modelagem utilizou-se a regressão logística. RESULTADOS: Praticaram sexo anal desprotegido com parceiro HIV positivo ou de sorologia desconhecida no último ano 30,8% dos participantes, sendo a maioria de classes sociais mais elevadas, brancos e solteiros. Os fatores que se associaram à prática do sexo anal sem proteção foram: ter mais de três parceiros no último ano (OR=1,7; IC95% 1,1-2,7), autopercepção de alto ou médio risco para adquirir HIV/Aids (OR=2,7; IC95% 1,5-3,6) e gostar de sexo oral passivo (OR=0,3; IC95% 0,2-0,8). CONCLUSÃO: O sexo anal desprotegido é uma prática frequente entre os HSH entrevistados. A frequência a banheiros públicos deve ser explorada enquanto fator de risco para o envolvimento no sexo anal sem proteção. Outros estudos on-line são necessários e importantes para o entendimento dessas relações e do envolvimento em práticas sexuais arriscadas para infecção por HIV entre HSH.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Unprotected anal sex (insertive or receptive) is an important risk factor for HIV infection and other STDs. OBJETIVE: The objective was to investigate individual and social factors associated with unprotected anal sex among Men Who have Sex with Men (MSM) that declared being HIV negative and engaged in anal sex with an HIV positive partner or of ignored serology. METHODS: This study is part of a survey among MSM and among Internet users, with data collected from an on line questionnaire in project site. The internet sample for this study was 487 MSM. Descriptive and stratified analyses were carried out and Χ2 test was used. Logistic regression was used for modeling the data. Results: Among the participants 30.8% referred unprotected anal sex in the previous 12 months with an HIV positive partner or partner with unknown serology. Most of them belonged to higher social classes, were white and single. Factors associated with unprotected anal sex were: number of partners (more than 3) in the previous 12 months (OR=1.7; 95% CI 1.1-2.7), high or medium perception of risk to HIV/Aids (OR=2.7; 95% CI 1.5-3.6) and enjoy passive oral sex (OR=0.3; 95% CI 0.2-0.8). CONCLUSION: Unprotected anal sex was a frequent practice among MSM in this survey. The frequency to public bathrooms should be further explored as a risk factor for unprotected anal sex. It is important to further explore these findings in order to understand these relationships and the involvement in risky sexual practices for HIV infection among MSM.
  • Motorcycle couriers: characteristics of traffic accidents in southern Brazil Artigos Originais

    Soares, Dorotéia Fátima Pelissari de Paula; Mathias, Thais Aidar de Freitas; Silva, Daniela Wosiack da; Andrade, Selma Maffei de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: conhecer características dos acidentes de trânsito ocorridos com motoboys nos municípios de Londrina e Maringá, Estado do Paraná. MÉTODOS: Foram considerados 327 motoboys que relataram, em 2005/2006, acidentes de motocicleta nos 12 meses anteriores à pesquisa (147 de Londrina e 180 de Maringá). RESULTADOS: Dos entrevistados, 39,6% relataram mais de um acidente de trânsito. Os acidentes foram percebidos como graves por 21,4% dos motoboys e 56,3% relataram conhecer motoboy afastado do trabalho por acidente. A maioria dos acidentes (82,9%) ocorreu durante o trabalho. Foram observadas diferenças significativas, entre os municípios, para condições climáticas (p=0,013), período do dia (p=0,002), atendimento pré-hospitalar (p=0,032) e necessidade de internação hospitalar (p<0,001). CONCLUSÃO: A alta incidência e reincidência de acidentes de trânsito reforçam a susceptibilidade dos motoboys a esses eventos e a necessidade de estratégias e políticas específicas de prevenção.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: This study aimed at understanding characteristics of traffic accidents with motorcycle couriers in the cities of Londrina and Maringá, in the State of Paraná (Brazil). METHODS: A total of 327 couriers who reported, in 2005/2006, motorcycle accident in the previous 12 months took part in the study (147 in Londrina and 180 in Maringá). RESULTS: Of all the interviewed, 39.6% reported more than one traffic accident. The accidents were perceived as serious by 21.4% of them and 56.3% reported knowing a convalescing courier due to a traffic accident. Most injuries (82.9%) occurred during work hours. Significant differences were observed between the cities concerning climatic conditions (p=0.013), time of the day (p=0.002), pre-hospital care (p=0.032) and hospital admission (p<0.001). CONCLUSION: The high incidence and the recurrence of traffic accidents highlight the susceptibility of motorcycle couriers to these events and the need for strategies and specific prevention policies.
  • Traffic related air pollution and population health: a review about São Paulo (SP), Brazil Artigos Originais

    Toledo, Giovana Iara Ferreira Moser de; Nardocci, Adelaide Cássia

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: A poluição do ar é um problema importante para o município de São Paulo, cuja maior fonte são os veículos. Cerca de 11 milhões de habitantes estão expostos a essa poluição. OBJETIVO: Analisar os estudos realizados sobre a poluição do ar e seus efeitos na saúde da população do município de São Paulo e sobre métodos de avaliação da exposição à poluição relacionada ao tráfego. MÉTODOS: Foi realizado um levantamento bibliográfico com os descritores "air pollution", "São Paulo" e "traffic-related air pollution". RESULTADOS: Foram obtidos vários estudos que verificaram relações entre a poluição do ar no município de São Paulo e problemas respiratórios e cardiovasculares, crescimento fetal, aumento na mortalidade e hospitalizações, particularmente em idosos e crianças. Para estimativa da exposição, a maioria destes estudos considera a distribuição isotrópica dos poluentes para toda a área, o que impede a avaliação da influência do tráfego. Vários métodos têm sido utilizados para avaliação da exposição da população à poluição relacionada ao tráfego, os quais podem ser utilizados isoladamente ou em conjunto. Acredita-se que a associação de modelos para cálculo das concentrações de poluentes a métodos de georreferenciamento seja a abordagem adequada para o município de São Paulo. As vantagens do uso destes métodos são a capacidade de identificar situações e áreas prioritárias, obtenção de informações detalhadas para adoção de medidas ou políticas públicas e a simulação de diferentes cenários. CONCLUSÃO: A aplicação destes métodos, em estudos no município de São Paulo, depende da melhoria dos dados de entrada dos modelos, o aprimoramento da rede de monitoramento do ar e de condições meteorológicas e dados do volume de tráfego.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Air pollution is an important problem for São Paulo city and vehicles are the main source. About 11 million people are exposed to this pollution. OBJECTIVE: To examine studies realized about air pollution and its effects on health of the population of São Paulo (Brazil) and methods of assessing exposure to pollution related to traffic. METHODS: We performed a literature review using the keywords "air pollution", "São Paulo", and traffic-related air pollution. RESULTS: As results were obtained several studies that found relation between air pollution in São Paulo and respiratory and cardiovascular problems, fetal growth, increased mortality and hospitalizations, particularly in children and elderly people. In order to estimate the exposure, most of these studies consider the isotropic distribution of pollutants throughout the area, what prevents the evaluation of and the influence of traffic. Several methods have been used to analyze the air traffic exposure, which can be used isolated or combined. It is believed that the combination of models used to calculate pollutant concentrations to methods of georeferencing is the most appropriate approach for similar studies in São Paulo. The advantages of these methods are the ability to identify priority areas and situations, obtaining detailed information for adoption of public policies or measures, and to simulate different scenarios. CONCLUSION: The application of these methods in studies at São Paulo depends on the improvement of input data, air quality meteorological monitoring net enhancement and data of traffic volume.
  • Desafios na definição da idade gestacional em estudos populacionais sobre parto pré-termo: o caso de um estudo em Campina Grande (PB), Brasil Artigos Originais

    Assunção, Paula Lisiane de; Novaes, Hillegonda Maria Dutilh; Alencar, Gizelton Pereira; Melo, Adriana Suely de Oliveira; Almeida, Marcia Furquim de

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: A prevalência de nascimento pré-termo vem aumentando nos últimos anos e é atualmente um problema de saúde pública mundial. Em qualquer tipo de estudo epidemiológico, o grande desafio a ser enfrentado no estudo do parto pré-termo é a padronização da aferição da idade gestacional (IG) dos nascimentos. OBJETIVO: Descrever os métodos utilizados para a definição da amostra a ser estudada e seleção dos eventos em estudo caso-controle dos fatores de risco para nascimento pré-termo de partos hospitalares de mães residentes no município de Campina Grande (PB), Brasil. MÉTODOS: O desenho foi um caso-controle de base populacional, realizado no período de junho de 2008 a maio de 2009. Os casos foram nascidos com menos de 37 semanas gestacionais e os controles com 37 semanas ou mais. A idade gestacional foi definida em semanas utilizando-se critérios de seleção baseados na acurácia da estimativa. Foram realizadas entrevistas com as mães e coleta de registros hospitalares. RESULTADOS: Foram selecionados 341 casos e 424 controles; 13,19% foram classificados como pré-termos extremos (<28 semanas), 34,87% como muito pré-termo (<33 semanas) e 65,10% como pré-termos moderados (33 a 36 semanas gestacionais). Entre os controles, o percentual de nascidos de 37 a 39 semanas foi de 58,02 e 5,90% foi de nascidos pós-termo (>42 semanas). CONCLUSÃO: As estratégias adotadas mostraram-se viáveis, mesmo em um contexto com maiores limitações na obtenção das informações necessárias, dado que o perfil dos pré-termos, na distribuição da IG, se mostrou comparável a estudos com metodologias mais acuradas.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The prevalence of preterm birth has increased in recent years and it is currently a worldwide public health problem. In any epidemiological study, the greatest challenge facing the study of preterm delivery is to standardize the measurement of gestational age births. OBJECTIVE: To describe the methods used to define the sample under study and selection of events in case-control studies of risk factors for preterm birth in hospital births by mothers living in the city of Campina Grande (PB), Brazil. METHODS: The design was a case-control population-based, which was conducted from June 2008 to May 2009. The cases were born at less than 37 weeks of gestation and controls at 37 weeks or more. Gestational age in weeks was defined using selection criteria based on the accuracy of the estimate. Interviews were conducted with mothers and collection of hospital records. RESULTS: It was selected 341 cases and 424 controls, 13.19% were classified as extremely preterm (<28 weeks), 34.87% as very preterm (<33 weeks) and 65.10% as moderate preterm (33 to 36 weeks of gestation). Among controls, the percent of children born 37-39 weeks was 58.02 to 5.90% was born post term (>42 weeks). CONCLUSION: The strategies shown to be viable, even in a context with major limitations in obtaining the necessary information, given that the profile of preterm infants, the distribution of gestational age were comparable to studies with more accurate methods.
  • Early diagnosis and correlations of sexually transmitted infections among women in primary care health services Artigos Originais

    Luppi, Carla Gianna; Oliveira, Rute Loreto Sampaio de; Veras, Maria Amélia; Lippman, Sheri A.; Jones, Heidi; Jesus, Christiane Herold de; Pinho, Adriana A.; Ribeiro, Manoel Carlos; Caiaffa-Filho, Hélio

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) em mulheres permanecem um desafio para a Saúde Pública: elevada prevalência, dificuldade para implantação de estratégias de diagnóstico precoce e elevada ocorrência de sequelas. OBJETIVO: Identificar a prevalência de IST em usuárias de um serviço de atenção primária à saúde em São Paulo. MÉTODOS: Mulheres de 18 a 40 anos foram convidadas para realizar autocoleta de secreção vaginal para a detecção de Chlamydia trachomatis, Neisseria gonorrhoeae e Trichomonas vaginalis por meio de Reacão em Cadeia da Polimerase (PCR). As mulheres também responderam a um questionário com questões demográficas e relativas à história sexual face a face ou autoaplicado por meio de um computador. RESULTADOS: Das 781 mulheres incluídas no estudo, as prevalências obtidas foram: Chlamydia trachomatis (8,4%), Neisseria gonorrhoeae (1,9%) e Trichomonas vaginalis (3,2%). A positividade para pelo menos uma das três IST foi de 13%. As variáveis associadas independentemente com maior risco de IST foram: idade menor que 20 anos, mais de dois parceiros sexuais na vida e percepção de risco para IST; o uso de preservativo como método contraceptivo foi um fator protetor. CONCLUSÃO: A prevalência encontrada em usuárias indica a necessidade da implantação de estratégias de rastreamento de IST em serviços de atenção primária.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Sexually Transmitted Infections (STIs) in women remain a public health challenge due to high prevalence, difficulties to implement early diagnosis strategies and high rates of complications. OBJECTIVE: Identify the prevalence of STIs among users of a primary health care clinic in São Paulo. METHODS: Women, 18 to 40 years of age, were invited to self-collect vaginal specimens to be tested for Chlamydia trachomatis, Neisseria gonorrhoeae, and Trichomonas vaginalis by Polymerase Chain Reaction (PCR). Women were also invited to answer a demographic and sexual history questionnaire, either on the computer or face-to-face. RESULTS: The prevalence of STIs obtained from the 781 women included in the study was: Chlamydia trachomatis: 8.4%, Neisseria gonorrhoeae: 1.9%, and Trichomonas vaginalis: 3.2%. Thirteen percent tested positive for at least one out of the three STIs. The variables associated independently with a higher risk of STIs were: age under 20-years-old, more than two lifetime sexual partners, and self-perception of STI risk. The use of condoms as a contraceptive method proved to be a protective factor. CONCLUSION: The high prevalence found among these women indicates the need for the implementation of STI screening strategies in primary care settings in Brazil.
  • Tuberculosis treatment drop out prevalence and associated factors in Sapucaia do Sul County (RS), Brazil, 2000-2008 Artigos Originais

    Heck, Maria Antonia; Costa, Juvenal Soares Dias da; Nunes, Marcelo Felipe

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Estabelecer a prevalência de abandono do tratamento da tuberculose e fatores associados nos pacientes que ingressaram no Programa de Controle de Tuberculose do município de Sapucaia do Sul (RS), entre 2000 e 2008. MÉTODO: Foi realizado estudo transversal com base em dados notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação da Secretaria Municipal de Saúde . RESULTADOS: Dos 632 casos incluídos no estudo, 65 (10,3%; IC 95% 7,9-12,7) foram classificados como abandono do tratamento. Entre 2000 e 2004, a prevalência de abandono foi de 12,7% (IC 95% 9,1-16,2) e no período de 2005 a 2008 diminuiu para 7,0% (IC 95% 4,0-9,9). A análise bruta mostrou associação com sexo, idade e presença de AIDS. A análise ajustada, através da regressão de Poisson, não mostrou diferenças estatisticamente significativas entre as variáveis independentes. CONCLUSÕES: A análise mostrou uma redução das prevalências de abandono do tratamento a partir da criação do Programa Municipal de Controle da Tuberculose, a partir de 2005, embora os intervalos de confiança tenham apresentado superposição. Ainda assim, a prevalência de abandono foi considerada alta e situou-se acima da meta de 5%, pactuada entre os níveis de governo.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To estimate the Tuberculosis treatment drop out prevalence and the variables associated in the patients registered in the Tuberculosis Control Program in Sapucaia do Sul (Brazil), between 2000 and 2008. METHOD: A cross-sectional study was conducted, which was based on the notified data in Information System for Disease Surveillance of the City Health Secretariat. RESULTS: From the 632 cases included in the study, 65 (10.3%; CI95%=7.9-12.7) were classified as treatment abandonment. Between 2000 and 2004, the prevalence of noncompliance was 12.7% (95%CI=9.1-16.2), and in the period 2005 to 2008 decreased to 7.0% (95%CI=4.0-9.9). In the crude analysis, we find association with sex, age and AIDS presence. The adjusted analysis with the Poisson regression didn't show significant differences between the independent variables. CONCLUSION: The analysis showed reduction in the prevalence of noncompliance with the creation of Tuberculosis Control Program, from 2005, although the confidence intervals are shown superimposed. Still, the prevalence of noncompliance was high and stove above the 5% target, agreed between levels of government.
  • Latent tuberculosis among professionals with and without direct contact with inmates of two penitentiaries in the state of São Paulo, Brazil, 2008 Artigos Originais

    Nogueira, Péricles Alves; Abrahão, Regina Maura Cabral de Melo; Galesi, Vera Maria Neder

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Para grupos de pessoas que permanecem confinadas, principalmente em presídios, a tuberculose sempre foi um grave problema de saúde, devido a sua transmissão respiratória, colocando em risco os profissionais que trabalham no sistema prisional, especialmente os contatos de detentos. OBJETIVO: Conhecer a prevalência de infecção pelo Mycobacterium tuberculosis entre os profissionais contatos e não contatos de detentos de duas penitenciárias do Estado de São Paulo. MÉTODOS: Este estudo consistiu na aplicação de um questionário individual; aplicação e leitura da prova tuberculínica; baciloscopia e cultura dos escarros, com posterior identificação e teste de sensibilidade às drogas antituberculose das cepas isoladas, no período de março a junho de 2008. RESULTADOS: Foram examinados 277 (48,3%) profissionais dos 574 existentes. Foram aplicados e lidos 248 (89,5%) testes tuberculínicos (PPD-RT23 - 2TU/0,1 mL), sendo que 194 foram em profissionais que trabalhavam diretamente com os detentos, ou seja, eram contatos e 54, em não contatos. Entre os contatos, 62,4% apresentaram enduração maior que 10 mm e entre os não contatos, 38,9% foram reatores ao teste tuberculínico. Não houve exame de escarro positivo na baciloscopia e na cultura, ou seja, não foi identificado nenhum caso de tuberculose doença entre os profissionais, no momento da pesquisa. CONCLUSÃO: Este estudo sugere que os profissionais que têm contato direto com os detentos, têm um risco maior de se infectar pelo M. tuberculosis e adoecer por tuberculose.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: For groups of persons who remain confined, mainly in prisons, tuberculosis has always been a serious health problem, due to its transmission respiratory, putting in risk the professionals that work in a prison, especially the communicants of inmates. OBJECTIVE: To know the infection prevalence for the Mycobacterium tuberculosis among the employees communicating and no communicating of inmates of two prisons of the State of São Paulo. METHODS: This study consisted of the application of an individual questionnaire; application and reading of the tuberculin skin testing (TST); sputum smear examination and culture; identification and drug sensitivity testing; in the period of March the June of 2008. RESULTS: 277 (48.3%) employees of the 574 existent were examined. They were applied and read 248 (89.5%) TST (PPD-RT23 - 2TU/0.1 mL); of them, 194 were in employees that worked directly with the inmates, that is, were communicants and 54 were no communicants. Among the communicants, 62.4% presented induration larger than 10 mm and among the non communicants, 38.9% presented this measure of TST. There was not positive in the sputum smear examination or in the culture, that is, tuberculosis illness case was not identified enters the professionals, at the moment of the research. CONCLUSION: This study suggests that the communicant employees have a larger risk of if they infect for the M. tuberculosis and consequently of being sick of tuberculosis.
  • Population based study on periodontal conditions and socioeconomic determinants in adults in the city of Guarulhos (SP), Brazil, 2006 Artigos Originais

    Frias, Antônio Carlos; Antunes, José Leopoldo Ferreira; Fratucci, Maristela Vilas Boas; Zilbovicius, Celso; Junqueira, Simone Rennó; Souza, Silvia Ferreira de; Yassui, Érika Miti

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Este estudo descreveu a prevalência de condições periodontais e sua associação com variáveis demográficas, socioeconômicas e comportamentais em adultos de 35 a 44 anos residentes no município de Guarulhos, São Paulo, 2006. MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal de base populacional com delineamento amostral por conglomerados. Os inquéritos e os exames foram realizados nos domicílios sorteados. Para avaliação da condição periodontal foi utilizado o índice Community Periodontal Index (CPI). Os dados foram apurados pelo programas EPIINFO 6 e STATA 10. Para o modelo de associação empregou-se a razão de prevalências (RP), calculada por meio de análise de regressão de Poisson, com correção para delineamento de amostras complexas e ponderação pelo peso populacional. RESULTADOS: Foram examinadas 263 pessoas em 237 domicílios. No estudo multivariado, com modelo ajustado para amostras complexas e ponderação populacional, a prevalência de sangramento gengival e cálculo dentário esteve associada significativamente ao fato de ser homem (RP=1,12, p=0,04), fumante (RP=1,11, p=0,01), ter menos de oito anos de estudo (RP=1,14, p=0,01) e não visitar o cirurgião-dentista (CD) há mais de dois anos (RP=1,19, p=0,00). Para a presença de bolsa periodontal, houve associação com adultos que relataram o hábito de fumar (RP=1,71, p=0,02) e apresentavam mais de dois anos sem frequentar o CD (RP=1,97, p=0,03). CONCLUSÃO: Houve maior prevalência (62,7%) de indivíduos com sangramento gengival e cálculo dentário em relação à presença de bolsas periodontais rasas ou profundas (26,6%); as primeiras, reversíveis, têm possibilidades de resolução por meio de procedimentos de atenção básica em saúde bucal.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: This study described the prevalence of periodontal conditions and assessed its association with social, economical and behavioral variables in adults aged 35 to 44 years old, residents in the city of Guarulhos, State of Sao Paulo, 2006. METHODS: This study was a population based survey with cluster sampling. Data collecting and exams were done at houses drew at random. The Community Periodontal Index was used to assess the periodontal condition. Data analysis used EPIINFO 6 and STATA 10 softwares. The assessment of association used the prevalence ratio (PR), as calculated by Poisson regression models with complex sampling and weighted sample adjustments. RESULTS: The total number of people was 263 in 237 domiciles. In the multivariate model, the prevalence of gingival bleeding and dental calculus was significantly associated to being male (PR=1.12, p=0.04), smoking (PR=1.11, p=0.01), school level of less than eight years of study (PR=1.14, p=0.01), and who have not received dental care for more than two years (PR=1.19, p<0.01). As for the presence of periodontal pocket, associated factors were smoking (PR=1.71, p=0.02) and who have not received dental care for more than 2 years (PR=1.97, p=0.03). CONCLUSION: We observed a higher prevalence (62.7%) of individuals with gingival bleeding and dental calculus in relation to the presence of shallow or deep periodontal pockets (26,6%). As shallow pockets are reversible, their treatment may be resolute in programs of primary dental care.
  • Translation and validation for Brazil of the body image scale for adolescents: Offer Self-Image Questionnaire (OSIQ) Artigos Originais

    Conti, Maria Aparecida; Hearst, Norman; Latorre, Maria do Rosário Dias de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Apreciar a equivalência semântica e de mensuração da subescala de imagem corporal do Offer Self Image Questionnaire (OSIQ). MÉTODOS: Participaram 386 adolescentes, na faixa etária de 10 a 18 anos, de ambos os sexos, de uma escola particular de ensino fundamental e médio. Realizou-se tradução, retrotradução, revisão técnica e avaliação do instrumento. Avaliou-se a consistência interna, a validade discriminante e concorrente e a confiabilidade. RESULTADOS: O instrumento apresentou, para a consistência interna, valores que variaram de 0,43 a 0,51 e foi capaz de discriminar os grupos estudados - população total, meninos, meninas, e meninos em fase inicial de adolescência, segundo o estado nutricional (p<0,001; p<0,009; p=0,030; p=0,043, respectivamente). Na validade concorrente, houve correlação significativa entre algumas medidas antropométricas somente para o sexo feminino (r=-0,16 e p=0,021; r=-0,19 e p=0,007); fase inicial (r=-0,23 e p=0,008; r=-0,26 e p=0,003) e intermediária (r=-0,29 e p=0,010) e no reteste confirmou sua confiabilidade por meio da correlação intraclasse. Embora o instrumento tenha comprovado sua capacidade em discriminar os grupos estudados, de acordo com o estado nutricional, os demais resultados foram menos satisfatórios. Mais estudos são necessários para sua adaptação transcultural, com a aplicação de outras escalas comparativas. CONCLUSÃO: A subescala de imagem corporal do OSIQ encontra-se traduzida, no entanto, os resultados apresentados não são promissores, exigindo-se mais estudos.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate the semantic and measure equivalence of the body image sub-scale of the Offer Self Image Questionnaire (OSIQ). METHODS: Participants were 386 teenagers, 10 to 18 years old, both sexes, enrolled in a private school (junior and high school age). Translation, back-translation, technique revision and evaluation were conducted. The Portuguese instrument was evaluated for internal consistency, discriminate and concurrent validity. RESULTS: Internal consistency showed values from 0.43 to 0.54 and was able to discriminate all groups studied - the whole population, boys and girls, and boys in early adolescence, by nutritional status (p<0.001; p<0.009; p=0.030; p=0.043, respectively). Concurrent analyses showed significant correlation with anthropometric measures only for girls (r=-0.16 and p=0.021; r=-0.19 and p=0.007), early adolescence (r=-0.23 and p=0.008; r=-0.26 and p=0.003) and intermediate adolescence (r=-0.29 and p=0.010) and the retest confirmed reliability by the coefficient of interclass correlation. Although the instrument has proven its ability to discriminate between the groups studied by nutritional state, other results were less satisfactory. More studies are necessary for full transcultural adaptation, including the application of other comparative scales. CONCLUSION: The body image sub-scale of the OSIQ was translated, but the results are not promising and require more studies.
  • Mortality by race/color: evidence of social inequalities in Vitória (ES), Brazil Artigos Originais

    Fiorio, Nathalia Modenesi; Flor, Luisa Sorio; Padilha, Monique; Castro, Denise Silveira de; Molina, Maria del Carmen Bisi

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Analisar a mortalidade por causa básica, sexo e raça/cor a partir do sistema de informações sobre mortalidade (SIM), em Vitória (ES), no período de 2003 a 2006. MÉTODOS: Foram calculados e analisados os coeficientes de mortalidade, segundo causa básica e sexo por raça/cor, bem como a idade média e mediana de óbito por causa básica, sexo e raça/cor. Foi calculado o risco relativo (RR) por sexo, idade e causa básica (p<0,05 e IC 95%). RESULTADOS: A completitude da variável raça/cor no SIM variou de 1% em 1996 para 81% em 2006. Foi observado maior RR de óbito entre negros para transtornos mentais e comportamentais (RR=9,29), causas mal definidas (RR=8,71) e causas externas (RR=5,71). Entre mulheres negras, as causas externas apresentaram maior RR (2,38). Foi encontrada uma variação de até 33 anos na idade mediana do óbito entre brancos e negros. Conclusão: Este estudo reitera a existência de desigualdades raciais/étnicas na mortalidade, destacando-se a mortalidade por transtornos mentais e causas externas, além da mortalidade precoce que ocorre na população negra.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To analyze mortality by cause and sex among groups of race or color from the mortality information system (MIS) in Vitória (Brazil), in the period from 2003 to 2006. METHODS: We calculated and analyzed the mortality rates according to underlying cause, sex and race/color, and the mean and median age of death by underlying cause, sex and race. We calculated the relative risk (RR) for age, sex and underlying cause (p<0.05 and CI 95%). RESULTS: The completeness of race/color in SIM ranged from 1% in 1996 to 81% in 2006. There was a greater RR of death among blacks for mental and behavioral disorders (RR=9.29), Ill-defined causes (RR=8.71), and external causes (RR=5.71). For black women, we highlight the external causes (RR=2.38). We found a variation of up to 33 years (nervous system) between whites and blacks. CONCLUSION: This study confirms the existence of unequal racial/ethnic mortality, highlighting the mortality from mental disorders and external causes, in addition to early mortality that occurs in the black population.
Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revbrepi@usp.br