• Ethics of care and politics: contributions from the legacy of Maria de Lourdes Pintasilgo Artigo Original

    Castro-Silva, Carlos Roberto

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A proposta deste texto tem a função de trazer contribuições da ética do cuidado para práticas da Atenção Básica em Saúde a partir do legado de Maria de Lourdes Pintasilgo (1930- 2004), Primeira Ministra de Portugal, de julho de 1979 a janeiro de 1980. Por meio do registro narrativo, trazem-se aspectos da trajetória de vida dessa política por meio do testemunho de uma importante parceira de luta, acrescido de aportes teórico-documentais, os quais fazem parte do acervo da Fundação Cuidar o Futuro, a qual buscava a melhoria sustentada da qualidade de vida e defesa de direitos básicos. A parlamentar teve expressiva participação política em Fóruns Europeus e das Organizações das Nações Unidas propondo ações que combatessem a desigualdade social e a opressão das mulheres. Inspirada na ética feminista, compreendia o cuidado como a pedra de toque de suas ações. Valorizava as experiências singulares das pessoas e comunidades como principal parâmetro de fortalecimento da participação social e efetividade dos direitos humanos. Por fim, expressava uma forma de fazer política em que o compromisso ético e o respeito consigo mesma, com o outro e com o meio ambiente balizavam seu modo de estar no mundo.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The purpose of this text is to bring contributions from the ethics of care to the practices of Primary Health Care based on the legacy of Maria de Lourdes Pintasilgo (1930-2004), Prime Minister of Portugal, from July 1979 to January 1980. Through the use of narrative record, aspects of the life trajectory of the politician are brought through the testimony of an important partner in fights, as well as theoretical and documentary contributions, which are part of the Caring for the Future Foundation's collection, which sought sustained improvement of quality of life and the defense of basic rights. The parliamentarian had significant political participation in European and the United Nations Organizations Forums proposing actions that would combat social inequality and the oppression of women. Inspired by feminist ethics, she understood care as the cornerstone of her actions. She valued the unique experiences of people and communities as the main parameter for strengthening social participation and the effectiveness of human rights. Finally, she expressed a way of doing politics in which ethical commitment and respect for oneself, others, and the environment marked her way of being in the world.
Centro Brasileiro de Estudos de Saúde RJ - Brazil
E-mail: revista@saudeemdebate.org.br