• Ilheus arbovirus in wild birds (Sporophila caerulescens and Molothrus bonariensis) Artigos Originais

    Pereira, Luiz Eloy; Suzuki, Akemi; Coimbra, Terezinha Lisieux Moraes; Souza, Renato Pereira de; Chamelet, Esther Luiza Bocato

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Relatar o isolamento do vírus Ilheus no Estado de São Paulo e avaliar o seu impacto para a saúde pública. MÉTODOS: O isolamento de vírus foi realizado em camundongos albinos Swiss, a partir de sangue de aves silvestres, capturadas com redes de espera tipo mist net, armadas no nível do solo, no Parque Ecológico do Tietê, São Paulo. A identificação das cepas isoladas foi feita pelos testes de inibição da hemaglutinação, fixação de complemento e neutralização em camundongos. Amostras de plasma de aves e de mamíferos silvestres foram submetidas à pesquisa sorológica para detecção de anticorpos inibidores de hemaglutinação. RESULTADOS: Foram isoladas duas cepas do vírus Ilheus em sangue de aves das espécies Sporophila caerulescens e Molothrus bonariensis e detectados anticorpos em aves das espécies Columbina talpacoti, Geopelia cuneata, Molothrus bonariensis e Sicalis flaveola, em sagüis das espécies Callithrix jacchus e Callithrix penicillata e no quati Nasua nasua. CONCLUSÕES: O isolamento do vírus Ilheus e a detecção de anticorpos específicos em aves residentes, migratórias e de cativeiro, em sagüis e quatis, comprovam a presença desse agente no Parque Ecológico do Tietê. O comportamento migratório de aves silvestres pode determinar a introdução do vírus em outras regiões. Considerando-se a patogenicidade para o homem e a confirmação da circulação desse agente viral em área urbana, freqüentada para atividade de lazer e de educação, o risco de ocorrência de infecção na população humana não pode ser descartado.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To report the first Ilheus arboviruses isolated from wild birds and analyze its public health impact. METHODS: Wild birds and mammals were captured using mist nets and Tomahawk traps, respectively. Blood samples were drawn from these animals and inoculated intracerebrally in Swiss suckling mice found in the Parque Ecológico do Tietê, Brazil. The isolates were identified by serological tests, such as hemagglutination, hemagglutination inhibition, complement fixation and neutralization. Besides virus isolation, serum samples were also tested for the presence of hemagglutination inhibition antibodies. RESULTS: Two strains of Ilheus virus were isolated from the bird species Sporophila caerulescens and Molothrus bonariensis. Specific antibodies to Ilheus virus were detected in serum samples of some birds (Columbina talpacoti, Geopelia cuneata, Sicalis flaveola and Molothrus bonariensis), marmosets (Callithrix jacchus and Callithrix penicillata) and coati (Nasua nasua). CONCLUSIONS: Virus isolation and detection of specific antibodies in serum samples of local, migratory and captive birds, captive marmosets and wild coati corroborate the circulation of Ilheus virus in the Parque Ecológico do Tietê. The migrating behavior of some species of wild birds, like Sporophila caerulescens, enables the virus spread to other regions. Taking into consideration its human pathogenicity and the presence of the virus in this area, local authorities should be aware of the risk of infecting the local community.
  • Influence of social-economic factors on the pesticine poisoning, Brazil Artigos Originais

    Oliveira-Silva, Jefferson José; Alves, Sérgio R; Meyer, Armando; Perez, Frederico; Sarcinelli, Paula de Novaes; Mattos, Rita de Cássia O da Costa; Moreira, Josino C

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: A elevada utilização de agrotóxicos, sem os cuidados necessários, tem contribuído para a degradação ambiental e o aumento das intoxicações ocupacionais, sendo um dos principais problemas de saúde pública no meio rural brasileiro. O objetivo do trabalho é avaliar a exposição de um grupo de trabalhadores da área rural do Estado do Rio de Janeiro a agrotóxicos anticolinesterásicos, através das atividades da acetilcolinesterase eritrocitária (AChE) e da butirilcolinesterase plasmática (BChE), e o impacto de alguns indicadores socioeconômicos e de utilização de agrotóxicos sobre a contaminação humana. MÉTODOS: Para a avaliação da exposição de 300 agricultores residentes em cinco comunidades do distrito de Magé, RJ, uma amostra aleatória de 55 trabalhadores foi selecionada e determinadas as atividades individuais de acetilcolinesterase eritrocitártia (AChE) e butirilcolinesterase plasmática (BChE). As atividades enzimáticas foram avaliadas segundo o método de Ellman modificado por Oliveira-Silva. Dados socioeconômicos e de utilização de agrotóxicos para cada trabalhador da amostra foram obtidos em entrevista estruturada. O possível papel dos indicadores socioeconômicos e de uso de agrotóxicos sobre o nível de contaminação dos trabalhadores foi estimado por análise de regressão linear múltipla, utilizando-se a atividade enzimática como variável dependente e os indicadores socioeconômicos e de uso de agrotóxicos como variáveis independentes. RESULTADOS E CONCLUSÕES: Os dados obtidos mostraram resultados distintos em relação à incidência da exposição excessiva, de acordo com o indicador enzimático utilizado. No grupo de trabalhadores, 3,6% (2) foram identificados pelos resultados de BChE e 41,8% (23) pela AChE, sendo considerados intoxicados indivíduos com pelo menos um dos indicadores positivos. A avaliação desses dados frente aos indicadores socioeconômicos e de utilização de agrotóxicos, destaca a importância do nível de escolaridade sobre a prevalência das intoxicações. Para os demais determinantes estudados, nenhuma correlação significativa foi tão evidente.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: The indiscriminate use of pesticides has been contributing for the environmental quality degradation, as well as it increases the occupational exposures to these products, determining a serious public health problem in rural areas. The purpose of this study was to evaluate the exposures of rural workers of Rio de Janeiro State to anticholinesterasic pesticides, through the analyses of the acetylcholinesterase from red cells (AChE) and plasmatic butyrilcholinesterase (BChE) levels. Social-economic factors, such as the educational level of these workers, can strongly influence this situation, reason why the impact of some social-economic indicators and practices of pesticides' use in the human contamination status for rural areas were also evaluated. METHODS: The evaluation of rural workers exposure to pesticides was performed to a random sample of 55 workers among the 300 inhabitants of the study area -- five communities of Magé county, RJ. The AChE and BChE activities were determined to these workers. The enzymatic activities were evaluated according to the Ellman's method modified by Oliveira-Silva. Social-economic and pesticides use data were collected by a structured interview. The possible role of social-economic and pesticide use indicators as determinants of the worker's contamination was estimated by multivariate statistic techniques, using the enzymatic activity as the dependent variable and the social-economics pesticides use indicators as independent variables. RESULTS AND CONCLUSIONS: The data showed distinct results concerning the incidence of excessive exposure, according to the enzymatic indicator used. In the studied sample, a result of 3.0 % was found for the BChE values, and 41.8 %, according to AChE. Individuals with at least one positive enzymatic indicator result were considered as "intoxicated". When these data were compared to the social-economic and pesticides use factors, it was showed the importance of educational level in the prevalence of intoxication. The others indicators studied did not showed any significant and evident correlation.
  • Population risk for birth defects in a coal mining region Artigos Originais

    Leite, Júlio César Loguercio; Schüler-Faccini, Lavínia

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a relação entre o impacto ambiental decorrente da extração de carvão e sua repercussão na saúde reprodutiva de uma população, residente em pequenas cidades do Sul do Brasil, pela observação da freqüência de defeitos congênitos nos recém-nascidos. MÉTODOS: Foram monitoradas as freqüências de oito defeitos congênitos em 10.391 nascidos vivos, ocorridos no período de janeiro de 1985 a dezembro de 1995 em um hospital localizado no município de São Jerônimo, RS. Destes, foram selecionados oito maiores defeitos congênitos, e a análise de suas prevalências ao nascimento visou reduzir os possíveis erros-diagnósticos. As taxas de defeitos congênitos foram comparadas às de outros hospitais geograficamente próximos e às fornecidas pelo Estudo Colaborativo Latino-Americano de Malformações Congênitas (ECLAMC) para a América Latina. RESULTADOS/CONCLUSÕES: As freqüências observadas não diferiram das encontradas em hospitais regionais e no ECLAMC. O pequeno número de crianças avaliadas mostra apenas algumas tendências, concluindo serem necessários outros estudos mais profundos.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To assess the relationship between the environmental impact of coal mining and its effects in the reproductive health of populations living in small towns of Southern Brazil by studying the frequency of birth defects in newborns. METHODS: The assessment of potential reproductive hazards in the population was based on an evaluation of hospital records of 10,391 newborns within a 10-year-period (from 1985 to 1995). Eight major birth defects were selected and their frequencies at birth was analyzed and compared to observed frequencies registered by the Latin American Study of Congenital Malformation (ECLAMC). RESULTS/CONCLUSIONS: The results show no increase in the frequencies of the birth defects studied, and rule out the existence of an increased teratogenic risk in this region. It's noteworthy that the small number of children evaluated allows identifying tendencies that can only be confirmed in larger population studies.
  • Child and adolescent mortality due to external causes: trends from 1979 to 1995 Artigos Originais

    Barros, Maria Dilma de A; Ximenes, Ricardo; Lima, Maria Luiza C de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Analisar a magnitude e a tendência da mortalidade por grupos específicos de causas externas em crianças e adolescentes residentes no Recife, no período de 1979 a 1995. MÉTODOS: Foram utilizados os dados do Sistema de Informação em Mortalidade do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde de Pernambuco. O grupo estudado, na faixa etária de 0-19 anos, representou 41,8% da população de Recife, em 1991. Utilizou-se o desenho ecológico exploratório tipo série temporal. Analisou-se a tendência para os coeficientes de mortalidade por causas externas e seus grupos específicos segundo sexo e grupo etário, por regressão linear simples. RESULTADOS E CONCLUSÕES: Na série temporal estudada, os coeficientes de mortalidade por causas externas mostraram crescimento, sobretudo por homicídios nos adolescentes, em que se observaram um aumento anual médio de 3,05 e um aumento relativo de 601, 3% ao longo da série. Em 1995, mais de 90% desses homicídios foram perpetrados por arma de fogo. Os dados revelam a magnitude do problema e a necessidade do seu enfrentamento, o qual precisa considerar a complexidade da determinação da violência.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To analyze the magnitude and trends of mortality due to external causes in specific age groups, from 0 to 19 years old in a population living in the city of Recife, Brazil, from 1979 to 1995. METHODS: Data from the Mortality Data System of the Ministry of Health and Health Department of Pernambuco State was used. The studied population, aged 0 to 19 years old, represented 41.8% of total city population in 1991. A time series exploratory ecological model was created to analyze trends in mortality coefficients due to external causes. Using simple linear regression these coefficients were assessed in specific age groups categorized by gender. RESULTS AND CONCLUSIONS: In the time series, mortality coefficients due to external causes showed an increasing trend, in particular due to homicides among adolescents, where the coefficient increased on average 3.05 per year, yielding a relative increase of 601, 3% over the study period. In 1995, more than 90% of these homicides were perpetrated with fire weapons. These data reinforce the seriousness of this problem and the need to deal with it, taking into account the difficulties in determining the causes of violence.
  • Drug use prevalence and school performance among teenagers Artigos Originais

    Tavares, Beatriz Franck; Béria, Jorge Umberto; Lima, Maurício Silva de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a prevalência do uso de drogas entre adolescentes de escolas com segundo grau. MÉTODOS: Com base em um delineamento transversal, foi realizado estudo em 1998 , em Pelotas, RS. Um questionário anônimo, auto-aplicado em sala de aula, foi respondido por uma amostra proporcional de estudantes com idade entre 10 e 19 anos, matriculados no primeiro grau (a partir da 5ª série) e no segundo grau, em todas as escolas públicas e particulares na zona urbana do município que tinham segundo grau. Realizou-se até três revisitas para aplicação aos alunos ausentes. RESULTADOS: Foram entrevistados 2.410 estudantes e o índice de perdas foi de 8%. As substâncias mais consumidas, alguma vez na vida, foram álcool (86,8%), tabaco (41,0%), maconha (13,9%), solventes (11,6%), ansiolíticos (8,0%), anfetamínicos (4,3%) e cocaína (3,2%). Os meninos usaram mais do que as meninas maconha, solventes e cocaína, enquanto elas usaram mais ansiolíticos e anfetamínicos. Uso no mês, uso freqüente, uso pesado e intoxicações por álcool foram mais prevalentes entre os meninos. Após controle para fatores de confusão, permaneceu positiva a associação entre uso de drogas (exceto álcool e tabaco) e turno escolar noturno, maior número de faltas à escola no mês anterior e maior número de reprovações escolares. CONCLUSÕES: A prevalência de experimentação de drogas em adolescentes escolares é alta, sendo importante detectar precocemente grupos de risco e desenvolver políticas de prevenção do abuso e dependência dessas substâncias.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To assess the prevalence of drug use among teenagers. METHODS: A cross-sectional study was carried out in Pelotas, Southern Brazil, in 1998 . An anonymous, self-administered questionnaire was answered by a sample of 2,410 students with ages ranging from 10 to 19 years old, registered in all public and private high schools of the area. The schools were visited up to three times to reach absent students. RESULTS: The attrition rate was 8%. The substances mostly used by the students were alcohol (86.8%), tobacco (41.0%), marijuana (13.9%), inhalants (11.6%), anxiolytic drugs (8.0%), amphetamines (4.3%), and cocaine (3.2%). Marijuana, inhalants and cocaine were used mainly by male students, while anxiolytics and amphetamines were used mainly by female students. Alcohol consumption in the last 30 days, frequent drug use, heavy drinking and alcohol intoxication were more prevalent among males. After controlling for confounding factors, there was still an association between drug use (except for alcohol and tobacco) and evening courses, higher degree of nonattendance in the previous month and higher rate of school failure. CONCLUSIONS: The prevalence of drug experimentation among high school teenagers is high, indicating the importance of early detection of risk groups and development of programs to prevent drug abuse and addiction.
  • Tobacco smoking among teenagers in an urban area in Southern Brazil Artigos Originais

    Horta, Bernardo Lessa; Calheiros, Paulo; Pinheiro, Ricardo Tavares; Tomasi, Elaine; Amaral, Karen Costa do

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Descrever a prevalência e os fatores de risco para o tabagismo em uma amostra de base populacional de adolescentes residentes em área urbana. MÉTODOS: Em 1997, realizou-se um estudo transversal com uma amostragem em múltiplos estágios dos adolescentes com idade entre 12 e 18 anos completos residentes na zona urbana da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Foi definido como sendo fumante todo aquele adolescente que informou ter fumado pelo menos um cigarro por semana no último mês. Para as comparações entre proporções, utilizou-se o teste do qui-quadrado com correção de Yates para tabelas 2X2. A regressão logística não condicional foi utilizada na análise multivariada. RESULTADOS/ CONCLUSÕES: Foram entrevistados 632 adolescentes, sendo que com outros 38 não foi possível realizar a entrevista. Na amostra estudada, 11,1% dos adolescentes eram fumantes, 6,8% eram ex-fumantes e 82,1% nunca haviam fumado regularmente. A prevalência de tabagismo foi diretamente relacionada com a idade do adolescente. Mesmo após controle para possíveis fatores de confusão, aqueles adolescentes que não estavam estudando, que eram repetentes, cujos pais estavam separados ou que relataram terem abusado de bebidas alcoólicas no último mês apresentaram uma maior razão de odds para tabagismo.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate the prevalence of tobacco smoking and its determinants among adolescents. METHODS: A cross-sectional study, using a multiple stage sampling, was carried out in 1997 and a sample of adolescents aged between 12 and 18 years who were living in the urban area of Pelotas, Brazil, was studied. Those who reported having smoked at least one cigarette per week during the last month were considered smokers. Chi-square test was used to compare proportions and conditional logistic regression was applied in the multivariate analysis. RESULTS/ CONCLUSIONS: Six hundred and thirty-two adolescents were interviewed, among which 38 were non-respondents. Of those interviewed, 11.1% were smokers at time of the study, 6.8% were former smokers and 82.1% had never smoked. Prevalence of tobacco smoking was directly related to the age. Even after adjusting for confounding factors, those who had left or failed at school, their parents were divorced or reported alcohol abuse in the last month showed a higher odds ratio for smoking.
  • Trends in smoking habits among medical students in 1986, 1991, 1996 Artigos Originais

    Menezes, Ana; Palma, Eduardo; Holthausen, Ricardo; Oliveira, Ricardo; Oliveira, Pablo S; Devens, Eduardo; Steinhaus, Luciane; Horta, Bernardo; Victora, Cesar G

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a tendência temporal do tabagismo em estudantes de medicina nos últimos dez anos. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal com estudantes do primeiro ao quinto ano do curso de medicina, em 1996. A amostra foi de 449 alunos que responderam a questionário auto-aplicável. Fumante era aquele que fumava um ou mais cigarros por dia há pelo menos um mês; ex-fumantes foram aqueles que, no período da entrevista, não eram fumantes regulares, mas o haviam sido anteriormente. Pesquisa similar foi realizada em 1986 e 1991. RESULTADOS/CONCLUSÕES: A prevalência de tabagismo foi de 11%, comparada com 14% em 1991 e 21% em 1986. Apesar da redução do tabagismo nas três séries estudadas, a queda percentual entre 1996 e 1991 foi menor do que aquela observada entre 1991 e 1986. Em 1996, a prevalência do vício de fumar aumentou conforme o ano cursado. Não houve diferenças significativas quanto ao sexo. A maioria dos alunos mostrou-se favorável à proibição do fumo em locais de ensino e assistência e afirmaram que o tema era pouco valorizado no currículo da faculdade.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate trends in smoking habits among medical students in the last ten years. METHODS: In 1996, a cross-sectional survey of smoking habits was carried out among students in the first to the fifth year of medical school. Four hundred and nine students answered the questionnaire. A regular smoker was defined as someone who smokes one or more cigarettes a day at least for one month; former smokers were the ones who used to smoke in the past but not at the moment. Similar researchs were conducted in 1986 and 1991. RESULTS/CONCLUSIONS: Smoking prevalence was 11% compared with 14% in 1991 and 21% in 1986. Although there was a significant reduction of smoking in the last three years, the actual decrease from 1991 to 1996 was less than that observed from 1986 to 1991. In 1961, the prevalence of smoking increased in the last years of medical school. There were no significant differences regarding gender. Most of the students were in favor of not allowing smoking in both the school areas and hospital wards. They also mentioned in their questionnaire that smoking was poorly approached during medical school.
  • Relationship between caries, gingivitis and fluorosis and the socioeconomic status among school children Artigos Originais

    Maltz, Marisa; Silva, Berenice Barbachan e

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Determinar a relação entre o nível socioeconômico e a prevalência de cárie dentária, gengivite e fluorose em escolares brasileiros. MÉTODOS: Foram examinados mil escolares de 12 anos de idade provenientes das redes particular e pública de ensino. Os índices utilizados foram: Índice de Dentes ou Superfícies Cariadas, Perdidas e Obturadas (CPOD ou CPOS), Índice de Sangramento Gengival (ISG) e Índice de Thylstrup e Feyerskov (ITF). O nível socioeconômico foi determinado pela renda per capita e pelo nível educacional dos pais. RESULTADOS: O nível educacional dos pais apresentou forte correlação de Pearson com a renda per capita. Correlações extremamente fracas, quase nulas, foram observadas entre o nível educacional dos pais e os eventos examinados. Foram observadas diferenças nos eventos examinados (p<0,05) separando-se a amostra em escolares das redes particular e pública. O CPOD na rede particular foi de 1,54±2,02 e na pública foi de 2,48±2,51; o ISG foi de 14,7%±12,7% na rede particular e de 21,7%±17,9% na pública; e a prevalência de fluorose foi de 60,8% e 49,9%, respectivamente. Os indivíduos com maior número de superfícies com experiência de cárie e os de maior número de superfícies sangrantes situaram-se nas escolas públicas. CONCLUSÕES: Não se observou correlação das variáveis do nível socioeconômico com os eventos estudados. Outras variáveis socioeconômicas podem estar contribuindo para as diferenças observadas nos escolares das redes particular e pública.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To determine the relationship between the socioeconomic status and dental caries, gingivitis and fluorosis among Brazilian school children. METHODS: One thousand students aged 12 from private and public schools were examined. The indexes used were DMFT or S (Decayed, Missing and Filled Teeth or Surfaces Index), BI (Bleeding Index), and TFI (Thylstrup and Feyerskov Index). The socioeconomic level was determined according family income and parents' educational level. RESULTS: Parents' educational level data revealed a strong Pearson's correlation with income. No correlation was observed between dental caries prevalence, gingivitis and fluorosis and the studied social economic variables. The DMFT in private schools was 1.54±2.02, and in public schools was 2.48±2.51. BI was 14.7%±12.7% in private schools and 21.7%± 17.9% in public ones. The prevalence of fluorosis was 60.8% and 49.9%, respectively). These differences were statistically significant (p<0.05). Individuals with a larger number of decayed surfaces and the ones with a larger percent of bleeding surfaces were seen in public schools. CONCLUSIONS: The socioeconomic level variables, income and parents' educational level, did not correlate with the events analyzed in the study. Other socioeconomic variables probably contributed to the observed differences between students from private and public schools.
  • Quality evaluation of health care service for adolescents Artigos Originais

    Costa, Maria Conceição O; Formigli, Vera Lúcia A

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a qualidade técnico-científica do atendimento oferecido a adolescentes, gestantes adolescentes e seus filhos, por um serviço de saúde. MÉTODOS: Os dados para caracterização da clientela e dos critérios do atendimento de saúde foram coletados de 360 prontuários e comparados com padrões da Organização Panamericana da Saúde/Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde. RESULTADOS: Os resultados foram satisfatórios: no atendimento de adolescentes, na avaliação antropométrica e de maturação sexual; no pré-natal, o intervalo entre consultas, os registros de peso e de pressão arterial e as condutas nas intercorrências; no atendimento a crianças: na inserção precoce no serviço, o calendário vacinal atualizado, os registros de peso/desenvolvimento motor e a adequação nas condutas clínicas. Os resultados menos satisfatórios foram: baixo registro de condutas clínicas para adolescentes e elevado percentual de condutas inadequadas ou parcialmente adequadas; ingresso tardio ao pré-natal e baixa freqüência de registros de imunização antitetânica de gestantes; índices elevados de desmame precoce e sub-registro da estatura de crianças. CONCLUSÃO: O tipo de avaliação adotado é de fácil execução, permite avaliar a qualidade do atendimento prestado e possibilita o redirecionamento de atividades e condutas clínicas, no sentido de oferecer uma atenção à saúde mais qualificada e voltada às necessidades e demandas da população.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate the technical and scientific quality of care provided adolescents, pregnant adolescents and their offspring by the Emaús community's health service in Belém, state of Pará, Brazil, between 1994 and 1996. METHODS: Data for population and health care assessment were collected from medical records and compared with the PAHO/WHO and Brazilian Ministry of Health guidelines. RESULTS: The following features were satisfactory: anthropometric measurements and sexual maturity in adolescent health care program; visits scheduling, weight and blood pressure recording and proceedings in the event of medical problem in prenatal care; early registration in the health program, completing of the immunization schedule, weight and motor development recording and adequacy of medical visits in children care. Other aspects were less satisfactory, such as poor recording of clinical procedures and high level of inadequate or partially adequate procedures for the adolescent group; late admission to prenatal care and low recording of pregnant anti-tetanus immunization in prenatal care; high prevalence of early weaning and poor recording of children's height. CONCLUSION: This easy-to-perform assessment allowed to evaluate the quality of care provided and made it possible to reallocate services and medical procedures to offer health care service better organized and of better quality to meet the population needs.
  • Brazilian Hospital Database System as risk adjustment in performance indicators Artigos Originais

    Martins, Mônica; Travassos, Claudia; Noronha, José Carvalho de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Analisar o uso do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde (SIH/SUS) no ajuste de risco das taxas de mortalidade hospitalar e avaliar a utilidade do índice de comorbidade de Charlson (ICC) no ajuste de risco de indicadores de desempenho. MÉTODOS: Foram selecionadas 40.299 internações ocorridas no Município do Rio de Janeiro entre dezembro de 1994 e dezembro de 1996. A medida de gravidade foi testada pelo ICC, que atribui pesos a 17 condições clínicas presentes nos diagnósticos secundários, a fim de obter a carga de morbidade do paciente (gravidade) independentemente do diagnóstico principal. Utilizou-se a regressão logística para avaliar o impacto do ICC na estimativa da chance de morrer no hospital. RESULTADOS: Nas internações selecionadas, observou-se que o ICC foi igual ou superior a um em apenas 5,7 % dos casos. Quando se aplicou o ICC combinado à idade, o percentual de casos com pontuação diferente de zero aumentou substancialmente. Os modelos testados apresentaram reduzida sensibilidade. CONCLUSÕES: Apesar de a presença de comorbidade ser importante na predição do risco de morrer, essa variável pouco discriminou a gravidade dos casos na base de dados do SIH/SUS, o que é explicado pela qualidade da informação diagnóstica nessa base de dados, na qual a idade é o preditor mais importante do risco de morrer, afora o diagnóstico principal. Apesar das limitações ainda existentes na qualidade da informação diagnóstica disponível no SIH/SUS, sugere-se o uso do ICC combinado como medida para ajuste do risco de morrer nas taxas calculadas a partir desses dados.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To analyze the use of the Brazilian Hospital Database (SIH/SUS) on risk adjustment of hospital mortality, and to evaluate the usefulness of the Charlson comorbidity index (CCI) for risk adjustment of indicators calculated with the available data from the SIH/SUS. METHODS: The comorbidity index was applied on 40,299 patients admitted in hospital in Rio de Janeiro, Brazil. CCI determines specific values to 17 clinical conditions to measure the burden of the patient's comorbidity, not taking into consideration the main diagnosis. Multiple logistic regression was applied to assess the impact of CCI in estimating the probability of dying. RESULTS: CCI was greater than zero in only 5.7% admissions. When combined with age (combined CCI), the percentage of cases with a value greater than zero increased considerably. These models, however, showed to have a low sensitivity. CONCLUSIONS: Despite comorbidity is an important predictor for the risk of dying, it was observed that this is not a good discriminatory variable of case severity in the studied database. This maybe due to incomplete diagnostic information in the database. In the SIH/SUS data, age is the most important predictor of the risk of dying. However, despite the limited quality of diagnostic information in SIH/SUS, the use of CCI combined with age for adjustment of the risk of dying is recommended in measures using this database.
  • Application of the health belief model to the prevention of occupational needlestick injuries Artigos Originais

    Brevidelli, Maria Meimei; Cianciarullo, Tamara Iwanow

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Para prevenir a aquisição de infecções sangüíneas (Aids, hepatites B e C) por profissionais de saúde, recomenda-se não reencapar agulhas. Entretanto, esses profissionais não adotam essa recomendação com freqüência. O objetivo do estudo foi aplicar o modelo de crenças em saúde (MCS) para explicar este problema, relacionando o comportamento individual às crenças de suscetibilidade, severidade, benefícios e barreiras, e aos estímulos recebidos para adotar a recomendação. MÉTODOS: Por meio de questionário respondido por profissionais de enfermagem de um hospital, foram identificados: a freqüência com que reencaparam agulhas (mês anterior) e as crenças do MCS. Para mensurar as crenças, foram construídas escalas tipo Likert, submetidas à validação de conteúdo (juízes) e de constructo (análise fatorial exploratória) e à análise da confiabilidade (coeficientes alfa de Cronbach e de correlação de duas metades). A relação entre crenças e adesão à recomendação de não reencapar agulhas foi obtida pela análise de regressão. RESULTADOS: Da amostra de profissionais de enfermagem obtida por adesão (n=319), cerca de 75% relataram reencapar agulhas pelo menos alguma vez. Os profissionais de enfermagem que aderiram mais freqüentemente à recomendação de não reencapar agulhas tinham menos de dois anos de experiência profissional, percebiam menor número de barreiras e maior número de benefícios para adotar a recomendação. Esses resultados possibilitaram discutir a reformulação do treinamento oferecido pela instituição hospitalar.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To prevent health care professionals from acquiring blood-borne diseases (AIDS, hepatitis B and C), it is recommended that needles should not be recapped. However, these professionals frequently do not comply with this recommendation. The main purpose of this study was to assess this problem by using the Health Belief Model (HBM) to correlate the compliance with the recommendation of not recapping needles with: (1) these professionals' perceptions regarding one's susceptibility and severity to blood-borne infections; (2) their perceptions regarding the benefits and barriers to comply with this recommendation; and (3) the cues received to comply with this recommendation. METHODS: Nursing staff at a hospital were asked: (1) how frequently they have recapped needles in the previous month; and (2) their HBM beliefs. To quantify and measure these beliefs, Likert scales were created and went through a validation regarding their content (referees) and construct (exploratory factorial analysis) and their reliability analysis (correlation of two halves and Cronbach's alpha coefficients). The relationship of beliefs and compliance with the recommendation of not recapping needles was obtained through regression analysis. RESULTS: A nursing staff sample was obtained through voluntary cooperation (n=319). In this group, 75% admitted recapping needles at least once. Nursing professionals who most frequently follow the recommendation of not recapping needles have less than two years of professional experience and they are the group who perceive less barriers and more benefits to follow the recommendation. These results initiated a discussion on restructuring the professional training provided by the hospital.
  • Incidence of cesarean delivery regarding the financial support source for delivery care Artigos Originais

    Yazlle, Marta Edna Holanda Diógenes; Rocha, Juan Stuardo Yazlle; Mendes, Maria Célia; Patta, Maristela Carbol; Marcolin, Alessandra Cristina; Azevedo, George Dantas de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Estudar os tipos de partos de acordo com a categoria de internação da paciente, bem como as indicações de cesarianas mais freqüentemente referidas. MÉTODOS: A partir dos dados de um sistema de informações hospitalares, foi feita uma análise retrospectiva dos partos ocorridos no município de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil, no período de 1986-1995. Foram estudados: tipo de parto, categoria de admissão e diagnósticos referidos. RESULTADOS: Ocorreram 86.120 partos no período estudado, sendo 5,4% na categoria privada, 28,7% na categoria de pré-pagamento e 65,9% no sistema público (Sistema Único de Saúde -- SUS), observando-se uma diminuição nas categorias privada e SUS e aumento na categoria de pré-pagamento. A percentagem de cesáreas aumentou de 68,3% para 81,8% na categoria privada e de 69,1% para 77,9% na categoria pré-pagamento e diminuiu de 38,7% para 32,1% na categoria SUS. As principais indicações cesarianas referidas foram o sofrimento fetal, cujas incidências foram 9,5%, 10,9% e 9,0%, respectivamente, nas categorias particular, pré-pagamento e SUS; e distócia céfalo-pélvica cujas taxas foram 5,8%, 6,5% e 3,9%, respectivamente, nas mesmas categorias mencionadas. CONCLUSÃO: A incidência de cesariana variou segundo a categoria de internação, observando-se um gradiente crescente à medida que se elevou o padrão social das gestantes, não havendo correspondência com o risco obstétrico.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To study the types of delivery according to the category of patient admission and the most frequently reported indications for cesarean sections. METHODS: In a retrospective survey of deliveries performed in the municipality of Ribeirão Preto, São Paulo, Brazil, from 1986 to 1995, the type of delivery, category of admission and recorded diagnoses were assessed. Data were obtained from the Center of Hospital Data Processing of the Department of Social Medicine in the University of São Paulo, Ribeirão Preto. RESULTS: A total of 86,120 deliveries were registered during the study period; 5.4% were allocated in the private category, 28.7% in the prepayment category, and 65.9% in the public health system (SUS). It was observed a decrease in the private and SUS categories and an increase in the prepayment category. During the study period, the percentage of cesarean deliveries increased from 68.3% to 81.8% in the private category and from 69.1% to 77.9% in the prepayment category, and decreased from 38.7% to 32.1% in the SUS category. The major indications for cesarean section were fetal distress, with the incidence of 9.5%, 10.9% and 9.0% in the private, prepayment and SUS categories, respectively; and cephalopelvic dystocia, at the rates of 5.8%, 6.5% and 3.9%, respectively. CONCLUSION: The incidence of cesarean section varied according to admission category, with a rising trend as the pregnant woman's social status increased, but without a correlation with the obstetrical risk.
  • Drug prescription from the perspective of elderly patients Artigos Originais

    Teixeira, Jorge Juarez Vieira; Lefèvre, Fernando

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Os medicamentos modernos beneficiam em muito os pacientes idosos, porém seu uso por esse grupo etário apresenta maior risco. Os idosos são particularmente vulneráveis, utilizam múltiplos medicamentos e, conseqüentemente, apresentam mais reações adversas. O objetivo do estudo foi identificar a relação do paciente idoso com a prescrição de medicamentos. MÉTODOS: Desenvolveu-se um estudo descritivo de corte qualitativo mediante entrevistas semi-estruturadas, numa amostra intencional de 30 pacientes idosos, residentes da região urbana de Maringá, PR. Empregou-se a técnica de análise temática de discurso, utilizando-se três figuras metodológicas -- a Idéia Central, as Expressões-chave e o Discurso do Sujeito Coletivo. RESULTADOS: O consumo médio de medicamentos por idoso foi de 3,6 num intervalo entre 1 a 8. As idéias centrais apresentadas pelos sujeitos coletivos foram: consigo tomar sozinho; alguém me ajuda; eu tomo mais tarde; eu nunca esqueço; tem que ir no médico; nunca fez mal; eu costumo; às vezes eu leio, às vezes não; eu sempre dei um jeito de compra; já deixei. CONCLUSÕES: Formas mais eficientes para o seguimento da terapia instituída e o acompanhamento farmacoterapêutico do paciente idoso devem ser investigados.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Although modern drugs really benefit aged patients, they also entail an increased risk to this population. Elderly people have a particular risk because of using multiple drugs with implies having more adverse reactions. This study aimed to assess elderly patients' relationship with drug prescriptions. METHODS: A descriptive study of a qualitative methods was carried out using semi-structured interviews conducted in an intentional sample of 30 elderly patients living in the urban region of Maringá, Brazil, between February 25 and March 22, 1998. Participants were selected from the Co-Participative Pharmacy Database of the Department of Pharmacy and Pharmacology of the State University of Maringá. The thematic discourse analysis technique was employed for data analysis, using three methodological entities: central idea ; key-expressions ; and the collective subject's discourse. RESULTS: The average consumption of drugs by this elderly population was 3.6, within a 1-8 interval. The central ideas found in the collective subjects were as follows: I'm able to take them by myself; somebody helps me; I'll take them later; I never forget; there's a need to see the physician; they have never done any harm to me; I'm used to them; sometimes I read it, sometimes I don't; I always manage to buy them; I have already stopped taking them. CONCLUSIONS: More efficient ways of assessing the willingness of elderly patients of complying with the recommended drug therapy and instituting a better drug therapy follow-up must be investigated Further studies of qualitative cut-off should be carried out to understand better the problem and analyze it in depth.
Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revsp@org.usp.br