• Editorial Editorial

  • The Social Determinants of Health and the struggle for health equity: challenges for states and civil society

    Villar, Eugenio

    Abstract in Spanish:

    La OMS ha creado una Comisión de los Determinantes Sociales de la Salud que producirá su reporte en el 2008. Aunque el tema de los determinantes sociales (DSS) de la salud no es nuevo, la nueva visibilidad global en el tema refleja el agotamiento del modelo de desarrollo neoliberal que ha agudizado la inequidad y consecuentemente hace resurgir el tema de la justicia social. Nuevos enfoques y evidencia ubican la inequidad en salud como resultado de la inequitativa distribución de los DSS. Procesos en curso como la globalización de signo neoliberal y el cambio climático agudizan las inequidades así como la exclusión en salud al actuar directa y desigualmente sobre los DSS. Algunos ejemplos de políticas publicas exitosas: Suecia, dado su particular contexto político-institucional ha desarrollado una política (intersectorial) de salud publica cuyo objetivo es disminuir la inequidad diseñando estrategias participativas sobre sus DSS. Chile viene también construyendo inclusivamente un sistema de protección social infantil (Chile Crece Contigo) a partir de una integración de programas bajo un norte de derechos y de DSS. La meta es la cobertura universal con un enfoque de ciclo de vida. Finalmente, la Sociedad Civil de las Américas viene desarrollando un debate hacia una agenda común en el tema de los DSS, con los gobiernos de Brasil y Chile así como la OEA, OPS y OMS. Los ejes son la lucha por un nuevo modelo de desarrollo participativo y sostenible que democratice el abordaje de los DSS bajo un enfoque de derechos.

    Abstract in English:

    WHO has launched the Commission on Social determinants of Health which will deliver its final report in 2008. The social determinants of health (SDH) approach is not a new subject but one which has gained more visibility with the widening of inequities, blamed on the neo-liberal development model. Progressively, social justice issues are re-emerging, backed by evidence and new approaches which crystallize the relationship between unequal distribution of SDH and their consequences, unequal health outcomes. Processes like globalization under a neo-liberal brand and climate change influence the SDH, resulting in acute inequities and social marginalization. There are some successful examples of countries with policies addressing the SDH. For example, Sweden, with due regard to its particular political and institutional context, has developed public health intersectoral policies that aim at decreasing health inequities. These policies also encourage a participatory model as a means of efficiently tackling the SDH. Another example is Chile which is building a children social protection system (Chile Crece Contigo) using an integrated approach that includes right-based and SDH approaches. The programme's objective is universal coverage with a life cycle approach. A major milestone for civil society in Latin America is the effort by the Americas' Civil Society organizations to strengthen a dialogue that fosters a common agenda on the SDH. The organizations are working with the governments of Brazil, Chile, the OIAS, PAHO and WHO. Their goal is to introduce a new participatory and sustainable development mode, one which is participatory, rights-based and ensures sustainable improvements of SDHs and benefits all people.
  • Environmental health in Latin America and the Caribbean: at the crossroads Parte I - Tema em Discussão: Determinantes Sociais e Ambientais

    Periago, Mirta Roses; Galvão, Luiz Augusto; Corvalán, Carlos; Finkelman, Jacobo

    Abstract in Portuguese:

    É inegável que a discussão sobre saúde, meio ambiente e desenvolvimento sustentável tem progredido muito em décadas recentes. Contudo, ganhos globais não têm sido distribuídos de maneira uniforme, deixando grandes grupos populacionais excluídos, com conseqüências negativas à saúde. Também estamos começando a reconhecer problemas globais emergentes que causam impactos locais significativos, principalmente em populações pobres, tanto em áreas rurais como urbanas. A saúde ambiental está numa encruzilhada, em que novos modelos e parcerias são necessários. Este artigo explora essas questões especificamente em relação aos países latino-americanos e caribenhos.

    Abstract in English:

    There has been undeniable progress in addressing health, environment and sustainable development in recent decades. Yet, global gains have not been distributed equally, leaving major populations groups excluded, with negative consequences to health. We are also beginning to recognize emerging global problems with significant local impacts, mostly in impoverished populations, both in rural and urban settings. Environmental health is at the crossroads, where new models and partnerships are required. This paper explores these issues with specific reference to the Latin American and Caribbean countries.
  • The social determinants of health in the view of the social theory Parte I - Tema em Discussão: Determinantes Sociais e Ambientais

    Zioni, Fabiola; Westphal, Márcia Faria

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo apresenta reflexões teóricas relacionadas à contribuição das ciências humanas e sociais para o campo da saúde. Partindo dos artigos de Eugênio Villar e de Mirta Roses Periago e colaboradores, busca salientar a relação entre a preocupação com justiça social que inspira o enfoque dos Determinantes Sociais de Saúde com o contexto social contemporâneo e paradigmas que vão ao encontro à idéia de determinação social. Ao mesmo tempo, focalizam questões éticas e reforçam a importância da dimensão social do processo saúde-doença, o que implica em uma re-politização do campo da saúde. Busca, também, discutir a concepção de participação política no campo da saúde e suas limitações para o enfrentamento de desafios colocados pela fragmentação da sociedade e os novos níveis de pobreza e "exclusão social".

    Abstract in English:

    This article presents theoretical reflections related to the contribution of the social and human sciences to the public health field. Taking the articles of Eugenio Villar and Mirta Rose Periago et al, as subject of analysis, the authors try to emphasize the relationship of social justice that inspires the approach of the Social Determinants of Health with the contemporaneous social context and with the paradigms related to the social determination. At the same time, the authors focus ethical questions and reinforce the importance of the social dimension of the health - disease process, which implies in the re-politization of the Health Field. The authors also discuss the concept of political participation and its limits to deal with the challenges of social fragmentation and the high level of poverty and social exclusion.
  • Democracy, public health and universality: a hard walk Parte II - Artigos Originais

    Marques, Rosa Maria; Mendes, Áquilas

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo analisa os determinantes e as condicionalidades do processo de universalização da saúde pública dos países desenvolvidos, especialmente os europeus, e do Brasil, visando salientar suas diferenças. Na primeira parte, em que são apresentadas as principais interpretações sobre a construção do Welfare State, enfatiza-se as características daquele momento histórico e sua articulação com o padrão de acumulação dominante. Para isso, foi revisitada a literatura principal sobre o assunto, tanto em relação ao processo de construção dos sistemas de proteção, quanto ao chamado padrão fordista de acumulação. Na segunda parte, voltada para o entendimento das condições nas quais se definiu a universalidade das ações de serviço de saúde no Brasil, se destaca que as condições gerais do capitalismo não são mais aquelas do período do pós-guerra; salienta-se que o novo ambiente interage e constrange a trajetória brasileira, principalmente quanto à ação de seu Estado e enfatiza-se que a desigualdade constitui marca indelével da sociedade brasileira, o que poderia ser visto como uma dificuldade para a aplicação da universalidade no país. Para essa parte, novamente a pesquisa priorizou o conhecimento acumulado na literatura, em especial na econômica. Embora de maneira desigual, mesmo com esse constrangimento, dados empíricos indicam que houve avanços na condição de saúde da população brasileira após o surgimento do Sistema Único de Saúde (SUS), especialmente com o Programa de Saúde da Família (PSF).

    Abstract in English:

    This article analyses the determinants and the elements that condition the universalization process of public health in developed countries, especially in the European ones, and in Brazil, in order to outline their differences. The first part presents a selection of the main theories about the emergence of the Welfare State. Based on literature, it approaches the characteristics of that particular historic period and its articulation with the dominant capitalist accumulation pattern. The second part explains the conditions in which universal health services and actions in Brazil were defined. It is argued that the general conditions of capitalism are no longer the ones built in the post-war period. The new environment interacts and restrains the Brazilian process, mainly regarding the action of its State. It is emphasized that inequality is an important label of the Brazilian society, which could be seen as a barrier to implement the principle of universal health in the country. Even with the presence of inequality aspects, some advances in the health condition of the Brazilian population, according to the present study, have been reached after the emergence of SUS (the Brazilian National Health System), mainly with the Family Heath Program.
  • Income transfer programs in Brazil: the perspectives and practice of federal and state stakeholders Parte II - Artigos Originais

    Pasquim, Elaine Martins; Santos, Leonor Maria Pacheco

    Abstract in Portuguese:

    A pobreza, a fome e a desnutrição possuem múltiplos e complexos determinantes. A necessidade de uma renda capaz de garantir o direito humano fundamental à alimentação, essencial para a vida, há muito vem sendo discutida. No Brasil, experiências locais deram suporte à criação de programas nacionais de transferência de renda com condicionalidades. Este estudo teve por objetivo analisar de modo qualitativo, aspectos da percepção e prática dos atores envolvidos direta ou indiretamente nos programas Bolsa Escola, Bolsa Alimentação e Cartão Alimentação em nível nacional e estadual. Realizou-se entrevistas com gestores e informantes-chaves, além de análise de Atas de Conselhos e de pronunciamentos de parlamentares no Congresso. As metas dos programas indicam uma aparência universalizante, porém sua essência mostrou-se fragmentada e seletiva entre os já focalizados. Apesar de relevantes na redução da pobreza, esses programas deveriam ser articulados e intersetoriais, reunindo diversas ações em diferentes áreas para conseguir melhorar a qualidade de vida de seus beneficiários, pois isoladamente não são capazes de solucionar a pobreza e a fome.

    Abstract in English:

    Causes of poverty, hunger and malnutrition are multiple and complex. Current and past discussions promote the idea of an income able to guarantee the human right to adequate food, which is fundamental to life. Local experiences in Brazil have supported the creation of national conditional cash transfer programs. The objective of the study was to perform a qualitative analysis about the perception and practice of the stakeholders directly or indirectly involved in the programs Bolsa Escola, Bolsa Alimentação and Cartão Alimentação in the federal and state levels. Program managers and key informants were interviewed, and minutes of Social Councils meetings and speeches of congressmen were analyzed. Programs objectives indicate an apparent universality; however, their essence revealed fragmentation and selection among the already targeted beneficiaries. Considering their importance in the reduction of poverty these programs should be articulated and interdisciplinary, integrating several interventions in order to improve the quality of life of their beneficiaries. Isolated, they are not capable of finding solutions for poverty and hunger.
  • Universalism and targeting in the policy of attention to the handicapped person Parte II - Artigos Originais

    Souza, José Moreira de; Carneiro, Ricardo

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo trata da atenção especial dispensada à Pessoa com Deficiência (PCD) no município de Betim (MG) para, a partir dela, discutir as noções de universalismo e a focalização em política social. Examina, inicialmente, a conceituação de deficiência, salientando a institucionalização da abordagem da questão no plano internacional e a forma como se dá sua incorporação na agenda pública brasileira. Analisa, a seguir, as dificuldades técnicas que surgem na operacionalização do conceito, ilustrando-as com as discrepâncias observadas na comparação dos dados do censo demográfico de 2000 relativos à mensuração da incidência do fenômeno em Betim com os levantamentos de pesquisa realizada, em 2005, pela Fundação João Pinheiro (FJP) no município. Com base nas informações disponibilizadas por essa pesquisa, descrevemos a relação entre pobreza e deficiência para colocar em evidência as conseqüências perversas de uma política social, como a praticada no país, que se revela incapaz de assegurar acesso universalizado a serviços essenciais à população. Mostra que a relação é recíproca, ou seja, que a deficiência também fomenta a pobreza, lançando luz sobre as políticas de atenção às PCDs atualmente acionadas pelo governo, que as elege como grupo focal, mas não consegue sequer assegurar-lhes condições mínimas de vida digna. Nas conclusões, chama a atenção para a necessidade de uma articulação mais consistente e refinada entre focalização e ações ou serviços de cunho universalista.

    Abstract in English:

    This article deals with the special attention that is given to handicapped persons in the municipality of Betim, state of Minas Gerais, with the purpose of discussing the notions of universalism and targeting in social policies. Initially, it examines the conceptualization of handicap, highlighting the institutionalization of the approach to this issue in the international environment and how it is inserted in the Brazilian public agenda. Next, it analyses technical problems regarding the application of the concept in the field of social policies. Those difficulties are evident in discrepancies referring to the mensuration of the phenomenon incidence in Betim, which may be observed in the comparison between data obtained from the demographic census (2000) and data from a research carried out by Fundação João Pinheiro in 2005 at the mentioned city. Based on outcomes of this research, the present article describes the relation between poverty and handicap. It shows the perverse consequences of a social policy as the one implemented in Brazil, which proves to be incapable of assuring this population universal access to essential services. Furthermore, it reveals the existence of a reciprocal correlation between poverty and handicap: not only poverty foments handicap but also handicap contributes to poverty. So, the article highlights the social policies focusing on handicapped persons currently set by the government, and it shows that despite targeting on these people, the government is not capable of assuring them minimum conditions of a worthy life. In the conclusions, it argues that a more consistent and refined articulation is needed between targeting and interventions or universal services in the field of social policies.
  • Considerations about the Family Health Program and the promotion of greater equity in health care policy Parte II - Artigos Originais

    Sisson, Maristela Chitto

    Abstract in Portuguese:

    Na Constituição Brasileira, a eqüidade em saúde é tomada como igualdade, garantida pela gratuidade no acesso aos serviços de saúde, o que pressupõe não só uma divisão quantitativa de recursos, mas sua orientação à redução das desigualdades sociais, por meio do modelo assistencial. Nesse sentido, estratégias como o Programa de Saúde da Família têm sido consideradas como implementadoras do acesso ao sistema de saúde. Este estudo tem como objetivo desenvolver uma reflexão sobre eqüidade e modelo assistencial PSF, através de revisão baseada em autores que discutem o tema. A visão sobre o Programa de Saúde da Família vem mudando com o passar do tempo, desde crítica a seu caráter focalizado até sua consideração como ação afirmativa. Estudos mostram que mudanças no financiamento e no planejamento do sistema aproximaram os municípios e envolveram novos atores no processo, trazendo maior acesso à atenção básica - embora sem influenciar os outros níveis do sistema. Para que o Programa de Saúde da Família assuma caráter de estratégia de inclusão de segmentos populacionais que não têm acesso aos serviços de saúde, deverá realizar-se por meio de sua incorporação a uma política maior, que garanta suporte social, direitos universais e efetiva implementação da política de saúde.

    Abstract in English:

    In the Brazilian Constitution, equity in health care is considered equality guaranteed by free access to health services. This presupposes not only a quantitative division of resources but that they are steered toward reducing social inequalities through assistance programs. In this context, strategies such as the Family Health Program are understood to have allowed access to the health care system. The relationship between equity and assistance programs like FHP is discussed based in a review of papers by different authors. Opinions about the Family Health Program have changed over time, from criticism for having a narrow focus to being a form of affirmative action. Studies show that changes in the financing and planning of the system have established a close relationship between the participating municipalities and involved new actors in the process. This has brought greater access to basic care, without influencing the other levels of the system. For the Family Health Program to serve as a strategy for the inclusion of population segments that do not have access to health services, it should be incorporated into a broader policy that guarantees social support, universal rights and the effective implementation of the health policy.
  • Public Health is...: permanences and modernities in university students' representations Parte II - Artigos Originais

    Lopes, Marta Julia Marques; Bueno, André Luis Machado

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo apresenta e discute os resultados de uma pesquisa sobre as formas com que indivíduos e grupos entendem e representam a saúde pública como espaço de intervenção e assistência na área da saúde. Discute-se como estudantes universitários da área de saúde representam essas práticas, considerando que as representações são processos sócio-cognitivos, dependentes do sujeito, mas influenciados pelas condições sociais nas quais se elaboram e se transmitem. Trata-se de um estudo qualitativo, que se estendeu por oito semestres com oito turmas de estudantes de graduação em enfermagem, totalizando, aproximadamente, 350 alunos. Durante quatro anos (2000-2004), utilizamos a técnica de associação livre de palavras e expressões para desencadear, em sala de aula, a discussão temática ou "problemática" da saúde pública como campo de estudo e prática. Foram produzidos oito cartazes associativos categorizando o material por turmas de estudantes. A saúde pública configura-se em palco de representações com significados, predominantemente negativos para diferentes sujeitos. Predominou a idéia de que a saúde pública "serve para quem não tem escolha" ao lado de uma idealização do seu potencial transformador configurado no Sistema Único de Saúde (SUS).

    Abstract in English:

    This article presents and discusses results of a study that investigated the ways in which subjects and groups understand and represent public health as a space of intervention and care in the health field. The discussion is about how university students in the health area represent such practices, considering that the representations are social and cognitive processes that depend on the subject but which are influenced by the social conditions in which they are elaborated and transmitted. It is a qualitative study conducted along 8 semesters with 8 groups of undergraduate students of the Nursing School, totaling 350 students approximately. During 4 years (2000/2004), we utilized the technique of free association of words and expressions in order to promote, in the classroom, the discussion on the theme or "problem" of public health as a field of study and practice. Eight posters were produced in connection with the issue and the material was set into categories per groups of students. Public health is configured on a stage of representations with meanings which are predominantly negative for different subjects. The predominant idea was that public health "is suitable for those who do not have any choice" and at the same time its transforming potential is idealized in Brazil's National Health System (SUS).
  • Therapeuthic residential services in mental health: is it a proposal to rescue the subjects' subjectivity? Parte II - Artigos Originais

    Suiyama, Renata Cristina Boaretto; Rolim, Marli Alves; Colvero, Luciana de Almeida

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo procura contextualizar o surgimento de projetos de moradia para pessoas com transtornos mentais no Brasil a partir da implantação da Reforma Psiquiátrica, ocorrida na década de 1980, e da problemática dos moradores de hospitais psiquiátricos. Apresenta os resultados de um levantamento bibliográfico realizado na base de dados LILACS sobre o tema, a partir do qual foram encontradas diferentes abordagens da questão da moradia para pessoas com transtornos mentais no período das três diferentes décadas sobre as quais o levantamento ocorreu: década de 1980: busca da humanização do espaço asilar por meio dos lares abrigados; década de 1990: construção dos parâmetros para moradias, que começam a ocupar os espaços urbanos; a partir de 2000: busca do ator principal das moradias, ou seja, quem nelas reside. No entanto, a construção desses espaços não garante a mudança na lógica das relações institucionais em pessoas com transtornos mentais, permanecendo como um dos desafios o resgate da subjetividade dos sujeitos por meio da ampliação dos espaços de troca e participação dos sujeitos que nela residem.

    Abstract in English:

    The study aims to contextualize the emergence of home projects for people with mental disorders in Brazil based on the implantation of the Psychiatric Reform in the 1980s and on the problem of psychiatric hospitals' residents. The study presents the results of a bibliographic research carried out in the LILACS database about the theme. Different approaches to the subject of homes for people with mental disorders were found in the period of the three different decades covered by the research: 1980s - attempts to humanize the asylum spaces through sheltered homes; 1990s - construction of the parameters for supported housing, which starts to occupy the urban spaces; from 2000 onwards - attempts to focus on the main actor of the homes, that is, those who reside in them. However, the construction of these spaces does not guarantee the change in the logic of the institutional relationships with people with mental disorders. Therefore, the challenge that remains is the rescue of the subjectivity of the people that reside in them.
  • The construction of the individual's knowledge in the process of sensitization-awareness raising-action about hantavirus disease and the opportunity to control and prevent emerging zoonoses: the experience of hantavirus disease in Santa Catarina/Brazil Parte II - Artigos Originais

    Schmidt, Rosana Andreatta Carvalho

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo descreve a trajetória da descoberta da Hantavirose no estado de Santa Catarina, no Município de Seara, no ano de 2000. Uma investigação epidemiológica dessa primeira ocorrência proveu dados e informações para pesquisa realizada a posteriori. O estudo realizado teve o intuito de analisar a Hantavirose como caso específico de doença emergente, relacionando-a com as suas condições de surgimento, passíveis de intervenção. Por meio de entrevistas semi-estruturadas com atores envolvidos na investigação, foram identificados aspectos relevantes para práticas da Saúde Pública. O pequeno aproveitamento dos dados de uma investigação epidemiológica; o pouco investimento em ações preventivas pelo Estado após a emergência; e a impessoalidade dos profissionais de saúde envolvidos a contribuir para a responsabilização dos indivíduos afetados constituíram elementos indicativos de que não há orientação e controle de forma contínua ou mesmo um auxílio real aos indivíduos/comunidades necessitadas. Dessa forma é praticamente impossível que as ações sanitárias sejam bem-sucedidas. Conclui-se que o Programa de Saúde na Família, de estratégia dinâmica e participativa, é um dos elementos fundamentais no processo de construção do conhecimento de cada indivíduo com importância inegável nas orientações diante da emergência da Hantavirose. Paralelo ao programa faz-se necessária a elaboração de projetos educacionais direcionados às escolas e de um cronograma de palestras para as associações de bairros, visando um processo de sensibilização - conscientização-ação no auto-cuidado, em caráter permanente e não somente por ocasião de epidemias.

    Abstract in English:

    This article describes the path of the discovery of Hantavirus disease in the state of Santa Catarina, where the first case occurred in the Municipal district of Seara in 2000. This occurrence provided data used in the present study. The main objective of the study was to analyze Hantavirus disease as specific case of emerging disease and the causing conditions. Interviews were undertaken with different actors involved in order to identify some preventive aspects. Results indicated: the need of a better use of data of an epidemic investigation to guide more effective preventive practices; the small investment by the State in prevention measures after this emergency; the lack of orientation and control in a continuous way or of a real aid to the needy families; and that the impersonal posture of health professionals involved that contributed to the perception that the affected individuals were the responsible. In the final considerations the importance of the Program of Health in the Family (PSF) was highlighted as one of the elements in the process of construction of each individual's knowledge. Parallel to the Program, education projects and a schedule of lectures for neighborhood associations are necessary, aiming a process of sensitization - awareness raising - action in the self-care, in a continuous way and not only during epidemics.
  • Sanitation-health-environment relationship: promotional and preventive discourses Parte II - Artigos Originais

    Souza, Cezarina Maria Nobre

    Abstract in Portuguese:

    Diversos discursos podem ser encontrados na literatura científica, indicativos de como o saneamento vem sendo percebido em sua relação com a saúde e o ambiente. Entre eles destaca-se um grupo de discursos alicerçados na prevenção de doenças, segundo os quais cabe ao saneamento higienizar o ambiente e com isso evitar as doenças. Há também outro grupo, cujos discursos se aproximam dos pressupostos da promoção da saúde, de acordo com os quais o saneamento assume ações para a melhoria da qualidade ambiental e de vida e para a erradicação das doenças. Foi realizada pesquisa em base eletrônica de dados com o fim de identificar artigos científicos publicados em periódicos da área de saneamento. A partir destes, foram resgatados e examinados quatro discursos coletivos sobre a relação saneamento-saúde-ambiente com o propósito de identificar suas possíveis afiliações a um dos grupos acima citados. Os discursos obtidos revelaram um viés essencialmente preventivista.

    Abstract in English:

    Discourses about sanitation, water supply, solid waste, urban drainage, and the relationship between sanitation, health and environment can be found in the scientific literature. There is a group of them based on the point of view of health promotion. Another one is based on the diseases prevention approach. Four collective discourses about the sanitation-health-environment relationship, captured in specific texts present in an electronic database, were analyzed. The results showed that the prevention point of view was predominant in this context.
  • An Evaluation of "school preventive actions in oral Health": the perceptions of adolescents from Embu, São Paulo, Brazil Parte II - Artigos Originais

    Souza, Greice de Brito; Sá, Pedro Henrique do Rosário Nogueira de; Junqueira, Simone Rennó; Frias, Antônio Carlos

    Abstract in Portuguese:

    A redução na prevalência de cárie em crianças no Estado de São Paulo é explicada pela fluoretação das águas de abastecimento, uso de dentifrícios fluoretados e ampliação do acesso às ações coletivas de saúde bucal, na qual se inserem os procedimentos coletivos (PC), desenvolvidos pelo Sistema Único de Saúde. Nos PC incluem-se atividades anuais preventivas e educativas. Sobre as últimas, espera-se que os participantes adquiram e mantenham hábitos saudáveis de higiene bucal. O objetivo deste trabalho foi investigar a percepção, o conhecimento e as práticas em saúde bucal e a avaliação das atividades educativas e preventivas de 219 estudantes do 1º ano do ensino médio, egressos de escolas públicas, que receberam os PC de 1ª a 4ª série, de 1ª a 8ª série ou que não receberam os PC, no município de Embu (SP) 2005. Analisou-se associação entre os grupos pelo teste qui-quadrado. A percepção, o conhecimento e as práticas em saúde bucal não foram estatisticamente diferentes entre os três grupos. A maioria dos jovens acredita ser importante falar sobre saúde bucal nas escolas e, mesmo os que não participaram dos PC, afirmaram ter recebido algum ensinamento na escola, o que reforça que o conhecimento e a conseqüente prática em saúde bucal são influenciados por outros fatores. Neste estudo, ter participado ou não dos PC quando criança não causou impacto diferente em relação aos cuidados em saúde bucal na adolescência.

    Abstract in English:

    The decline in tooth decay in the children of the State of São Paulo is explained by fluoridation of the water supply, the use of fluoridated toothpaste and access to collective actions promoting oral health, such as the "collective procedures" (CPs). CPs are educational and preventive annual programs developed in public schools by the Brazilian public health system. It is expected that the participants will acquire and maintain healthy oral hygiene practices. The purpose of this study was to investigate perception, knowledge and practices/behavior related to oral health, as well as the evaluation of the educational and preventive activities of 219 students of the 1st grade of high school in the city of Embu, São Paulo, in 2005. The first group of students had received the CPs in elementary public school from grades 1st to 4th; the second group had received them from grades 1st to 8th; and the third one had not received the CPs. The students were interviewed after consent had been obtained. Analyses were performed using the Chi-square test. No significant differences were found between groups. The majority of the students believe it is important to speak about oral health at school. The ones who had not participated in the CPs said that they had received some instructions at school, which strengthens the theory according to which oral health is influenced by other factors. In this study, children's participation in the CPs did not seem to have an impact on oral health care/practices in adolescence.
  • Hypertrophy of mediations, internet and empowerment in the health-disease field Parte II - Artigos Originais

    Lefèvre, Fernando; Lefèvre, Ana Maria Cavalcanti; Madeira, Wilma

    Abstract in Portuguese:

    Busca-se neste trabalho discutir a questão das mediações técnicas que, hoje, no campo da saúde/doença, interpõe-se entre o homem e seu corpo e mente. Trata-se de um trabalho de natureza essencialmente ensaística no qual a questão é analisada considerando que as formações sociais não são entidades auto evidentes, necessitando, portanto, de modelos teóricos para serem entendidas. Assim, adotam-se, como referência teórico-metodológica, os princípios que regem a pós-modernidade, especialmente aquele que diz respeito à "separação entre meios e fins". Ainda no plano metodológico, tais princípios são ilustrados utilizando-se como referência dissertação de mestrado defendida em 2006, que explora as possibilidades do uso da internet como instrumento de ação empoderadora. A principal proposta apresentada levanta a necessidade de uma ação empoderadora de controle social sobre as instâncias mediadoras, visando enfrentar o fenômeno da hipertrofia das mediações, que faz com que elas se tornem autônomas, deixando com isso de estar a serviço do homem na sua relação com seu corpo e mente.

    Abstract in English:

    This paper aims to discuss the technical mediations that, today, in the health/disease field, are interposed between man and his body/mind. This paper is an essay based in the fact that societies are not self evident entities, and for this reason demand theoretical frameworks to be explained So, modern society here is analyzed based on some of the principles that command post modernity, especially the one concerning "separation between means and ends". Regarding methodology, these principles are illustrated using as reference a recent (2006) Master's thesis that analyses the possibility of using the Internet as an instrument for empowerment actions. There is a need for an empowerment action of social control over such mediations, in order to face the phenomenon of hypertrophy of mediations, which renders them autonomous and, therefore, ceases to serve men in his relationship with his body and mind.
  • The concept of biosafety in light of post-normal science: advancements and perspectives to collective health Parte II - Artigos Originais

    Neves, Tatiana Pereira das; Porto, Marcelo Firpo de Souza; Marinho, Carmem Luiza Cabral; Braga, Ana Maria Cheble Bahia

    Abstract in Portuguese:

    Trata-se de um estudo de natureza teórico-conceitual, que analisa as limitações do conceito de biossegurança à luz da ciência pós-normal, buscando contribuir para o debate sobre as controvérsias associadas à biossegurança. Parte do pressuposto que a noção de biossegurança, ao basear-se em uma abordagem eminentemente tecnicista do risco, não responde de maneira satisfatória às questões que se apresentam. Sendo o principal propósito da biossegurança proteger a saúde e o meio ambiente, torna-se necessária uma mudança da perspectiva reducionista da ciência tradicional, na qual a noção de biossegurança foi concebida. Essa mudança deve ocorrer dentro de uma abordagem ampla, que destaque as noções de incerteza, complexidade e qualidade, assim como considerar a pluralidade de atores e interesses envolvidos nos complexos problemas ambientais e de saúde. Conclui-se que conceber a noção de biossegurança à luz da ciência pós-normal implica uma modificação fundamental, principalmente em relação à saúde coletiva: a substituição do discurso tecnicista onipotente por um diálogo entre os diversos atores sociais envolvidos nas questões ambientais e de saúde.

    Abstract in English:

    This is a theoretical-conceptual study that aims to analyse the limitations of the concept of biosafety in light of post-normal science. It intends to contribute to the discussion about the controversies that are associated with biosafety. The presupposition is that the notion of biosafety relies on a technicist approach to risk that does not answer properly the current questions. As the main purpose of biosafety is to protect health and the environment, it is necessary to replace the reductionist perspective of traditional science, in which the notion of biosafety was conceived, by a wide approach: post-normal science. This perspective emphasizes the notions of uncertainty, complexity and quality and takes into account the plurality of social actors and interests involved in the complex environmental and health problems. The study concludes that understanding the concept of biosafety in light of post-normal science implies a fundamental modification, mainly regarding collective health: the substitution of a technicist omnipotent discourse for a dialogue between the different social actors involved in the environmental and health questions.
  • The construction of the research field: reflecting on sociability among researcher and informers Parte II - Artigos Originais

    Leite, Silvana Nair; Vasconcellos, Maria da Penha Costa

    Abstract in Portuguese:

    A construção do campo de estudo em pesquisas que envolvem relações humanas exige mais que técnicas de pesquisa. As relações entre pesquisador e seus informantes precisam ser construídas no desenvolvimento do estudo, exigindo sensibilidade e flexibilidade para possibilitar o diálogo entre as partes e o sucesso da pesquisa de campo. O texto aqui apresentado propõe discutir a experiência desenvolvida no campo de estudo de itinerário terapêutico no âmbito familiar em Itajaí-SC, abordando a construção na perspectiva antropológica, bem como a inserção no universo familiar e a relação com os informantes. Para apreender a complexidade das significações e das ações construídas no cotidiano, concluí-se ser fundamental a disposição do pesquisador em estar aberto para apreender 'de dentro' as categorias culturais manifestadas pelos sujeitos no campo.

    Abstract in English:

    The construction of the research field for studies that include human relationships calls for more than research techniques. The relationships between researcher and research participants have to be constructed during the development of the study, and require sensibility and flexibility to foster the dialogue between them and promote the success of the field research. This paper aims to discuss the experience developed in the field study of the therapeutic strategies adopted in the family context in Itajaí, state of Santa Catarina. We approach the methodological construction and the data collection forms which, in this study, are based on the anthropological perspective. Our introduction into the family universe and our relationship with the research participants are also explained. To apprehend the complexity of the meanings and actions that are constructed on a daily basis, we concluded that is fundamental that the researcher is open to apprehend 'from the inside' the cultural categories manifested by the subjects in the field.
Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo. Associação Paulista de Saúde Pública. SP - Brazil
E-mail: saudesoc@usp.br