Saúde em Debate, Volume: 40, Issue: 108, Published: 2016
  • Bioethical reflections about the promotion of palliative care for elderly Ensaio

    Costa, Rosely Souza da; Santos, Adriana Glay Barbosa; Yarid, Sérgio Donha; Sena, Edite Lago da Silva; Boery, Rita Narriman Silva de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    Considerando o crescente número de pessoas idosas que, por vezes, são acometidas por condições crônicas de saúde e estão fora de possibilidade terapêutica, é salutar compreender a relação dos princípios da bioética nas demandas que permeiam os cuidados paliativos a pacientes idosos, na perspectiva de poder oferecer uma sobrevida digna. A abordagem a partir dos fundamentos da bioética principialista propõe a garantia dos princípios da beneficência, não maleficência, justiça e autonomia, a fim de proporcionar dignidade, qualidade e conforto aos idosos em terminalidade da vida. Desta forma, este artigo tem como objetivo propor uma reflexão acerca dos cuidados paliativos aos idosos à luz da bioética.

    Abstract in English:

    Considering the growing number of elderly people who sometimes are affected by chronic health conditions and are out of therapeutic possibility, it is beneficial to understand the relationship of the principles of bioethics in the demands that permeate palliative care to elderly patients, in the view of offering a dignified survival. The approach from the fundamentals of the principialist bioethics proposes the guarantee of the principles of beneficence, non-maleficence, justice and autonomy, in order to provide dignity, quality and comfort to the elderly in terminally life. Thus, this article aims to propose a reflection about palliative care for the elderly in light of bioethics.
  • The mental health care in Brazil: a reading from the biopower and biopolitics devices Ensaio

    Barbosa, Valquiria Farias Bezerra; Martinhago, Fernanda; Hoepfner, Ângela Maria da Silva; Daré, Patrícia Kozuchovski; Caponi, Sandra Noemi Cucurullo de

    Abstract in Portuguese:

    O presente artigo objetiva problematizar o cuidado em saúde mental no Brasil à luz dos conceitos de biopoder e biopolítica, enunciados por Michel Foucault. A análise das práticas de cuidado instituídas no âmbito dos serviços que compõem a rede de atenção psicossocial no Brasil, através de artigos publicados em periódicos nacionais, revelou a transversalidade do cuidado em saúde mental com relação a estratégias disciplinares e de controle das populações, limitando as possibilidades de resgate da concepção de sujeito e subjetividade no processo de produção do cuidado às pessoas em sofrimento psíquico.

    Abstract in English:

    This article aims to problematize the mental health care in Brazil in the light of the concepts of biopower and biopolitics, announced by Michel Foucault. The analysis of care practices imposed in the scope of the services that compose the psychosocial care network in Brazil, through articles published in national journals, revealed the mainstreaming of mental health care regarding disciplinary and control populations strategies, limiting the possibilities of rescue of the subject and subjectivity conception in the process of care production to people in psychological suffering.
  • Health promotion and participation: approaches and inquiries Ensaio

    Mendes, Rosilda; Fernandez, Juan Carlos Aneiros; Sacardo, Daniele Pompei

    Abstract in Portuguese:

    Este ensaio discute as diferentes abordagens da promoção da saúde e da participação e suas implicações no sentido de contribuir para a construção de novas práticas e compromissos em torno da produção social da saúde. Defende a ideia de que práticas de promoção da saúde podem ser ativadoras de potência de ação para construir medidas que resultem em fortalecimento dos sujeitos e das coletividades, na ampliação da autonomia e no fomento da participação e das redes. A intenção deste artigo é compartilhar ideias, além de ser um convite a afastarmo-nos das receitas e das reproduções, a fim de inventarmos nossos próprios modos de construir a promoção da saúde.

    Abstract in English:

    This essay discusses the various approaches to health promotion and participation and its implications in the sense of contributing to the construction of new practices and undertakings around the social production of health. It defends the idea that health promotion practices can be power activators of actions to construct measures which result in the strengthening of subjects and collectivities, in the increase of autonomy and in the increasing of participation and networks. The intention of this article is to share ideas, as well as being an invitation to move away from revenues and reproductions, in order to invent our own methods of constructing health promotion.
  • The Brazilian Sanitary Reform Movement: a civilizatory project of alternative globalization and construction of a post-abyssal thought Ensaio

    Souto, Lúcia Regina Florentino; Oliveira, Maria Helena Barros de

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste artigo é compreender os desafios colocados à efetivação do direito à saúde, proclamado na Constituição de 1988, na perspectiva dos valores afirmados pelo projeto civilizatório do Movimento da Reforma Sanitária Brasileira (MRSB). Inicialmente destacamos a dimensão civilizatória do MRSB e enfatizamos o seu caráter contra-hegemônico, nas dimensões política e epistemológica. Demarca um processo constituinte de direitos e a criação/produção de um novo campo de conhecimento, a saúde coletiva, o que permite, na nossa opinião, alinhá-lo no pensamento pós-abissal, uma ecologia de saberes.

    Abstract in English:

    The goal of this article is to understand the challenges to the effectuation of health rights, as stated in the 1988 Constitution, from the perspective of the civilizatory project of the Brazilian Movement for Sanitary Reform (MRSB). Initially we highlight the civilizational dimension of the MRSB and try to emphasize its counter-hegemonic character in the political and epistemological dimensions. Delimits a constituent process of rights and the creation/production of a new field of knowledge, Collective Health, which allows, in our opinion, align it into post-abyssal thought, an ecology of knowledge.
Centro Brasileiro de Estudos de Saúde RJ - Brazil
E-mail: revista@saudeemdebate.org.br